K4 e uma placa de microcelular teriam sido enviados por mãe e companheira de detentos

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que houve duas apreensões no Centro de Progressão Penitenciária de Hortolândia (CPPH), na manhã desta quinta-feira, 5, durante o procedimento de revista das correspondências.

No primeiro momento, servidores encontraram 40 unidades de papel contendo droga sintética, popularmente conhecida como 4k, escondidos no cós de duas bermudas. A encomenda teria sido enviada pela mãe de um sentenciado. Em seguida, os agentes penitenciários apreenderam uma placa de microcelular, que estava dentro de um sabonete, também enviado via Sedex, supostamente pela companheira de um sentenciado.

O material apreendido foi enviado para a delegacia de Hortolândia, onde foi feito o boletim de ocorrência.

A SAP instaurou procedimento disciplinar para investigar a participação dos sentenciados que receberiam as mercadorias.