12 de julho de 2024
Policial

Menina de 7 anos é estuprada por adolescente em Monte Mor

Menina de 7 anos é estuprada por adolescente em Monte Mor

Uma menina de apenas sete anos foi estuprada por um adolescente de 15 anos em um terreno no Jardim São Domingos, em Monte Mor. De acordo com o boletim de ocorrência, a criança havia saído de casa para comprar doces quando foi aliciada pelo menor. A vítima passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico legal), onde foi comprovada a “conjunção carnal”.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 21h40 de terça-feira, a criança pediu dinheiro para o padrasto para comprar doces em um bar próximo a sua residência. Segundo a mãe da criança, a dona de casa A. S., de 26 anos, apesar da menina ter ido sozinha ao bar, ela teria acompanhado a criança “com os olhos, à distância”.

No entanto, trinta minutos depois, segundo o BO, a criança não havia retornado para a residência. Desesperada, a mãe da criança passou a procurá-la pelas ruas do bairro, gritando o seu nome.

TERRENO

De acordo com a genitora, na Rua Três do bairro, ela viu a filha e o adolescente, identificado apenas como A. S. P., de 15 anos, saindo de um terreno, pertencente a uma igreja católica.

A dona de casa suspeitou da atitude do adolescente e perguntou para a filha o que ela fazia no terreno. De imediato, a criança relatou para a genitora que o menor havia chamado-a para ir até o terreno. Ao chegar ao local, a criança informou à mãe que A. retirou sua roupa e a violentou.
Revoltada com o desabafo da criança, a dona de casa foi até a residência do adolescente, onde informou todo o ocorrido a mãe do adolescente, a faxineira A. C. S., de 36 anos.

A faxineira chamou o menor e, acompanhada da família da vítima, foi até o Pronto Socorro Municipal de Monte Mor, onde a Polícia Militar foi acionada e acompanhou todos os envolvidos para a delegacia de Polícia de Monte Mor.

De acordo com o médico que atendeu a criança, houve laceração dos pequenos lábios. Outra prova utilizada pela polícia foi a roupa íntima da criança, que estava suja de sangue. O adolescente foi apreendido e encaminhado para a Fundação Casa.

O Conselho Tutelar de Monte Mor foi acionado e encaminhou a criança para atendimento no Caism (Centro de Atendimento Integrado à Saúde da Mulher), onde passará por atendimento psicológico.

O caso continuará sendo investigado pela Polícia Civil de Monte Mor.

Reportagem: Thiago Alves | Monte Mor



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98