A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que, no sábado (3), uma mulher de 19 anos foi detida na P3 de Hortolândia com 186 gramas de maconha escondidos na vagina.

O flagrante ocorreu durante o procedimento de revista.  Segundo informações da unidade prisional, agentes desconfiaram da visitante porque o body scanner mostrou alteração na região pélvica da suspeita. Ao ser questionada, a jovem negou que estivesse tentando burlar as regras do presídio, então foi conduzida ao Hospital Mário Covas, diante dos médicos ela admitiu que havia escondido a droga no corpo porque o namorado havia contraído uma divida dentro da cadeia e ela pretendia ajudá-lo.

Diante disso, ela foi conduzida ao plantão policial, onde permanece à disposição da Justiça. O homem que receberia a visita foi isolado, preventivamente para procedimento disciplinar. A SAP informa que as pessoas as quais são flagradas tentando entrar nas unidades prisionais com materiais proibidos são suspensos, temporariamente do rol de visitas.