Connect with us

Nossa Cidade

Três livros ficam em 1º lugar no ranking das obras mais lidas pelos leitores da Biblioteca Municipal

Publicado

em

Os livros mais lidos em agosto pelos leitores de Hortolândia foram “Eragon Herança”, “O Príncipe da Dinamarca”, e “A Esperança”

Uma obra de temática épica, um clássico da literatura mundial e o último volume de uma conhecida série distópica são os três livros que ficaram empatados em 1º lugar no ranking dos livros mais emprestados em agosto deste ano pelos usuários cadastrados na Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte, órgão da Prefeitura de Hortolândia. Os três livros que ficaram em 1º lugar são “Eragon Herança (Livro 1)”, do autor americano Christopher Paolini, “Hamlet O Príncipe da Dinamarca”, de William Shakespeare, em versão traduzida e adaptada por Leonardo Chianca, e “A Esperança”, terceiro volume da série “Jogos Vorazes”, da escritora americana Suzanne Collins, que foi transformada em uma bem sucedida franquia cinematográfica. No mês passado, a biblioteca registrou um total de 667 empréstimos de obras literárias.

De acordo com a bibliotecária Andreia Santos, o número de empréstimos no mês passado foi menor em comparação a meses anteriores antes da pandemia, quando a biblioteca registrou média mensal acima de 1.000 empréstimos. Mesmo assim, a bibliotecária ressalta que a quantidade de empréstimos em agosto foi expressiva, uma vez que a biblioteca reabriu para o público na última semana de julho deste ano. A biblioteca esteve fechada durante um ano e cinco meses em virtude da pandemia do Coronavírus.

A bibliotecária Andreia Santos ainda ressalta que, em agosto, a biblioteca fez o cadastro de 43 novos usuários, 56 procuraram a biblioteca para obter mais informações sobre o cadastro. Ainda no período foram feitas 383 consultas ao acervo da biblioteca. “Estes dados apontam que, além dos empréstimos realizados, houve uma boa movimentação interna por parte dos leitores e novos leitores da biblioteca”, destaca Andreia.

O ranking de agosto da biblioteca reúne obras de temáticas e gêneros literários variados. Predominaram obras infantojuvenis, como as séries “Diário de Um Banana”, “Harry Potter” e “Turma da Mônica Jovem” (quadrinhos em estilo mangá dos personagens criados pelo cartunista Mauricio de Sousa), e best-sellers, como “A Culpa É das Estrelas”. 

Mas o ranking também apresentou obras literárias consideradas clássicas, como, por exemplo, “20.000 Léguas Submarinas”, de Julio Verne, e “Romanceiro da Inconfidência”, uma das principais obras de Cecília Meireles. Os leitores cadastrados da biblioteca também se interessaram por livros didáticos e sobre temas como educação, folclore e autoajuda, além de obras espíritas.

A bibliotecária Andreia Santos ainda ressalta que a biblioteca implantou um novo sistema de busca de títulos para facilitar o acesso dos usuários ao acervo. As obras estão divididas por temas como “Folclore”, “Séries e filmes” (obras que foram adaptadas para o cinema), “Aventuras”, “Distopia” (livros que apresentam histórias ambientadas em um futuro caótico e opressor), “Terror”, “Protagonismo Feminino”, entre outros. O novo sistema foi implantado na reabertura da biblioteca.

RESTRIÇÕES

Em virtude da pandemia do Coronavírus, o acesso à biblioteca é feito com restrições. São permitidos no máximo 7 usuários por vez dentro da biblioteca, sendo 2 na lan house pelo período de até uma hora, 3 no salão de acervo para consultar e/ou escolher obras pelo período de até 30 minutos, e 2 na mesa de estudos pelo período de até uma hora.

Já a permanência na sala infantil será permitida somente para retirada de livros. Continua suspenso o uso da brinquedoteca, assim como a utilização do sofá da sala de leitura. A biblioteca mantém os protocolos sanitários com o uso obrigatório de máscara dentro das dependências, distanciamento e disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos.

CADASTRO

Para quem se interessou em pegar livros emprestados da Biblioteca Municipal, é necessário fazer a Carteirinha do Leitor. Para isso, a pessoa tem que ser residente da cidade e apresentar cópia da Carteira de Identidade (RG) e cópia de comprovante de residência. Já menores de idade devem levar cópias desses mesmos documentos e autorização assinada pelos pais ou responsável. É necessário ainda que o pai, a mãe ou responsável leve cópia da sua Carteira de Identidade. Pessoas que não moram na cidade também podem fazer o cadastro. Para isso, elas devem comprovar ter algum vínculo com a cidade (trabalho ou estudo). Atualmente, a biblioteca tem 5.368 usuários cadastrados.

O usuário cadastrado na categoria comum pode pegar até três livros emprestados. O prazo de empréstimo é de 14 dias, podendo ser renovado por mais 14 dias. Já os usuários da categoria Leitor Vip podem pegar livros emprestados pelo prazo de 21 dias, podendo renovar por mais 21 dias. De acordo com o coordenador Rafael Antonio da Silva, para se tornar um leitor VIP os critérios são os seguintes: ser usuário cadastrado da biblioteca há, no mínimo, seis meses, respeitar as normas de conduta e os prazos da biblioteca, ter emprestado 15 livros no período de 12 meses, não ter extraviado nenhum material bibliográfico, não ter danificado (molhar, rasgar, rasurar e/ou amassar), mesmo que parcialmente, nenhum material bibliográfico da biblioteca no período de 12 meses.

O serviço de empréstimo de livros será liberado somente para os usuários que não tenham nenhuma pendência em seu cadastro. O coordenador destaca que começou no dia 18 de janeiro deste ano uma campanha de devolução dos livros emprestados antes da pandemia. Alguns leitores ainda não devolveram os livros, totalizando cerca de 400 títulos que podem estar extraviados. Os livros devolvidos passam por higienização e ficam de quarentena por um período de sete dias, separados dos demais exemplares do acervo.

Ao retomar o atendimento presencial, a biblioteca passou a oferece cerca de 160 obras novas para empréstimo. Atualmente, a biblioteca tem cerca de 16.000 títulos. O acervo pode ser consultado pela internet por meio deste LINK.

A Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte fica na rua Luiz Camilo de Camargo, 581, região central, no piso inferior do Open Shopping. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Serviços como empréstimos, renovações presenciais e cadastro de usuários são feitos até às 16h50. Para mais informações, os usuários e o público podem entrar em contato com a biblioteca pelo telefone (19) 3887-1684, pelo BiblioZap, serviço de atendimento via WhatsApp no número (19) 98970-7332 ou pelo e-mail [email protected].

Confira abaixo o ranking dos 20 livros mais emprestados pelos usuários da Biblioteca Municipal:

Ranking dos livros mais emprestados – Agosto de 2021Biblioteca Municipal Terezinha França de Mendonça Duarte
TítuloAutor
Eragon Herança – Livro 1Christopher Paolini
Hamlet O Príncipe da DinamarcaWilliam Shakespeare / Leonardo Chianca
A EsperançaSuzanne Collins
20.000 Léguas SubmarinasJulio Verne
A Culpa É das EstrelasJohn Green
O Amor Enxuga As Lágrimas (livro espírita)Sonia Tozzi / Irmão Ivo (espírito)
Romanceiro da InconfidênciaCecília Meireles
A Luneta ÂmbarPhilip Pullman
A Festa No Céu – Um Conto do Nosso FolcloreAngela Lago
Diário de Um Banana – Caindo Na EstradaJeff Kinney
A Última DançaEileen Goudge
Harry Potter e A Ordem da FênixJ. K. Rowling
A Importância do Ato de Ler Em Três Artigos Que Se CompletamPaulo Freire
GramáticaCarlos Emílio Faraco
Outlander A Viajante do TempoDiana Gabaldon
Turma da Mônica Jovem – Conta Comigo! (quadrinhos estilo mangá)Maurício de Sousa
Quem pensa enriqueceNapoleon Hill
Turma da Mônica Jovem – Presente de Grego (quadrinhos estilo mangá)Maurício de Sousa
Pensar Bem, Sentir-Se Bem – Como Se Livrardas Armadilhas da MenteWalter Riso
Fala Sério, Mãe! Crônica InéditaThalita Rebouças

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia prossegue com obras de implantação de terceira faixa na Emancipação, após remoção de postes

Publicado

em

CPFL retirou estruturas que estavam na pista

Após solicitação da Prefeitura de Hortolândia, a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) retirou, neste final de semana, três postes que estavam na pista da avenida da Emancipação, no trecho próximo à farmacêutica EMS, onde a Administração Municipal realiza a obra de implantação da terceira faixa de rolagem na via.

Faltam poucos detalhes para a finalização do trabalho, que acontece no sentido Hortolândia/SP-101 (Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença). Com a remoção das estruturas, o município fará o reforço da sinalização no local e o fechamento dos buracos onde os postes estavam implantados. As melhorias na obra do viário acontecem nos próximos dias.

A terceira faixa na Avenida da Emancipação vai da Rua Barão de Itapura até o trevo da EMS, na saída para Monte Mor. De acordo com a Secretaria de Obras, são 550 metros de nova pista. O local ganhou nova calçada com ciclovia no mesmo trecho. As equipes realizaram pintura de linhas que delimitam a via (linhas de bordo), linhas seccionadas, setas direcionais e zebrados.

A ação tem o objetivo de acabar com o congestionamento de veículos que se forma na avenida da Emancipação, principalmente em horários de pico, contribuindo com as novas alças de entrada e saída da cidade no km 5 da Rodovia SP-101 .

Motoristas que seguirem pela avenida da Emancipação, sentido Monte Mor/Rodovia dos Bandeirantes, terão maior fluidez no trânsito, sem a necessidade de parar no trevo da EMS.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia implanta primeira faixa de retenção exclusiva para motos

Publicado

em

Sinalização reforçará segurança viária na Avenida Santana, próximo a condomínio e escolas

Para ampliar a segurança viária em uma das vias mais movimentadas da cidade, a Prefeitura de Hortolândia acaba de implantar uma faixa de retenção exclusiva para motos, na Avenida Santana, no Parque Ortolândia, na altura do número 1990, em frente ao condomínio residencial Golden Park e próximo a duas escolas particulares.

A sinalização, que cria os bolsões específicos para motocicletas, entre a faixa de pedestres e a de retenção de veículos, é inédita no município e foi demarcada na manhã desta segunda-feira (27/09) por equipes do Setor de Pintura da Secretaria de Mobilidade Urbana.

A ação integra um conjunto de medidas de segurança viária, em execução na via desde meados deste mês. Por volta das 16h de hoje, começa a funcionar o novo semáforo para pedestres instalado neste mesmo trecho. São ações integradas para disciplinar o trânsito na região, onde há grande circulação de veículos e também de pedestres, em razão da proximidade com o condomínio e com o Unasp (Centro Universitário Adventista de São Paulo) e o Colégio Adventista de Hortolândia. O trecho também recebeu reforço na pintura das faixas de pedestres e de retenção de veículos, de linhas seccionadas brancas e de legendas de “DEVAGAR” e “PARE”.

“É uma ação para aumentar a segurança de motoqueiros, mas principalmente de pedestres”, explica o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

De acordo com a Diretoria de Operações, a implantação do bolsão específico para motos no Parque Ortolândia é um projeto piloto. A ideia é expandi-lo para outras importantes vias da cidade, como a Av. da Emancipação (sentido SP-bairro) e a Av. Olívio Franceschini. “Além da capital, poucas cidades da região têm esta faixa de retenção específica para motos”, afirma o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura leva vacina contra COVID-19 às escolas de Hortolândia

Publicado

em

Estudantes com idade entre 12 e 17 anos que ainda não receberam a 1ª ou 2ª dose da vacina serão imunizados em ambiente escolar, com autorização do responsável

Quem tem filhos adolescentes está numa idade que, com certeza, foi vacinado na escola durante a juventude. Pois agora chegou a vez dos jovens de hoje serem imunizados no ambiente escolar: a Secretaria de Saúde de Hortolândia está em busca de crianças e adolescentes com idade entre 12 e 17 anos que ainda não foram vacinados contra o Coronavírus. Numa parceria com escolas municipais, estaduais e particulares, a Prefeitura quer garantir a proteção deste público, levando a vacina ao ambiente escolar.

Para isso, as escolas enviaram à Secretaria de Saúde os dados vacinais dos alunos, apurados com apoio das famílias. Os dados são checados no cadastro nacional da vacinação contra a COVID-19. Crianças e adolescentes que ainda não receberam a 1ª ou a 2ª dose recebem o termo de consentimento para assinatura dos pais ou responsáveis. Mediante esta autorização, a vacina é aplicada no ambiente escolar.

De acordo com a coordenadora dos programas de imunização da Secretaria de Saúde, Ana Paula Fernandes, a parceria com as escolas é necessária para ampliar a cobertura vacinal entre os adolescentes de 12 a 17 anos. “Estamos com agendamento aberto para este público mas, por diversos motivos, algumas famílias ainda não conseguiram imunizar seus adolescentes. Com apoio das escolas e autorização dos responsável, vamos conseguir garantir a proteção dos nossos jovens com a vacinação nas escolas”, disse Ana Paula.

A Secretaria de Saúde salienta que os menores de 18 anos serão imunizados com a vacina da Pfizer, que é a vacina autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão do governo federal para este grupo.

Vacinação agendada prossegue

A vacinação de adolescente acima de 12 anos está liberada em Hortolândia, desde o dia 11 de setembro. É necessário realizar cadastro no site Vacina Já (CLIQUE AQUI), do governo estadual, e fazer agendamento no site da Prefeitura, por meio deste LINK. O agendamento possibilita marcar data para ser vacinado com a 1ª dose no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade), no Remanso Campineiro. A 2ª dose tem a data marcada na Carteira de Vacinação.

A Secretaria de Saúde reforça a orientação para que os menores compareçam ao CCMI acompanhados de pai, mãe ou responsável legal. É necessário levar a impressão (print) ou a foto da tela do agendamento no site da Prefeitura, documento com foto, Cartão Cidadão ou Cartão do SUS, além de comprovante de residência atualizado (de 2021) no nome do responsável. A pessoa que acompanhar o adolescente na vacinação também deve apresentar documento com foto.

Caso o menor compareça ao dia da vacinação desacompanhado ou acompanhado por algum outro parente que não seja o pai, a mãe ou o responsável, ele deverá apresentar duas vias da Declaração de Autorização para ser vacinado. A declaração deve estar preenchida e assinada pelo responsável e precisa ser apresentada junto da cópia do documento desta pessoa. Uma via da declaração ficará com a Secretaria de Saúde e a outra ficará com o menor. A declaração está disponível na página do agendamento no site da Prefeitura para ser baixada e impressa. Quem não tiver acesso à internet, pode retirar a declaração já impressa em papel no próprio CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) ou nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município. A Secretaria de Saúde reforça que o menor desacompanhado que não trouxer a declaração preenchida e assinada não será vacinado.

Mais informações e orientações sobre a vacinação contra COVID-19 podem ser obtidas nos seguintes telefones: (19) 99976-2276, (19) 99979-9620, (19) 99976-6835 e (19) 99920-3204.

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Youtube

 

PONTE DA ESPERANÇA

Populares