Neste período de inverno, com as temperaturas mais baixas, é importante se proteger contra a Influenza, doença causada pelo vírus H1N1. A melhor maneira de fazer isso é com a vacina. Por este motivo, a Prefeitura de Hortolândia reforça a orientação para que as pessoas compareçam à campanha de vacinação contra a gripe. A imunização é feita nas 17 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) do município (confira a lista abaixo). Para ser vacinado basta apresentar documento com foto.

A campanha está na 3ª etapa, cujos públicos-alvos são os seguintes: pessoas com comorbidades ou doenças crônicas, pessoas com deficiência, profissionais do transporte coletivo, caminhoneiros, profissionais de forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional. 

A Secretaria de Saúde salienta que a vacinação dos públicos-alvos das duas etapas anteriores continua a ser feita normalmente: crianças com idade de seis meses a menos de seis anos, gestantes, puérperas, trabalhadores das redes pública e particular de saúde, idosos com idade acima de 60 anos e profissionais das redes pública e particular de Educação.

A Secretaria de Saúde alerta que a cobertura vacinal da campanha deste ano está baixa. Até o momento, o município já imunizou 38.890 pessoas (confira a cobertura vacinal na tabela abaixo). Um dos públicos-alvos que registra baixa vacinação é o de crianças com idade entre seis meses a menos de 6 anos. A Secretaria de Saúde orienta para que as famílias e/ou os responsáveis levem as crianças da faixa etária estipulada pela campanha para serem vacinadas. Para a vacinação deste público, é necessário levar a carteira de vacinação.

Outros públicos-alvos que também registram baixa cobertura vacinal são os de idosos com idade acima de 60 anos, pessoas com comorbidades e com deficiência. Caso esses públicos já tenham sido imunizados contra a COVID-19, a Secretaria de Saúde reforça a orientação que essas pessoas podem receber a vacina contra a gripe, desde que cumpram o intervalo de 15 dias entre uma vacina e outra.

De acordo com o Ministério da Saúde, a campanha de vacinação contra a Influenza deste ano termina no dia 9 de julho.

Cobertura Vacinal Influenza – *Balanço de 01/07/2021
GRUPODOSES APLICADAS%
Pessoas com comorbidade4.86131%
Pessoas com deficiência510,81%
Forças de Segurança*(Obs.: para este publico não há meta de vacinação)73 –
Caminhoneiros*(Obs.: para este publico não há meta de vacinação)49
Trabalhores do transporte coletivo*(Obs.: para este publico não há meta de vacinação)156
Funcionários do sistema prisional*(Obs.: para este publico não há meta de vacinação)6
Idosos acima de 60 anos15.09442%
Profissionais da Educação1.08851%
Crianças > 6 meses < 5 anos12.15469%
Gestantes1.42864%
Puérperas29280%
Trabalhadores da Saúde3.63853%
Total*38.890 

Confira abaixo os endereços e os horários dos pontos de vacinação contra a Influenza:

UBSs que funcionam das 7h às 15h30:

– Adelaide: rua Julio Cesar do Nascimento, 355

– Amanda II: av. Brasil, 800

– Campos Verdes: rua da Confibra, 155

– Figueiras: rua Maraci Aparecida Martarolli Campos, 66

– Nova Europa: rua Wanderley Paes Soarez, 301 

– Orestes Ôngaro: rua Domingos Batista de Souza, 605

– Parque do Horto: av. José Augusto de Araújo, 95

– Santa Esmeralda: rua Turquesa, 171

– Santiago: rua Projetada, 100 

– São Bento: rua Tom Jobim, 440

– São Jorge: rua Goiás, 1.140 

– Taquara Branca: rua Onze de Agosto, s/nº (a vacinação acontece às terças e quintas-feiras)

UBSs que funcionam das 7h30 às 15h30:

– UBS Amanda I: rua Almada Negreiros, 1.299

– Emeief João Carlos do Amaral Soares: rua João Barreto da Silva, 505 (para pacientes que tem como referência a UBS Nova Hortolândia)

UBSs que funcionam das 7h às 16h:

– UBS Novo Ângulo: rua Edézio Vieira de Moraes, 146

– UBS Rosolém: rua Osmar Antonio Meira, 300

– UBS Santa Clara: rua dos Estudantes, 415

Artigo anteriorProjeto online busca desfazer mitos sobre a história de Hortolândia
Próximo artigoEMS e PUC-Campinas oferecem curso de extensão gratuito com foco em pesquisa clínica no ambiente corporativo farmacêutico