12 de julho de 2024
Policial

‘Piratas do asfalto’ roubam carga de R$ 350 mil

Caso aconteceu no quilômetro 86 da Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas; caminhão foi abandonado em Hortolândia

Rodovia dos bandeirantes

Uma carga de celulares – avaliada em aproximadamente R$ 350 mil – foi roubada pelos chamados “piratas do asfalto” no quilômetro 86 da Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas, na noite de anteontem. Após o roubo, os bandidos abandonaram as vítimas, identificadas como o motorista P. S. S., de 38 anos, e o ajudante T. S. B., de 23 anos, no Jardim Satélite Íris, também em Campinas. O caminhão foi abandonado posteriormente no bairro Chácaras Assay, em Hortolândia. A Polícia Civil investiga se o caminhão foi descarregado na cidade.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por moradores que viram o caminhão em estado de abandono na Rua Antônio Carlos Martins. Segundo informações, o caminhão estava aberto e sem a carga.

VÍTIMAS

As vítimas afirmaram à polícia que trafegavam pela Rodovia dos Bandeirantes quando foram surpreendidos por um Ford Ecosport. Dentro do veículo havia aproximadamente quatro pessoas, armadas de armas longas, segundo uma das vítimas, aparentando ser fuzil.

Sob forte ameaça de arma de fogo, os bandidos obrigaram as vítimas a parar o caminhão no acostamento da rodovia. Os criminosos desceram do carro e colocaram o ajudante no porta-malas do Ecosport e o motorista no banco de trás do veículo com uma camiseta amarrada na cabeça, para assim, evitar qualquer reconhecimento.

Segundo as vítimas, os bandidos rodaram com o veículo por volta de 30 minutos, até chegar à um matagal, onde o motorista e o ajudante permaneceram por volta de 1h. As vítimas não conseguiram visualizar para onde o caminhão havia sido levado.

Após um telefone, de acordo com uma das vítimas, os bandidos libertaram as vítimas no Jardim Satélite Íris. O roubo foi registrado no Plantão Policial de Campinas e a localização de veículo registrado no Plantão de Hortolândia. O caso será investigado pela Polícia Civil das duas cidades.

Para o assessor de segurança do Sindicado de Transportes de cargas e Logística, Edson Roberto Beraldo. “O problema maior não é o roubo e sim a receptação”. “Se tiver uma punição maior para os receptadores, os crimes podem diminuir significativamente”, concluiu.

PRISÃO

Na quarta-feira, a Guarda Municipal de Hortolândia prendeu o servente de pedreiro Carlos Eduardo de Carvalho, de 31 anos, acusado de roubar uma Fiorino carregada de roupas femininas e utilidades domésticas. O roubo aconteceu na Rua Brás Cubas, no Jardim Amanda. O indiciado estava na companhia de um comparsa, que conseguiu fugir. A dupla foi flagrada descarregando a carga em uma residência na Rua João Guimarães Rosa, no mesmo bairro.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98