Connect with us

Policial

Golpistas estão em Hortolândia vendendo cal com água em latas de tintas falsificadas

Publicado

em

Um leitor do Portal Hortolândia, morador do Terras de Santo Antônio, denunciou que estelionatários estão na região da cidade aplicando um golpe já conhecido em outras cidades do Brasil. Em veículos e bem vestidos, eles passam nas ruas informando que as latas, da marca Suviacrílico, sobraram de uma grande obra e vendem por R$ 100, mas na verdade é cal com água ou mingau.

Ele contou que foi vítima de golpe ontem (14) em Hortolândia, que 2 homens passaram na rua vendendo tintas. Disseram que iam fazer entregas nas lojas de tintas e tinham algumas latas a mais. Estavam vendendo abaixo do preço. Mostraram até nota fiscal. A irmã dele que mora ao lado, também foi vítima, compraram 4 latas e ficando com prejuízo de 360,00 reais cada um dos irmãos. 

Conformes relatos do leitor, eles estavam em uma pick up Montana, com uniformes em bom estado, dizendo que as tintas são de uma linha mais barata da Suvinil. Para se ter uma ideia, uma lata de tinta acrílica Suvinil na internet está custando R$ 259.

“Quando eu cheguei em casa e abri, percebi que aquilo não era tinta. Chamei a pessoa que ia pintar minha casa e ele disse que era cal com água. Também me explicou que quando a Suvinil lança algum produto ele é bem divulgado, fora que a letra e outas coisas não eram parecidas com a da marca. É bem falsificada mesmo”, relata a vítima.

O denunciante disse que foi pesquisar na internet, quando descobriu que esse golpe é aplicado em todo Brasil e, aparentemente, pelas mesmas pessoas. Os relatos dos internautas são os mesmos: que as latas sobraram e estavam vendendo a preço de custo, usam uma Montana prata ou Saveiro vermelha.

Fica o alerta, caso apareça alguém vendendo tintas não comprem!

Policial

Policia recupera caminhão roubado em Hortolândia

Publicado

em

Por

A Polícia Militar recuperou um caminhão roubado que transportava carne bovina e prendeu um suspeito. O fato aconteceu na manhã de terça-feira(16).

De acordo com os policiais o motorista do caminhão e o ajudante foram rendidos por três meliantes, nas mediações do cemitério dos Amarais em Campinas, sendo que um deles assumiu a direção do caminhão e os outros dois entraram em um carro com as vítimas.

A PM, que foi alertada sobre o acontecido, perseguiu o caminhão quando, na entrada de Hortolândia, próximo ao supermercado Pague Menos, o motorista perdeu o controle do veículo e colidiu contra o guard-rail.

O suspeito tentou fugir a pé, mas foi detido pelos policiais. O veículo que estava com as vítimas fugiu sentido o bairro do Matão, em Sumaré, onde deixaram as vítimas e fugiram.

O caminhão foi levado à delegacia, assim como o meliante. No veículo foi encontrado um dispositivo para contar o rastreamento.

Continue Lendo

Policial

Mãe teria enviado drogas em margarina para detento em Hortolândia

Publicado

em

Mãe de custodiado teria enviado as drogas para PIII de Hortolândia 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que policiais penais da PIII de Hortolândia encontraram 75 micropontos de LSD e uma folha contendo droga sintética M4 escondidos em um fundo falso de pote de margarina enviados pela mãe de um custodiado. O flagrante ocorreu ontem, 8, durante o procedimento de revista das mercadorias.  

O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, e o preso que receberia os itens pessoais foi isolado preventivamente para procedimentos disciplinar.

A SAP informa que as pessoas as quais são flagradas tentando inserir materiais proibidos nas unidades prisionais são suspensas do rol de visitas temporariamente.  

Continue Lendo

Policial

CPFL emite nota sobre o ocorrido na base em Sumaré

Publicado

em

policia

Em virtude de um áudio com informações relacionadas ao roubo ocorrido na base da CPFL em Sumaré, no dia 03/08/2022, que está em circulação em grupos de WhatsApp.

A CPFL esclarece que os funcionários que prestam serviços sempre comparecem devidamente identificados com crachás, uniformes, veículo com identificação da empresa e com ordem de serviço para a execução da atividade, contudo, caso o cliente ainda tenha dúvidas, pode entrar em contato por meio dos canais de atendimento, entre eles, o 0800 010 1010 (CPFL Paulista), e informar o número da nota de serviços e confirmar a autenticidade da mesma com o atendente.

Caso não seja possível realizar a confirmação no momento, a orientação da empresa é de que o cliente não permita a execução do serviço e não assine ou entregue qualquer documento.

Continue Lendo

Populares