“O desafio da retomada das aulas presenciais: teoria e prática” foi tema da formação online desta quinta-feira, (22/04), voltada para os profissionais das 58 unidades escolares da rede municipal de educação de Hortolândia. O evento promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, recebeu a pedagoga da Secretaria de Saúde, Renata Cristina Muller, através da plataforma Zoom para discutir as principais ações do plano de retorno das atividades presenciais.  

No início do encontro, a convidada abordou o cenário do coronavírus no País e no município, propondo uma reflexão sobre os desafios e acertos das regiões que iniciaram as aulas presenciais. Em seguida, convidou os gestores, coordenadores e professores a discutir as principais prioridades e medidas do protocolo de retomada proposto pelo município: o ensino híbrido, metodologia que combina ensino presencial com aprendizagem virtual, o sistema de revezamento, protocolos de segurança e distanciamento, entre outras. Além de discutir as ações de retorno presencial, parte do encontro foi reservado para que os profissionais tirassem dúvidas e se atualizassem a respeito do Coronavírus. 

Segundo o diretor do Departamento de Ensino Fundamental, José Luís Menegoro, “a formação garantiu esse espaço de interação e participação dos profissionais da educação no planejamento da retomada das atividades presenciais. Temos muitos desafios à frente e vamos continuar trabalhando para garantir a segurança física, biológica e a saúde dos profissionais e de todos os alunos da nossa rede”, ressalta o diretor. 

O retorno presencial 

Segundo o protocolo de retomada das atividades escolares divulgado pela Administração Municipal, se as condições sanitárias permitissem, o retorno às aulas presenciais estava previsto para o início de abril, adotando-se a partir daí o modelo de ensino híbrido, metodologia de ensino/aprendizagem que combina ensino online com atividades presenciais. No entanto, em razão do combate e prevenção a novos casos da COVID-19 na região, a Prefeitura decidiu pelo adiamento para garantir a segurança de alunos, pais e profissionais da educação.  

Com isso, o protocolo de retomada das aulas sofreu nova alteração, mudando a data de retomada gradual das aulas presenciais de cinco de abril para três de maio. A partir do dia 26 de abril, está previsto o planejamento de retomada presencial com as equipes de todas as unidades escolares da rede municipal de Hortolândia, assim como das escolas conveniadas, por meio do Programa Bolsa Creche.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia