12 de julho de 2024
Nossa Cidade

Projeto Férias, da Prefeitura, começou nesta segunda-feira (15/07)

Opção de lazer e cultura gratuita durante o recesso, programação dos primeiros dias traz vídeos, games interativos, contação de histórias e audição aberta

Projeto Férias - Prefeitura Municipal de Hortolândia

Com videogames interativos e documentários, começou, nesta segunda-feira (15/07), o Projeto Férias, a programação gratuita criada pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura, para o período de recesso escolar. As atrações vão até o dia 26 deste mês, em quatro pólos de cultura e lazer da cidade: as Bibliotecas Central e do CAIC, o CAC (Centro de Arte e Cultura) e a Escola de Música.

Voltada a alunos de 7 a 17 anos, mas com potencial para atrair também os que estão acima desta idade, a programação deve mobilizar cerca de 5 mil pessoas, oferecendo opções gratuitas de entretenimento, aprendizado e diversão. No primeiro dia, nas duas bibliotecas, das 8h30 às 16h30, o que mobilizou crianças e jovens foi o jogo interativo X-Box Kinect, que pode ser usado tanto por jogadores experientes quanto por eventuais. Este tipo de game dispensa o uso de controles, respondendo aos movimentos do corpo.

Na Biblioteca do CAIC, ainda pela manhã, foi exibido o documentário “O Riso dos Outros”, de Pedro Arantes, diretor de séries de humor como “As Olívias”, do canal Multishow, e “Vida de Estagiário”, da TV Brasil. O vídeo, com os humoristas Danilo Gentili e Rafinha Bastos, o cartunista Laerte e o deputado federal Jean Wyllys, mostra o universo da comédia “stand up”, a que é feita por apenas um comediante, e discute o limite, por vezes tênue, entre a comédia e a ofensa, o legal e o que pode gerar processos judiciais.

À tarde, nos dois espaços, foi exibido o documentário “Memórias: Rubem Alves, o professor de espantos”, com direção e roteiro de Dulce Queiroz. Realizado pela TV Câmara, o vídeo enfoca o pedagogo, filósofo, professor aposentado da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e escritor mineiro radicado em Campinas.

Destaques para terça e quarta-feiras (16 e 17/07)

Nesta terça-feira (16/07), além dos jogos, vale conferir os documentários “Mar Pequeno” (às 10h, na Biblioteca do CAIC e às 14h, na Central) e “Brasília – Projeto Capital” (às 14h, na Biblioteca do CAIC). Às 14h, haverá audição aberta com Grupo Turuntuntun, na Escola de Música. Não é necessário fazer inscrição.

Dirigido e roteirizado por Deborah Dornellas, “Mar Pequeno”, de 28 minutos, mostra o cotidiano e o imaginário dos moradores da região de Cananeia, no litoral sul de São Paulo, na divisa com o Paraná. O filme ouve pescadores artesanais, fandangueiros, artesãos e pequenos comerciantes, habitantes das ilhas e do continente, abordando aspectos da convivência com a natureza, em áreas de preservação ambiental.

Com direção e roteiro de Frederico Schmidt, “Brasília – Projeto Capital”, de 41 minutos, viaja no tempo para contar a história do nascimento da capital brasileira: da festa da inauguração até a primeira sessão da Câmara em Brasília no dia 21 de abril de 1960. Todo o contexto político da época é retratado no documentário.

Na quarta-feira (17/07), às 15h, haverá contação de histórias, com o grupo Griots, na Biblioteca Central. Na Biblioteca do CAIC, serão exibidas duas vídeorreportagens bem curtas: “Brasilidade – Viola” (8 min.), às 10h, que mostra as origens deste instrumento musical, e “Bullying” (7 min.), às 14h, que trata das brincadeiras de gosto duvidoso, tema muito discutido atualmente nas escolas .

Fonte: Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Hortolândia

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98