Os feitos para o esporte de Hortolândia realizados pela equipe de ginástica rítmica do projeto Escolinhas Esportivas da Prefeitura foram, mais uma vez, reconhecidos pelo Poder Público na cidade. A Câmara Municipal apresentou ao time e à técnica Izabele Scheffer Oliveira uma “Moção de Parabenização” pela dedicação das meninas, mesmo durante a pandemia do Coronavírus, que impede as disputas e treinamentos presenciais para evitar a disseminação da doença.

O texto da moção de nº 61/2021, cita o comprometimento e a dedicação da equipe que realizou treinamentos e disputa competições de maneira online, dentro de suas casas, assim, mantendo o ritmo para a volta dos torneios e treinamentos presenciais que, de acordo com a Secretaria de Esportes e Lazer da Administração Municipal, já acontecem gradualmente seguindo os padrões necessários para evitar a disseminação do Coronavírus. A professora Izabele, funcionária pública desde 2008, também foi lembrada e parabenizada por comandar a equipe, se reinventando neste período. Além disso, as conquistas das competições disputadas à distância foram felicitadas.

“É muito importante ver a dedicação do nosso time de ginástica artística. As meninas conseguiram se manter ativas tanto em treinamentos quanto em disputas durante todo este período dificíl que estamos vivendo. A equipe se resguardou e contribuiu para manter a saúde de todas e de quem as cercava e, ainda sim, não deixaram o amor ao esporte de lado. Parabenizamos todas e, agora, com o retorno gradual das atividades, continuaremos torcendo pelo sucesso de nossas meninas”, parabeniza o secretário de Esportes e Lazer, Jonas Pereira de Lima.

DEDICAÇÃO, CONTRIBUIÇÃO E AMOR AO ESPORTE

Manter a rotina de treinamentos é importante, mas a equipe de ginástica rítmica também contribui para que o esporte seja melhor divulgado e entendido por quem se interessa pela modalidade. No início deste mês, elas visitaram, pela segunda vez, alunos do terceiro período do curso de Educação Física da Faculdade Anhanguera, localizada na região central de Hortolândia. No curso, a matéria faz parte da grade e as meninas, dos 10 aos 14 anos de idade, foram convidadas para mostrar aos universitários as novas tendências do esporte, como movimentos, treinos, rotina de uma ginasta e as dificuldades nesta pandemia do Coronavírus em manter-se em forma com treinos e competições online.

GINÁSTICA RÍTMICA É TRADIÇÃO EM HORTOLÂNDIA

A modalidade de Ginástica Rítmica foi implantada nas Escolinhas Esportivas da Prefeitura em 2005. Antes da pandemia, aproximadamente 200 alunas, na faixa etária entre 4 e 18 anos, participavam dos treinamentos, realizados na Academia Municipal (Centro) e nos ginásios Victor Savala (Jd. Nossa Senhora de Fátima) e Gino Bernardini, reformado recentemente (ao lado do campo do Rosolém).

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorGrupo Madeira Brasil faz live com temas de filmes, nesta quarta-feira (23/06)
Próximo artigoMotorista Entregador para trabalhar em Hortolândia