Na tarde de quarta-feira (14), a Polícia Militar apreendeu 1500 garrafas de bebidas falsificadas em uma fábrica clandestina, no Parque Centenário, na cidade de Jundiaí. O dono local, de 30 anos, foi preso pelo crime.

A equipe policial que recebeu uma informação de policiais de Campinas, de que um indivíduo detido com bebida falsificada, havia indicado o fornecedor um homem de Jundiaí e apontou o endereço do estabelecimento.

No local, os PMs encontraram várias bebidas já prontas para venda, entre elas vodka e whisky com rótulos de diversas marcas. Além dos itens prontos para a venda, foram apreendidas mais de mil garrafas vazias.

Também foram recolhidos 10 mil dosadores de bebida e tampas, galões, embalagens e maquinários utilizados na preparação dos líquidos. O autor alegou que fez um curso para praticar o crime, adquiriu as embalagens, insumos e rótulos falsos e contratou as duas pessoas para ajudá-lo no envase das bebidas.

A perícia foi acionada para o endereço que foi lacrado para posterior encaminhamento/destruição das bebidas e rótulos falsificados. O indiciado foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde permanecerá à disposição da Justiça. O caso foi registrado no 2ºDP da cidade.

Artigo anteriorComo fazer a bateria do seu celular durar mais
Próximo artigoJustiça Federal vai leiloar imóveis em Hortolândia com desconto a partir de 50% da avaliação