12 de julho de 2024
Policial

Morador morre e casal invade casa no Parque Santo André

Casal foi preso tentando furtar uma casa, cujo morador morreu nesta semana, no Parque Santo André, em Hortolândia

Morador morre e casal invade casa no Parque Santo André

Um casal foi preso nesta quinta-feira (19) de madrugada tentando furtar uma casa, cujo morador morreu nesta semana. O caso aconteceu no Parque Santo André, em Hortolândia. A dupla foi flagrada por policiais militares dentro do imóvel.

A PM foi chamada por volta das 3h pela filha do ex-morador do imóvel, a doméstica L.P., de 46 anos, que mora na casa da frente. Quando os policiais chegaram encontraram os desempregados Eliete dos Santos, de 33 anos, e Larissa Fernanda Longhi, de 22 anos, dentro do imóvel, localizado à Rua Manoel Eneias. Eles arrombaram uma janela para entrar na casa.

De acordo com o boletim de ocorrência, os dois já haviam revirado gavetas, mas, quando foram surpreendidos negaram a intenção de furto. Disseram apenas que dormiriam no imóvel, que, segundo eles, estava abandonado.

As evidências encontradas pelos policiais, no entanto, os levaram a crer que o objetivo de Santos e Larissa era furtar objetos da casa. A filha do ex-morador disse que é a segunda vez nesta semana que a casa foi invadida.

O homem e a mulher foram levados para o plantão policial, onde foram indiciados por tentativa de furto qualificado – porque entraram na casa mediante arrombamento da janela. Essa situação não permite que seja arbitrada fiança criminal. Eles poderão responder pelo crime em liberdade apenas se houver decisão judicial.

Assim, Santos foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Hortolândia e a comparsa, para a Cadeia Feminina Carcereiro Pedro Cromo, em Santa Bárbara d’Oeste.

Em Santa Bárbara d’Oeste, na quarta-feira (18), o servente A.N.A.F., de 26 anos, foi preso em flagrante escondido atrás do balcão de uma lanchonete, localizada no bairro Cândido Bertini.

Ele furtou R$ 85 do caixa do estabelecimento comercial, mas foi flagrado pelo proprietário da empresa, que chamou a polícia. O rapaz foi levado para o plantão policial, onde foi indiciado por furto. Ele ficou preso porque não tinha dinheiro para pagar a fiança de R$ 700 para responder em liberdade.

Fonte: O liberal



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98