Hortolândia quer fomentar seu potencial turístico. Para isso, a Prefeitura disponibiliza uma série de cursos online gratuitos para empreendedores do setor. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas por meio deste LINK.

No total, estão disponíveis 450 vagas. Os cursos acontecem a partir deste mês até novembro e são para empreendedores que atuam nos segmentos de restaurantes, hotéis, pousadas, agências de turismo, pesqueiros, atrativos turísticos, organizadores de eventos, artesãos e pessoas interessadas em empreender no setor.

Os cursos oferecidos são os seguintes: “Aprenda a vender melhor no e-commerce”, “Técnicas para fotografia comercial com celular”, “Manipulação de alimentos – por que e como fazer”, “Técnicas para reduzir perdas e desperdícios de alimentos”, “Aprenda como elaborar um cardápio”, “Venda melhor com técnicas consultivas” e “Entenda melhor seu cliente e venda mais”.

A realização dos cursos é uma das ações do programa “Avança Turismo”, iniciativa conjunta do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e dos municípios da Região Turística Bem Viver, da qual Hortolândia faz parte. O programa foi lançado em junho deste ano.

O objetivo do programa é apoiar os empreendedores do setor de turismo na retomada pós-pandemia. O programa é resultado do Plano Regional de Turismo da Região Turística (RT) Bem Viver, lançado no fim do ano passado. A RT Bem Viver está inserida no Mapa do Turismo Brasileiro, instituído em 2013 pelo governo federal. De acordo com informações no site do Ministério do Turismo, a última edição do mapa foi divulgada em 2019.

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Monique Freschet, os munícipios da região precisam atuar juntos para atrair visitantes e assim alavancar a retomada de empregos e negócios na área de turismo. “ Hortolândia apoia todas as iniciativas regionais de desenvolvimento e quer contribuir com isso por meio da capacitação de empresários e do setor de serviços que mais se destacam no trade turístico local. A Prefeitura, junto com os demais munícipios da Região Turística Bem Viver, vem mapeando as necessidades e, juntos, colocam à disposição cursos em parceria com o Sebrae e o Senac”, destaca Monique.

Artigo anteriorGabriel Chalita participa do Webinário da Educação nesta quinta-feira (15/07)
Próximo artigoAvenida Sabina Baptista de Camargo já está mais segura para motoristas e pedestres