Connect with us

Nossa Região

Governo de SP anuncia ampliação de repasses do Estado a hospitais de Campinas

Publicado

em

O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou neste sábado (2), em visita ao Hospital e Maternidade Celso Pierro, em Campinas, uma robusta ampliação de repasses anuais do Estado para custeio das Santas Casas e hospitais filantrópicos da cidade.

“O Estado fez reformas importantes ao longo da pandemia, como enxugamento de máquina pública e redução de benefícios fiscais, que permitem nessa retomada nós termos recursos para investir. É isso que nos traz aqui, como o Pró Santa Casa, Santa Casa Nacional e Santa Casa Sustentável. Nós juntamos todos esses programas e praticamente dobramos os recursos investidos neles, ampliando repasse para aqueles hospitais que já participavam e incluindo todos os hospitais que não eram incluídos no apoio do Governo de SP. Só aqui na região, o programa Mais Santa Casa vai sair de R$ 56 milhões, dos mais variados hospitais, para R$ 108 milhões: estamos dobrando o valor aqui na região de Campinas”, declarou o Vice-Governador.

O apoio financeiro do Governo de São Paulo a unidades de saúde de Campinas passará de R$ 6,1 milhões para R$ 39,7 milhões, por meio do programa Mais Santas Casas. O repasse destinado ao hospital mantido pela PUC-Campinas vai saltar de R$ 3,1 milhões para R$ 35,2 milhões, valor 11 vezes maior que o atual.

Com a verba assegurada pelo Estado, o hospital Celso Pierro vai aumentar a oferta de atendimentos de cardiologia para 58 procedimentos mensais. No tratamento a pacientes com câncer, serão 505 atendimentos entre cirurgias, tomografias e ressonâncias.

O recurso extra também permite a ampliação de dois leitos, sendo uma UTI e uma unidade coronariana. O Hospital da PUC-Campinas não tem fins lucrativos e atende casos de média e alta complexidade com capacidade de 355 leitos – mais de 60% das vagas são destinadas ao SUS.

“As pessoas fizeram sua parte na pandemia e agora precisamos ampliar os cuidados, investir mais como sinal de cuidado e agradecimento. E agradecimento não pode acontecer só em palavras, mas com gestos e atitudes. É exatamente isso que o Governo do Estado faz com o programa Mais Santas Casas para investir também em serviços filantrópicos, incluindo o Celso Pierro, que passa a receber mais de R$ 35 milhões”, disse o Secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Os outros cinco serviços de Campinas que receberão mais verbas do Estado são Centro Infantil Boldrini; Maternidade de Campinas; Hospital Sobrapar; Real Sociedade Portuguesa de Beneficência; além do Hospital Irmãos Penteado e a Santa Casa, que receberão juntos R$ 4,3 milhões anualmente.

Jaguariúna

Após a visita a Campinas, Rodrigo Garcia também participou de eventos públicos em Jaguariúna. O Vice-Governador autorizou a construção de um novo empreendimento habitacional na modalidade Nossa Casa-Preço Social, com preços subsidiados a famílias de baixa renda.

O subsídio assegurado pelo Governo do Estado é de R$ 7,8 milhões. Dos 384 apartamentos previstos para o novo conjunto, 122 serão obrigatoriamente destinados a famílias com renda de até três salários mínimos ao preço social de R$ 100 mil por imóvel. Outro aporte de R$ 1,2 milhão será aplicado para construir 120 moradias no município de Santo Antonio da Posse.

Garcia também autorizou a liberação de três novos convênios com a Prefeitura de Jaguariúna. O investimento é dividido em R$ 4 milhões para obras de pavimentação asfáltica no município — R$ 2 milhões via Estado e o restante pelo município –, R$ 350 mil para reforma e ampliação de creche e R$ 835 mil para a construção de um centro de saúde.

Nossa Região

Última semana para solicitar isenção no Processo Seletivo para cursos técnicos gratuitos

Publicado

em

IFSP oferece 544 vagas para cursos técnicos gratuitos na Região Metropolitana de Campinas 

Os candidatos interessados em pedir isenção da taxa de inscrição para o Processo Seletivo para ingresso nos cursos técnicos do IFSP têm até o dia 21 de outubro para formalizar a solicitação.
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) oferece 360 vagas para cursos técnicos nos câmpus Campinas, Capivari, Hortolândia e Piracicaba. Em todo o estado de São Paulo, são ofertadas 6.080 vagas em 36 câmpus para o primeiro semestre de 2022.  

Pode pedir isenção o aluno que estudou integralmente em escola pública ou teve bolsa integral durante todo o Ensino Fundamental, desde que sua renda familiar bruta seja de até um salário mínimo e meio (R$1.650) por pessoa. O candidato precisa anexar documentos que comprovem as informações.

Todos os cursos são gratuitos, sem cobrança de mensalidade. As inscrições estão abertas até o dia 14 de novembro. Para realizar a inscrição, os interessados devem ler atentamente o Edital nº 400/2021, realizar o cadastro, preencher o formulário eletrônico de inscrição e o questionário socioeconômico no Portal do Candidato, por meio do site processoseletivo.ifsp.edu.br.  

Para os candidatos que não solicitarem a isenção é necessário pagar uma taxa de R$ 60, para os cursos técnicos integrados, ou de R$ 30, para os técnicos concomitantes ou subsequentes ao ensino médio.  

Neste ano, devido a uma determinação judicial, o IFSP volta a adotar a seleção por meio de provas. O processo seletivo abordará as disciplinas de Português e Matemática e será aplicado, de forma presencial, no dia 19 de dezembro, na mesma cidade, ou município da mesma região, da localização do câmpus escolhido pelo candidato no momento da inscrição.  

Veja abaixo a relação de vagas em Campinas, Capivari, Hortolândia e Piracicaba: 

  

Campinas – 160 vagas 

Técnico Integrado ao Ensino Médio 

Eletrônica (40 vagas – período matutino) 

Informática (40 vagas – período vespertino) 

  

Técnico Concomitante/Subsequente ao Ensino Médio 

Eletroeletrônica (40 vagas – período noturno) 

Informática (40 vagas – período matutino) 

  

Capivari – 80 vagas 

Técnico Integrado ao Ensino Médio 

Informática (40 vagas – período integral) 

Química (40 vagas – período integral) 

  

Hortolândia – 184 vagas 

Técnico Integrado ao Ensino Médio 

Automação Industrial (35 vagas – período integral) 

Informática (37 vagas – período integral) 

Mecânica (32 vagas – período integral) 

  

Técnico Concomitante/Subsequente ao Ensino Médio 

Eletroeletrônica (40 vagas – período noturno) 

Fabricação Mecânica (40 vagas – período noturno) 

  

Piracicaba – 120 vagas 

Técnico Integrado ao Ensino Médio 

Informática (40 vagas – período vespertino) 

Manutenção Automotiva (40 vagas – período vespertino) 

Técnico Concomitante/Subsequente ao Ensino Médio 

Mecânica (40 vagas – período noturno) 

O IFSP reserva 50% de suas vagas a estudantes que tenham cursado integralmente o ensino fundamental em escolas públicas. Também têm direito às vagas reservadas candidatos em situação de vulnerabilidade econômica e social, pretos, pardos ou indígenas, e pessoas com deficiência.  

Mais informações em www.ifsp.edu.br

Continue Lendo

Nossa Região

Chuvas com potencial para temporais são esperadas entre o domingo e segunda

Publicado

em

Entre a noite dessa sexta (15) e a manhã de sábado (16), a passagem da frente fria resultará em chuvas generalizadas na região. Há um certo grau de incerteza com relação aos totais de chuva, mas há  potencial para grandes acumulados até amanhã.

O sábado é de céu parcialmente nublado a encoberto, com chuva a qualquer momento do dia, preferencialmente na madrugada e manhã. As temperaturas ficam entre 19 e 26ºC.

Para o domingo, a tendência é de céu nublado com chuvas isoladas. Dessa forma, as temperaturas ficam entre 17 e 23ºC.

De acordo com Cepagri da Unicamp, entre o domingo e a segunda-feira, a convergência de umidade organizada pela frente fria (leia acima) deverá proporcionar mais chuvas e de forma persistente ou recorrente na região, com potencial para novos temporais.

Continue Lendo

Nossa Região

Operações da EMTU em setembro apreenderam 13 veículos irregulares na Região Metropolitana de Campinas

Publicado

em

Equipes de fiscalização averiguaram 429 veículos; apreensões quase triplicaram em relação ao mesmo mês do ano passado

A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, em conjunto com a Polícia Militar do Estado de São Paulo, realiza com frequência operações contra o transporte coletivo de passageiros não autorizado nos municípios da Região Metropolitana de Campinas, sempre com o apoio da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual e prefeituras.

No mês de setembro, as ações resultaram em 246 abordagens para averiguação e na apreensão de 13 veículos, quase o triplo de apreensões registradas em setembro de 2020, quando cinco veículos foram apreendidos em situação irregular. As equipes de fiscalização também aplicaram 31 autuações para operadores de linhas metropolitanas em situação regular, mas que cometeram algum tipo de infração. As multas aplicadas para esses casos podem chegar a R﹩ 5.212,22.

Os agentes averiguam carros, vans, micro-ônibus e ônibus que fazem o transporte intermunicipal metropolitano com o objetivo de combater o transporte irregular de passageiros, oferecendo mais segurança, qualidade e eficiência aos cidadãos que utilizam o sistema metropolitano.

Os veículos autorizados passam por inspeções periódicas nas quais são verificados mais de 400 itens, os condutores são treinados periodicamente, bem como são atendidas todas as normas do Código de Trânsito Brasileiro e aquelas determinadas pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos. Os veículos não autorizados não cumprem essas normas e não há qualquer garantia da sua procedência.

Além disso, as empresas do sistema regular são titulares da concessão, logo precisam cumprir normas contratuais, inclusive em relação ao combate da transmissão do coronavírus, ao passo que os veículos clandestinos operam de forma precária e em concorrência ruinosa já que não cumprem qualquer requisito da legislação.

Sobre a EMTU – Vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) é controlada pelo Governo de São Paulo. Fiscaliza e regulamenta o transporte metropolitano de baixa e média capacidade nas cinco regiões metropolitanas do Estado: São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba / Litoral Norte. Juntas, as áreas somam 134

Continue Lendo

Populares