A Escola Municipal Matheus Maylasky, em Sorocaba, inicia hoje (17/5), às 9h, suas atividades como a primeira escola cívico-militar do Estado de São Paulo. “Os alunos serão recepcionados pelos militares e começarão a adaptação ao novo modelo, que já tem sucesso comprovado em diversos estados do país”, afirmou o deputado estadual Tenente Coimbra(PSL), que participou de todo o processo de conversão. O parlamentar estará na unidade a convite da comunidade escolar.

A E.M. Matheus Maylasky foi selecionada pelo Programa Nacional da Escola Cívico Militar (PECIM) ainda no ano passado. Desde então, ela seguiu todos os processos para implantação, que incluiu audiências com a comunidade escolar para explicação sobre o modelo e votação de professores, funcionários da escola e pais de alunos para a aceitação da mudança. “Foi um trabalho conjunto entre nós, a prefeitura e o governo federal. Agradeço a todos que se esforçaram para trazer o modelo para a cidade, especialmente aos pais e mães de alunos que participaram e votaram a favor da evolução do ensino de seus filhos”, disse Coimbra.

No fim do ano passado a conversão chegou a ser questionada na Justiça, mas em fevereiro deste ano, o TJ-SP concedeu liminar favorável à continuidade do processo de implantação da escola cívico-militar em Sorocaba. “E nossa luta ainda não acabou. Vamos continuar batalhando para trazer cada vez mais escolas com esse modelo para São Paulo. Já estamos consolidando mais oito unidades no Estado e, em 2022, traremos muito mais”, afirmou o parlamentar.