Connect with us

Nossa Cidade

Prefeitura intensifica fiscalização para evitar animais soltos em vias públicas da cidade

Publicado

em

Se você é dono de algum animal, já deve saber que precisa praticar a guarda responsável. Além de cuidar, alimentar e zelar por sua saúde, o dono tem que mantê-lo em local seguro para evitar que ele fuja e circule em vias e espaços públicos da cidade, o que pode causar acidentes de trânsito, em alguns casos até fatais. Para evitar estas ocorrências, a Prefeitura intensifica a fiscalização de animais soltos em áreas e vias públicas.Esta é uma ação de rotina que o órgão realiza na cidade. 

O trabalho é realizado pelo DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal), órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. O foco são animais considerados de grande porte, tais como cavalos, éguas, burros, jumentos, mulas, pôneis, bois, vacas, entre outros. 

De acordo com o diretor do órgão, Vanderlei Fernando de Azevedo, a Prefeitura faz a fiscalização de animais soltos em vias públicas em cumprimento à Lei Municipal Nº 925 de 2001, que proíbe a permanência de animais soltos em vias e espaços públicos da cidade. A lei também regulamenta a posse responsável de animais, controle e prevenção de zoonoses no município. 

O diretor salienta que entre os principais problemas que animais soltos podem causar são acidentes de trânsito em vias e locais públicos, e rodovias, que podem ser até fatais. Outro risco apontado pelo diretor é que animais soltos podem ser hospedeiros de carrapatos, transmissores de doenças, como a Febre Maculosa. 

A fiscalização é feita mediante denúncia, que pode ser feita via telefone pelos números 3897-3312 e 3897-5974. O denunciante não precisa se identificar. O serviço funciona 24h. Após receber a denúncia, a equipe do órgão vai até o local onde foi informada a presença do animal solto. “Caso seja constatada a situação, nós fazemos a apreensão do animal e o levamos para o DPBEA”, explica Azevedo. Ainda segundo o diretor, a maioria dos animais apreendidos na cidade são cavalos. 

O animal recolhido fica na sede do órgão por oito dias. Durante o período, o animal recebe acompanhamento do veterinário do DPBEA, além de ser bem tratado e alimentado. O diretor explica que, vencido o prazo de oito dias, se o dono não vier resgatá-lo, o animal será considerado abandonado e, com isso, o município terá a posse do animal, que poderá ser doado ou leiloado. 

O proprietário do animal solto terá que arcar com as despesas geradas pela guarda do animal apreendido, além de ter que pagar multa, cujo valor pode variar de 50 a 100 UFMHs (Unidade Fiscal Municipal de Hortolândia), cujo valor é de R$ 3,5442, dependendo de cada situação, segundo o diretor. Caso o dono tenha mais de um animal, terá que pagar as despesas e as multas referentes a cada um dos animais apreendidos. O DPBEA está localizado na rua Athanázio Gigo, 60, Chácaras Recreiro 2000, e funciona de segunda à sexta-feira das 8h às 16h.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Leito do córrego, em fase de canalização na Vila Real, ganha reforço de concreto

Publicado

em

Região ao lado da Rua 10, por onde passa o afluente do córrego Jacuba, recebe obras de canalização e construção de novo viário pela Prefeitura de Hortolândia

As atividades de escavação e reforço do leito do afluente do córrego Jacuba, na Vila Real, avançam um pouco mais. Todo o trecho que passa pela Rua Atévio Alves Moreira, próximo ao cruzamento com a Rua 10, está sendo revitalizado pela Prefeitura de Hortolândia.

Nesta semana, o consórcio contratado pela Administração Municipal manteve os trabalhos de escavação, atingindo a região do desemboque, e reforçou o leito do canal com pedras grandes do tipo rachão e também com concreto. Também segue o serviço de drenagem pluvial na área do entorno. A canalização do afluente do Jacuba será em concreto armado, aberta, com margem lateral em grama em um trecho de 441 metros de extensão, segundo a Secretaria de Obras. 

Prefeitura construirá novo viário ao lado da Rua 10

A obra de infraestrutura inclui ainda a construção de um novo viário ao lado do córrego canalizado. De acordo com o consórcio contratado, este serviço se estenderá por aproximadamente quatro meses. O novo viário, de 187 metros de extensão, ligará a Rua Atévio A. Moreira à Benedita Rosa da Silva.

Segundo o Departamento de Projetos e Orçamentação da Secretaria de Obras, o novo complexo terá pista de caminhada e ciclovia com 1.050 metros de extensão ao longo do sistema viário e da canalização, estendendo-se até o “Superviário”, outra obra em construção pela Prefeitura para prolongamento da Av. Amélia Basso Breda. O espaço ganhará ainda iluminação em led em todo o trecho.

De acordo com a Secretaria de Obras, as intervenções trarão muitos benefícios para a região, favorecendo o bem-estar e a qualidade de vida da comunidade que vive no entorno.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Rua Pacaembu, no Parque dos Pinheiros, recebe pavimentação asfáltica

Publicado

em

Ação do “Superviário”, em Hortolândia, acontece no trecho próximo à ponte da Rua Flamboyant, pavimentada na tarde desta segunda-feira (16/05)

A Rua Pacaembu, no Parque dos Pinheiros, acaba de ganhar nova pavimentação asfáltica, nesta quarta-feira (18/05). O trecho beneficiado fica próximo à Ponte da Rua Flamboyant (foto), também asfaltada na última segunda-feira (16/05) pela empresa contratada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Obras. Toda a área que envolve as ruas Flamboyant, Cactos e Pacaembu passa por mudanças, em razão da duplicação da Estrada Municipal Sabina Baptista de Camargo e das demais intervenções realizadas para a implantação do “Superviário”, o maior complexo viário de Hortolândia.

Outro trecho pavimentado hoje é o do cruzamento entre a Rua João Camilo de Camargo com José Athanázio Bueno. A quadra da José Athanázio até a Luiz Camilo de Camargo ainda recebe reforço no sistema de drenagem pluvial e somente após isso poderá ser asfaltada. Em toda a Luiz Camilo continuam os serviços de implantação de calçada e ciclovia.

Nas imediações da Ponte da Esperança (Estaiada) acontecem outras ações do viário: a área de chácara ao lado da ponte da Vila Real é preparada para funcionar como saída para a nova via que se conectará à Rua Amélia Basso Breda, a chamada “rua da feira”. 

De acordo com a Secretaria de Obras, a obra atingiu os 76,60% de realização. Iniciada em junho de 2021, a construção do “Superviário” permitirá a integração entre regiões antes afastadas ou de acesso difícil. A previsão é que esteja concluída no segundo semestre deste ano.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Lagoa do Jardim Amanda recebe nova ação para retirada de plantas aguapés

Publicado

em

Prefeitura reforça trabalho contra o descarte irregular de esgoto doméstico, crime ambiental responsável pelo crescimento das plantas

A lagoa do Jardim Amanda é a principal área de lazer do bairro. Reunir a família e os amigos para curtir o local ou praticar esportes ao redor do espaço, como uma corrida ou caminhada, são hábitos que, há anos, fazem parte do cotidiano dos moradores daquela região. Para tornar o local mais agradável, a Prefeitura de Hortolândia realiza, desde 2019, diversas intervenções para a revitalização da área. Alguns exemplos são as mesinhas e banquinhos instalados e a iluminação com tecnologia LED ao redor da lagoa. A limpeza também é essencial e a retirada das plantas aguapés do espelho d’água segue intensificada. Nesta semana, o serviço foi realizado todos os dias.

“A retirada das plantas aguapés da lagoa é um serviço que acontece periodicamente, mas que a população pode contribuir para evitar o crescimento delas. Ao descartar o esgoto doméstico irregularmente com ligações clandestinas, esses dejetos acabam desaguando em lagos, lagoas, rios e mananciais e alimentando o crescimento destes aguapés. Pedimos que todos façam a ligação regular para o descarte do esgoto doméstico e, assim, possamos manter nossos espaços de lazer em condições de uso para que todos possam usufruir”, explica o secretário adjunto de Serviços Urbanos Marcos Panício, o Mercadão. 

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, o descarte irregular dos dejetos nas redes de águas pluviais, por meio de ligação irregular de esgoto, também provocam danos como a contaminação de córregos e lagoas causando a mortandade de peixes e da fauna aquática, além do mau cheiro. 

Trabalho contra o crime ambiental

A Secretaria de Serviços Urbanos, com apoio da Secretaria Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), realiza constantemente ações de vistoria, manutenção, notificações, desobstruções e de orientação sobre ligação irregular de esgoto em imóveis residenciais ou comerciais em diferentes regiões da cidade. Segundo a Secretaria de Serviços Urbanos, as equipes encontram por semana, de 15 a 20 ligações irregulares.

Nesta semana, as equipes realizaram ações que contribuem com o saneamento básico e evitam o crime ambiental em diversas regiões de Hortolândia. A desobstrução foi realizada em redes de esgoto e águas pluviais nos jardins São Jorge e Conceição. A manutenção intensificada no Jardim Santa Clara do Lago e notificações contra o descarte irregular no Jardim Rosolém. Concluindo a semana de serviços, uma análise foi realizada na Vila Real para a implantação de vielas sanitárias em residências. A Prefeitura de Hortolândia reforça que, atualmente, o município já conta com 99% de esgoto coletado, sendo que 100% é tratado.

Denuncie o descarte irregular

A população pode fazer denúncias de ligações irregulares de esgoto por meio do aplicativo Agenda Verde, que pode ser baixado nas plataformas Google Play ou App Store pelo celular da pessoa. A identidade do denunciante é mantida em sigilo. A denúncia também pode ser feita pelo telefone (19) 3897-9800 da Secretaria de Serviços Urbanos. Caso a ligação de irregular de esgoto seja constatada, o morador ou o dono do imóvel recebe notificação da Prefeitura.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Nossa Cidade49 segundos atras

Leito do córrego, em fase de canalização na Vila Real, ganha reforço de concreto

Região ao lado da Rua 10, por onde passa o afluente do córrego Jacuba, recebe obras de canalização e construção...

Nossa Cidade40 minutos atras

Rua Pacaembu, no Parque dos Pinheiros, recebe pavimentação asfáltica

Ação do “Superviário”, em Hortolândia, acontece no trecho próximo à ponte da Rua Flamboyant, pavimentada na tarde desta segunda-feira (16/05)...

Nossa Cidade1 hora atras

Lagoa do Jardim Amanda recebe nova ação para retirada de plantas aguapés

Prefeitura reforça trabalho contra o descarte irregular de esgoto doméstico, crime ambiental responsável pelo crescimento das plantas A lagoa do...

Nossa Cidade1 hora atras

Ruas próximas ao Pq. Lago da Fé recebem Operação Tapa-Buraco

Trabalho faz parte da ampliação e revitalização da maior área de lazer de Hortolândia A Operação Tapa-Buraco continua intensificada em...

Nossa Cidade2 horas atras

Webinários discutem combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em Hortolândia

Eventos online, gratuitos, da campanha “Maio Laranja” acontecem nesta segunda e terça-feira (23 e 24/05) Hortolândia promove, nesta segunda e...

Nossa Cidade2 horas atras

Região do Parque Santa Fé recebe benfeitorias da Prefeitura de Hortolândia

Após emissão de 120 títulos de posse, Administração Municipal implanta novo viário na região   A região conhecida como “ocupação...

Publicidade

Populares