Connect with us

Nossa Cidade

Skate adaptado para PCD é nova ferramenta de inclusão do Projeto Pernas Voluntárias em Hortolândia

Publicado

em

Com patrocínio de empresários, projeto amplia atividades esportivas para pessoas com deficiência física e cognitiva de Hortolândia e região

O Skate adaptado é uma das novas modalidades esportivas oferecidas pelo Projeto Pernas Voluntárias às pessoas com deficiência física ou cognitiva. A ação de inclusão social é realizada com apoio do Rotary Club de Hortolândia e beneficia cerca de 60 pessoas.

Graças à sensibilidade de empresários, o projeto recebeu, no último domingo (3-10), dois skates adaptados, quatro bicicletas adaptadas para deficientes físicos, uma bike para deficientes visuais e uma carretinha para transportar os equipamentos.

Também inaugurou um novo espaço para armazenar os equipamentos, localizado no Parque do Santa Clara, uma parceria com a Prefeitura de Hortolândia.

Fundado em 2016 em Hortolândia, por Cristiane Rocha, o Projeto Pernas Voluntárias promove a inclusão de pessoas com deficiência física e cognitiva, por meio de corridas de rua e atividades esportivas.

Nelas, um voluntário empurra o equipamento de rodas (bike, triciclo), interagindo com a pessoa atendida pelo projeto. Atualmente, o Pernas Voluntárias atende 60 pessoas com deficiência, com o apoio de cerca de 150 voluntários.

Para manter o projeto, sem fins lucrativos, são realizadas rifas, bingos e venda de pizza. Outra fonte de recursos são doações de pessoas que se sensibilizam com o trabalho, a exemplo dos empresários que patrocinaram novos equipamentos para  a prática esportiva.

 “Essa é uma conquista grandiosa para o projeto. Gratidão aos patrocinadores que se sensibilizaram com a nossa causa, à Prefeitura, voluntários e todas as pessoas que fazem o Pernas Voluntárias acontecer. Vendendo rifa, bingo, levaríamos cinco anos ou mais para adquirir esses equipamentos”, agradece Cristiane Rocha.

“Agora, vamos poder oferecer novos esportes para os nossos anjos, o skate adaptado e os treinos com bike. A carretinha é outro sonho realizado pela valiosa utilidade no transporte dos nossos equipamentos. Esses gestos de amor e solidariedade nos animam a continuar nossa missão de promover a inclusão da pessoa com deficiência por meio do esporte”, completa a fundadora do projeto.

Além dos treinos e corridas de rua, o Pernas Voluntárias também oferece assistência social e psicológica aos PCDs e familiares. Para isso, conta com profissionais voluntários a exemplo de psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas.

“Mais que equipamentos, os patrocinadores doaram possibilidades. O esporte transforma vida das pessoas, aumenta a autoestima, a coordenação motora e o equilíbrio. Além disso, melhora a autoconfiança e a autoestima, tornado a pessoa com deficiência mais otimista e segura no alcance dos seus objetivos”, observa Cintia Jardim, psicóloga especialista em pessoa com deficiência.

Além dos equipamentos, o Projeto realizou o sonho de implantar um novo espaço para armazenar equipamentos utilizados nos treinos e corridas de rua, graças à parceria com a Prefeitura. O contêiner está instalado no Parque do Santa Clara.

“Hoje celebramos um dia muito especial na vida das pessoas com deficiência em nossa cidade. Esse novo espaço será um ponto de encontro dentro do nosso parque. Vamos manter essa parceria para fortalecer o projeto, uma ação linda iniciada pela amiga Cristiane Rocha e que vem dando muitas alegrias para as pessoas com deficiência. Só podemos mudar a vida das pessoas com amor no coração e respeito às diferenças. O Pernas Voluntárias é um exemplo de que isso é possível”, afirmou o prefeito Zezé Gomes, durante o evento.

Hyan experimenta a sensação de “andar” de skate pela primeira vez

Hyan Lucas Silva Leal, 9 anos, morador de Sumaré, foi o primeiro a utilizar um dos skate adaptados recebidos pelo Pernas Voluntárias. O menino apresentou a novidade para dezenas de pessoas que acompanhavam o evento.

Segundo a mãe do garoto, Vanessa Silva dos Reis, Hyan nasceu com a síndrome chamada mielomenigocele (má formação no tubo neural).

A estrutura usada por Hyan se assemelha a um andador, que sustenta um cinto, o que possibilita que o menino fique em pé. Já o skate é colocado na parte de baixo do aparelho, e os pés da criança são presos à prancha.

Com isso, basta alguém empurrar a estrutura para Hyan experimentar a sensação de estar praticando em pé o esporte.

“O Pernas transformou nossas vidas. Meu filho era uma criança que não tinha muito contato com pessoas de fora. Só tenho a agradecer a todos por este apoio e carinho transmitido para nossas crianças. Faz muita diferença em nossas vidas”, reconhece Vanessa.

Horta na sede do Rotary Hortolândia integra PCDs

É na sede do Rotary Hortolândia, na região central da cidade, que o Projeto Pernas Voluntárias cultiva uma horta com a participação das pessoas com deficiência atendidas pelo projeto e seus familiares.

O clube também cede o espaço para a realização de outras atividades do projeto, a exemplo da festa do Dia das Crianças, que acontecerá na próxima terça-feira (12-10).

“Temos orgulho de apoiar e contribuir para esse trabalho de grande alcance social. Onde há necessidade na comunidade, o Rotary está. Nós existimos para melhorar a vida das pessoas, servimos para transformar vidas. E o Projeto Pernas Voluntárias transforma a vida das pessoas com deficiência. Gratidão a todos que colaboram com o projeto”, enaltece o presidente do Rotary Hortolândia, Eliseu Silas de Assis.

Nossa Cidade

A mais nova jogadora profissional de Valorant no país é de Hortolândia

Publicado

em

A hortolandense Natália Vilela do bairro Vila São Pedro, de apenas 17 anos, é conhecida no mundo dos games como DAIKI. E se transformou na mais nova jogadora profissional de Valorant do Brasil, além disso, tem potencial para se tornar atleta revelação e melhor atleta feminina de 2021. Tudo porque concorre em duas categorias no Prêmio eSports Brasil.

E no ano passado, já havia sido escalada no time Gamelanders, para competir, primeiramente, no Valorant Masters Brazil e, logo após, para outro torneio na Islândia. Ou seja, este é apenas o início de uma grande trajetória e, em breve, irá participar de competições maiores na Europa.

Antes de entrar no Valorant, DAIKI teve experiências em Point Blank, CrossFire e CS:GO.

Quer votar na atleta hortolandense, para que ela vença as duas categorias que concorre? Acesse https://peb.gg/

O Que é Valorant?

Valorant é um jogo em primeira pessoa, desenvolvida pela mesma empresa que trouxe League of Legends (LoL), chamada Riot Games. Já são mais de 14 milhões de jogadores pelo mundo e conta com a versão para PC e para mobile.

O game mescla CS:GO e Overwatch e é uma disputa 5 contra 5, dentro de um mapa com diversas possibilidades táticas.

O objetivo do time que estiver em ataque é ativar e explodir a bomba (ou eliminar os jogadores adversários). O time de defesa deverá defender o território. Após a rodada 12, os times invertem de lado. A equipe que fizer 13 pontos primeiro, vence.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Biblioteca Municipal de Hortolândia faz cadastro online de usuários

Publicado

em

Se você gosta de ler, veja só o incentivo que a Prefeitura de Hortolândia oferece a quem quer se associar à Biblioteca Municipal “Terezinha França de Mendonça Duarte”, da Secretaria de Cultura. A partir de agora, é possível se cadastrar sem sair de casa.

Para fazer o COB (Cadastro Online Biblioteca), basta ter uma conta no Gmail, entrar nela e acessar o formulário da Biblioteca e, neste ambiente remoto, postar os documentos necessários à inscrição.

O link do drive é o seguinte: https://docs.google.com/forms/d/1zBpE75KwKuDAwQ8dKSyOjquZEd8dg8ww8GMRF0EuMWE/viewform?edit_requested=true. Os documentos são: foto (selfie), carteira de identidade (RG) e comprovante de endereço. Os arquivos podem estar tanto no formato de foto (jpeg), quanto de documento (PDF).

“O cidadão enviará seus dados e documentos em formato digital, como indicado no formulário que será disponibilizado através de link e QR Code. Depois, é preciso entrar em contato com a biblioteca através dos canais de atendimento (telefone ou WhatsApp), para que a equipe valide as informações e a documentação do solicitante. O cadastro será finalizado e validado somente com a presença do solicitante na biblioteca”, explica a bibliotecária responsável pelo projeto COB, Andreia Santos.

Depois da validação, será agendado horário para que o cadastro seja finalizado presencialmente. O horário sugerido pelo solicitante pode ser aceito, de acordo com a disponibilidade da equipe. O BiblioZap, o whatsapp da Biblioteca, é (19) 98970-7332.
A Biblioteca Municipal fica na Rua Luiz de Camilo Camargo, 581, no piso inferior do Open Shopping, no Centro de Hortolândia. O horário de atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h. Para serviços como empréstimos, renovações presenciais, cadastro de usuários, o horário vai até 16h50. Outras informações podem obtidas pelos seguintes canais, telefone: (19) 3887 1684 e e-mail: [email protected].

Segundo a equipe da Biblioteca Municipal, entre as vantagens do COB estão: agendar horário agiliza o atendimento e evita a formação de filas, elimina o custo de cópias impressas e flexibiliza o atendimento da biblioteca, além disso, contribui para a sustentabilidade social, com a redução do uso de papéis.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura de Hortolândia realiza vacinação exclusivamente de 2ª dose contra a COVID-19, neste sábado (23/10)

Publicado

em

A imunização será feita nas UBS Amanda II e Rosolém e no Centro de Lutas Eliel Gomes

Você ainda não recebeu a 2ª dose contra a COVID-19? Então, se liga! Neste sábado (23/10), a Prefeitura de Hortolândia realiza vacinação exclusivamente de 2ª dose para pessoas cuja data está agendada para este sábado e para pessoas que estão atrasadas com a 2ª dose.

A vacinação acontecerá nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) Amanda II e Rosolém e no Centro de Lutas Eliel Gomes (para pacientes cuja unidade de referência é a Dom Bruno), localizado na rua Brigadeiro Faria Lima, 400, Vila Real. O horário da vacinação será das 8h às 15h30.

A Secretaria de Saúde reforça a solicitação às pessoas para que completem a imunização com a 2ª dose. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, cerca de 18.000 pessoas estão faltantes com a 2ª dose na cidade. A Secretaria de Saúde salienta ainda que é importante completar a imunização para que o município atinja mais rapidamente 100% da população protegida contra a COVID-19 e, assim, agilizar o processo de retomada das atividades presenciais no município.     

Para receber a 2ª dose é necessário levar documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o comprovante da 1ª dose. Já os adolescentes com comorbidades ou não devem ir acompanhados de pai, mãe ou responsável. O adolescente também pode receber a 2ª dose desacompanhado. Para isso, ele deve levar o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. O termo está disponível nas UBS ou pode ser baixado no site da Prefeitura, no link para o agendamento.

Hortolândia inicia vacinação da 1ª dose contra a COVID-19 por livre demanda, nesta segunda-feira (25/10)

A imunização é realizada de segunda à sexta-feira, das 8h às 15h30

A fim de agilizar ainda mais a imunização contra a COVID-19 na cidade, a Prefeitura de Hortolândia inicia a vacinação da 1ª dose por livre demanda, sem a necessidade de fazer agendamento, nesta segunda-feira (25/10). A vacinação é realizada em diferentes UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município, em cada dia da semana (confira o cronograma abaixo), sempre das 8h às 15h30.

De acordo com a Secretaria de Saúde, para ser imunizado é necessário apresentar Carteira de Identidade ou algum documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço deste ano. Adolescentes de 12 a 17 anos também podem receber a 1ª dose, desde que acompanhados de pai, mãe ou responsável. Os menores também podem receber a vacina desacompanhados. Para isso, eles devem levar o termo de autorização assinado por pai, mãe ou responsável. O termo está disponível nas UBSs ou pode ser baixado no site da Prefeitura, no link para o agendamento (CLIQUE AQUI).

Confira abaixo o cronograma para a vacinação contra a COVID-19 por livre demanda:

Segunda-feira: UBS Figueiras, UBS Novo Ângulo, UBS Orestes Ôngaro, e Centro de Lutas Eliel Gomes (para pacientes cuja unidade de referência é a Dom Bruno)

Terça-feira: UBS Amanda I, UBS Nova Europa, UBS Parque do Horto e UBS Rosolém

Quarta-feira: UBS Campos Verdes, UBS São Jorge e UBS Santiago

Quinta-feira: UBS Santa Esmeralda e UBS Taquara Branca Sexta- feira: UBS Adelaide, UBS Amanda II, UBS Santa Clara e UBS São Bento

Continue Lendo

Populares