Connect with us

Nossa Região

Deputado solicita suspensão de reajustes nas tarifas de água e esgoto da região

Publicado

em

Preocupado com as famílias paulistas, principalmente aquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social devido à pandemia, o deputado estadual Dirceu Dalben oficiou à ARES-PCJ (Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) para que suspenda, imediatamente, os aumentos tarifários de água e esgoto autorizados nos meses de dezembro e janeiro para concessionárias e prestadoras de serviços que estão sob o controle da agência. Para Dalben, a medida deverá ser mantida até enquanto perdurarem os efeitos da pandemia da Covid-19, em suas mais diversas variantes.

“A majoração das tarifas dos serviços de água e esgoto trará consequências sociais relevantes. Muitas pessoas perderam seus empregos, não tendo condições de suportar o aumento expressivo que está sendo fixado pela ARES-PCJ. Em Sumaré, por exemplo, cidade onde eu moro, foi autorizado que a concessionária reajuste as tarifas em 13,7%. Muitas famílias certamente não conseguirão manter as contas em dia, o que pode ocasionar o corte dos serviços em plena pandemia, momento em que o saneamento básico é tão essencial. Além disso, o reajuste também pode comprometer a indústria e o comércio, que ainda tentam se estabilizar diante das dificuldades impostas pela disseminação da Covid-19. Desde o início da pandemia, temos defendido medidas que possam auxiliar os moradores paulistas, principalmente os de baixa renda, a concentrar-se no sustento básico e proteção de suas famílias. Continuamos nessa luta, contem sempre com nosso trabalho”, falou o deputado.

Além de Sumaré, a ARES-PCJ também autorizou em dezembro e janeiro o reajuste das tarifas de água e esgoto praticadas por concessionárias e prestadoras de serviços nas cidades de Campinas (15,92%), Santa Bárbara d’Oeste (9,85%), Itu (21,78%), Sorocaba (9,89%), Santa Rita do Passa Quatro (10,25%), São Carlos (14,94%), Araraquara (16,83%) e Luiz Antonio (15,48%). Também foi autorizado o reajuste da tarifa de esgoto em Vinhedo – o valor cobrado até então representava 60% do valor da tarifa de água e, agora, passará a representar 80%.

O deputado estadual Dirceu Dalben oficiou ao diretor geral da ARES-PCJ, Dalto Faveri Brochi, para que as resoluções que permitem esses aumentos sejam suspensas urgentemente, até enquanto perdurarem os efeitos da pandemia.

“Cessada a situação da pandemia, as empresas concessionárias poderão encontrar mecanismos jurídicos para suportar essa suspensão, sem que isso venha a causar prejuízo à nossa população”, finalizou o parlamentar. 

Nossa Região

Previsão aponta fim de semana seco e frio

Publicado

em

frio

De acordo com o Cepagri, na sexta-feira (20), as temperaturas devem ficar entre 8 e 18ºC, com ventos predominantemente fracos, soprando com maior intensidade (moderados) ao anoitecer. 

No sábado, as temperaturas sobem um pouco mais, ficando entre 9 e 22ºC, e para o domingo, a expectativa é que fiquem entre 12 e 24ºC.

No final de semana, a umidade relativa do ar mínima deverá ficar abaixo dos 30%, o que sugere cuidados redobrados com a hidratação, pela ingestão de líquidos e uso de produtos adequados à pele e mucosas. 

Continue Lendo

Nossa Região

Prêmio da Mega-Sena acumula para R$ 53 milhões. Campinas leva mais de 82 mil

Publicado

em

mega sena

Ninguém acertou as seis dezenas no sorteio da Mega-Sena dessa quarta-feira (18). Com isso, o prêmio acumulou para R$ 53 milhões. Os números sorteados foram: 01, 32, 35, 44, 45 e 57.

Segundo a Caixa Econômica Federal,  52 apostadores acertaram cinco dezenas e ganharam R$ 82.539,97, inclusive uma aposta de Campinas. A quadra saiu para 5.101 apostas, com prêmio de R$ 1.202,02.

O próximo sorteio será no sábado (21), no Espaço da Sorte, em São Paulo, às 20h. As apostas podem ser feitas até as 19h de sábado, pela internet ou nas casas lotéricas.

fonte ebc

Continue Lendo

Nossa Região

Região de Campinas tem mais de 200 colisões contra postes entre janeiro e abril deste ano

Publicado

em

Campinas, Piracicaba e Hortolândia lideram o ranking. Em 2021, região teve 1.027 colisões

Os casos de colisão de veículos contra postes continuam altos na região de Campinas. Um levantamento da CPFL Paulista, que compreende 33 cidades da região, mostrou que foram 287 colisões entre janeiro e abril deste ano e chama atenção para o assunto, principalmente durante o mês da campanha de conscientização no trânsito – Maio Amarelo. O número é 11,1% menor que os 323 casos registrados no mesmo período do ano passado, mas, ainda assim, as ocorrências continuam em um patamar elevado.

Apesar disso, em algumas cidades houve crescimento dos casos. Em Campinas, por exemplo, foi registrado crescimento de 14,5% na comparação do primeiro quadrimestre de 2021, quando foram 69 colisões, com o mesmo período de 2022, que teve 79 ocorrências. Americana, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré também tiveram elevação no mesmo período.

“A elevação dos casos de colisões contra postes foi verificada em várias cidades nos primeiros quatro meses deste ano. Isso nos preocupa e reforça a necessidade de trabalharmos o assunto de maneira preventiva e buscando a conscientização dos motoristas. Durante o Maio Amarelo, a CPFL Energia chama ainda mais a atenção para este tema, que é uma questão de segurança essencial”, afirma o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Victor.

As colisões registradas entre janeiro e abril de 2022, na região de Campinas, resultaram em ocorrências de interrupção no fornecimento de energia que demandaram, em média, 2,26 horas de serviços da companhia. Isso inclui, basicamente, a substituição de poste, reconstrução de rede de distribuição e restabelecimento da energia. Dependendo da gravidade do acidente, as equipes de campo precisam também aguardar a realização dos trabalhos da perícia policial para poder então iniciar o trabalho de manutenção. 

Conheça o ranking 10 cidades com o maior número de ocorrências na região de Campinas:

Guardião da Vida. Considerando o impacto do assunto para a população, seja na segurança do trânsito, seja na qualidade do fornecimento de energia, a CPFL Energia, por meio da campanha Guardião da Vida, incentiva a discussão sobre o tema, a fim de promover uma reflexão sobre as atitudes no trânsito que poderiam ser evitadas, reduzindo acidentes e salvando vidas. 

Como parte do apoio ao movimento Maio Amarelo, a campanha Guardião da Vida promove ações que visam estimular a comunidade a adotar atitudes mais seguras como parte responsável pela vida de outras pessoas. Isso inclui palestras realizadas em escolas, associações de bairro, sindicatos de classe e empresas.

Além do risco à segurança, os responsáveis pelos acidentes contra postes podem amargar prejuízos financeiros. Nos casos em que a distribuidora identifica o culpado legal, este deve arcar com os danos causados ao patrimônio da concessionária. A substituição de um poste pode variar, dependendo do modelo, entre R$ 2 mil e R$ 3 mil.

Essa diferença leva em consideração os equipamentos instalados tanto pela distribuidora de energia como pelas empresas que ocupam a estrutura. Por exemplo, um poste com iluminação pública simples tem menor valor que aquele que sustenta um transformador de energia e equipamentos de telecomunicação.

Confira, a seguir, dez dicas da campanha Guardião da Vida para tornar o trânsito um ambiente mais seguro:

1. Mantenha o veículo com a manutenção em boas condições, verificando o estado dos pneus, dos freios, dos faróis e dos retrovisores; 

2. Não dirija sob o efeito do álcool, remédios ou qualquer outra substância tóxica; 

3. Quando estiver dirigindo, cuidado com o farol alto. Você pode ofuscar a visão do motorista na via de sentido oposto; 

4. Respeite sempre a sinalização de trânsito e os limites de velocidade das vias, em qualquer dia, local e horário; 

5. Respeite os pedestres e sempre use cinto de segurança e capacete, para motociclistas; 

6. Não use celular quando estiver dirigindo. Além de colocar em risco a vida dos pedestres e outros motoristas, a infração para quem é pego usando o celular na direção é considerada gravíssima; 

7. Em caso de manobras, sinalize para os pedestres e os demais motoristas; 

8. Sempre mantenha distância segura do veículo à frente; 

9. Fique atento às condições da pista e do clima. Em caso de pista molhada ou de neblina, dirija com cuidado. Diminua a velocidade e mantenha a distância dos demais veículos;

10. Em caso de acidente com poste, se houver queda de cabos, procure ficar no interior do veículo, sem tocar nas partes metálicas, até o atendimento por parte das equipes da empresa.

Continue Lendo

Populares