20 de maio de 2024
Nossa Região

Grupos da Cultura Caipira de Hortolândia participam de programação natalina em Sumaré

O grupo “Pioneiros do Catira”, a “Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia” e a Companhia de Reis “Rosa dos Anjos” participarão do “Natal Encantado” de Sumaré. As apresentações começam nesta quarta-feira (16/12), às 19h, na Praça Manoel Vasconcelos, na região central da cidade. Os grupos contam com o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura.

Na quarta (16/12), a “Orquestra de Viola” se apresentará. Na sexta-feira (18/12), às 19h, é a vez do grupo “Pioneiros do Catira”. E, para fechar a participação, no dia 23 deste mês, às 19h, a Companhia de Reis “Rosa dos Anjos” fará a última apresentação.

Grupo de Catira Pioneiros do Catira

Em Hortolândia, o Catira iniciou-se por volta de 1920. Atualmente, com a formação do grupo Pioneiros do Catira, os valores e a dança estão sendo recuperados.

O conjunto criado em 2006 é formado por grandes nomes, como os dos mestres Chiquinho, Toninho, Nelsinho e alguns dos seus familiares, colegas e parceiros, que contribuem para a produção, preservação e transmissão da cultura caipira.

Realizado ao som de uma viola e conduzido no ritmo de bate-pés e na palma da mão, o Catira é executado com oito a dezesseis pessoas que dançam e encantam em duas fileiras que se entrecortam. A apresentação conta ainda com um maravilhoso momento de cantoria.

Orquestra de Viola Caipira de Hortolândia

Em 2009, os mestres Chiquinho, João Batista e Eliseu Teodoro, com o apoio da comunidade e da Secretaria de Cultura, criaram a Orquestra de Viola com suas oficinas.

A orquestra promove a cultura da viola, por meio da verdadeira música sertaneja de raiz, com o entusiasmo contagiante dos violeiros e suas canções.

O timbre agudo e melódico que vem das cordas, aliado ao dedilhar da viola são marcas fortes do conjunto, que, com sotaque característico, conta histórias do campo e enaltece a tradição da viola. Assim, a orquestra trilha um caminho de amor, divulgação e multiplicação do autêntico som de raiz, propiciando uma emoção que cativa o público que se encanta com a magia da canção.

O grupo é coordenado pelo violeiro mestre Chiquinho e parte dele é composto por catireiros, alguns integrantes permanentes, outros, esporádicos.

Companhia de Reis Rosa dos Anjos

A origem do grupo está fundamentada nos saberes da cultura popular e citações bíblicas referentes ao nascimento de Cristo. Com este conhecimento, em 1982, mestre Chiquinho, o mestre Esequias Barra e a comunidade fundaram a Companhia de Reis Rosa dos Anjos em Hortolândia.

Com instrumentos de corda e percussão, os integrantes levam uma mensagem de esperança por onde passam e preparam as pessoas para a chegada de Jesus e, depois do nascimento, lembram a visita dos Santos Reis, promovendo, deste modo, a festa de Santos Reis.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98