Sirene

O caso ocorreu na noite da quarta-feita (26) de faveiro pós carnaval.

O casal tinha um relacionamento de 2 (dois) anos e após muitas desavenças e desentendimentos, estão separados aproximadamente há 1 (um) mês .

Segundo a vítima, de 24 anos ( Consultor) o seu ex companheiro, de 21 anos ( Garçom) pulou o muro e entrou em sua casa pela janela do quarto e começaram as agressões físicas “socos, cabeçadas e mordidas” (de acordo com o registro policial).

Após as agressões o acusado ( seu ex companheiro) pegou o telefone celular da vítima e jogou pela sacada ao ponto de destruí-lo.

A Vítima teve lesões na boca e marcas de mordidas nos braços, de imediato a vítima procurou uma unidade policial para fazer o registro das agressões e não passou pelo atendimento médico.

A Vítima teve orientação no posto Policial que tem o prazo decadencial legal de 6 (seis)meses para representar a requisição expedida o IML ( Instituto Médico Legal) por meios próprios através do corpo de delito.

Não obtemos informações ou declarações do agressor até o momento.

Por: Raquel Trindade