Connect with us

Policial

Marido agride a esposa com panela de arroz no bairro Adventista Campineiro

Publicado

em

sirene-noturna

Uma mulher de 22 anos foi agredida pelo marido, um agente de saúde de 31 anos, com uma panela de arroz na noite de terça-feira. O autor usou o objeto após agredi-la com socos e chutes. Segundo a vítima, o agente estava sob o efeito de entorpecentes. A agressão aconteceu no bairro Adventista Campineiro, em Hortolândia.

De acordo com a vítima, seu marido chegou à sua casa visivelmente sob o efeito de drogas. Ao ser indagado sobre onde estava, o rapaz ficou descontrolado e começou a agredir a esposa. A mulher estava cozinhando, momento em que o autor se apoderou de uma panelça cheia de arroz e atingiu um golpe contra a vítima.

Após a agressão, o marido fugiu da residência. A Mulher acionou a Polícia Militar, que foi até o local e a levou para o Pronto Socorro do Hospital Municipal Mário Covas, onde a vítima passou por atendimento e teve as lesões comprovadas pelo médico plantonista.

O caso foi registrado como lesão corporal e violência doméstica, sendo encaminhado para a Polícia civil do Município, que apurará as denúncias de agressão. A vítima passará por exames de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), em Americana, para assim, os laudos que comprovam a agressão, serem anexados ao inquérito.

Reportagem: Thiago Alves | Hortolândia


// ]]>

Policial

Pediatra é preso em Monte Mor por suspeita de abusar de adolescente de Hortolândia 

Publicado

em

Por

Um médico pediatra de 65 anos foi preso na última sexta-feira (5) em Monte Mor por suspeita de abuso sexual a um adolescente de 14 anos durante o atendimento em Hortolândia. Ele foi conduzido à delegacia e após ser ouvido foi levado para uma penitenciária em Sorocaba. 

O médico foi alvo de um mandado de prisão preventiva expedido no último dia (3) pela 1ª Vara Criminal de Hortolândia, e foi localizado atendendo em uma clínica em Monte Mor. O advogado do pediatra informou que a prisão foi infundada e arbitrária, e destacou que irá se manifestar sobre o conteúdo das investigações somente no processo.

Foi instaurado um inquérito em 3 de janeiro pelo 1º Distrito Policial de Hortolândia. A Segunda Promotoria de Justiça da cidade acompanha o caso, que está em segredo de Justiça. 

O médico atuava em clínicas particulares nas cidades de Monte Mor e Hortolândia. A Justiça que fez o pedido de prisão preventiva, investiga o crime de estupro contra vulnerável. 

A Secretaria de Saúde em Hortolândia informou através de nota que o médico foi servidor da cidade, em junho e está aposentado desde então. “A administração municipal está à disposição das demais autoridades para colaborar com a investigação”, diz o texto.

Em Monte Mor o médico atendia na cidade, mas não atuava na rede pública.

Continue Lendo

Policial

LSD com mortadela: mercadoria foi enviada para o CDP de Hortolândia 

Publicado

em

LSD-mortadela

Mercadoria (LSD com mortadela) foi enviada por mãe de custodiado 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD dentro de uma mortadela.

O flagrante ocorreu neste quarta (03/08), durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.  

No caso desta ocorrência, a remetente está cadastrada no rol de visitas como mãe de um custodiado. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim de ocorrência.

O preso que receberia o alimento foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar. A SAP informa que as pessoas flagradas tentando introduzir ilícitos no sistema prisional são suspensas do rol de visitas temporariamente. 

Continue Lendo

Policial

Maconha é encontrada em mercadoria enviada para o CDP de Hortolândia

Publicado

em

Mãe de custodiado enviou a droga dentro de um pacote de fumo 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que agentes de segurança do CDP de Hortolândia encontraram 24 gramas de maconha escondidos dentro de uma embalagem de fumo que a mãe de um custodiado havia enviado para o CDP.

O flagrante ocorreu ontem à tarde, quando foi feito a revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos para a unidade prisional.

O material apreendido foi encaminhado para a Delegacia, onde foi instaurado o boletim de ocorrência. O preso que receberia os itens pessoais foi isolado preventivamente para apuração dos fatos.

A SAP informa que as pessoas que tentam inserir ilícitos nas unidades prisionais são suspensas do rol de visitas temporariamente.  

Continue Lendo

Noticias

Populares