Subsídios que vão beneficiar famílias com renda de até três salários mínimos a serem abatidos do valor final do financiamento habitacional

O vice-governador Rodrigo Garcia autorizou, nesta quinta-feira, aporte de recursos da modalidade Nossa Casa – Apoio para fomentar a construção de 80 unidades habitacionais do empreendimento Villa Vic Bruxelas – Fase 1, em Indaiatuba. O valor do aporte é de R﹩ 1.040.000,00 e os recursos serão disponibilizados na forma de subsídio para que famílias de baixa renda possam ter acesso à aquisição da casa própria.

“Estamos olhando para a proteção social através de programas especiais, na manutenção do emprego, renda e moradias. Neste sentido, o cheque moradia que entregamos traz mais dignidade para estas famílias, quando oferece subsídios para compra de seus imóveis, gerando emprego na construção civil, investimento e possibilitando a realização do sonho da casa própria”, disse Rodrigo Garcia, durante solenidade no Auditório da Prefeitura de Indaiatuba.

O secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, também ressaltou a importância da ação para a população. “É um prazer estar aqui para trazer boas notícias. Estamos autorizando um aporte de R﹩1 milhão do programa Nossa Casa – Apoio para o empreendimento Vila Bruxelas, ajudando assim na realização do sonho da casa própria dessas famílias, da nossa querida Indaiatuba. Estamos seguindo as orientações do Governo do Estado de levar mais qualidade de vida para a população e queremos ampliar mais, para que em breve possamos estar aqui anunciando novas ações da habitação”.

A modalidade Nossa Casa – Apoio fornece cheque moradia a famílias com até três salários mínimos para aquisição de moradias em empreendimentos aprovados pela Secretaria de Estado da Habitação. O cheque moradia é um subsídio concedido pelo Governo do Estado, por meio da Casa Paulista, para as famílias efetivarem a compra do imóvel, junto às construtoras. Esse subsídio será usado para abater o valor final na assinatura do contrato de financiamento habitacional. A demanda é aberta a todos que se enquadrarem nos critérios do programa e devidamente aprovada pela Caixa Econômica Federal, que concederá o financiamento habitacional das moradias.

Artigo anteriorEMS anuncia mais de 70 vagas de emprego, confira:
Próximo artigoO que é o termo cringe