Nossa Cidade

Prefeitura emite nota sobre atraso no pagamento dos profissionais de Saúde

Dia das Mães

A Prefeitura de Hortolândia informa que todos os repasses para pagamento dos profissionais de Saúde estão assegurados. Nesta quinta-feira (30/04), a Administração  promoverá uma reunião com o Sindicato dos Médicos, Médicos da rede Municipal e a empresa gestora com a finalidade de viabilizar os pagamentos referente ao mês de março, bem como, antecipar o pagamento referente ao mês de abril para até o próximo dia oito de maio.

Conforme publicação da edição do Diário Oficial Eletrônico do Município desta terça-feira (28/04), a nova gestora do serviço, a instituição AMG –Associação Metropolitana de Gestão, já está em processo de transição e inicia efetivamente os trabalhos no município no dia 1º de maio. A transição se dá, de forma natural, pelo término do contrato com a empresa de gestão anterior.

Orientamos que, a data referência para pagamento, de acordo com o contrato estabelecido, deve ser efetivado até o dia 25 subsequente. As empresas prestadoras de serviço à Prefeitura têm autonomia para gerir os valores repassados, bem como optar pelas modalidades de contratação de seus funcionários que julgarem mais adequadas e dentro dos parâmetros legais.

A administração está em contato direto com os profissionais para informar sobre o andamento de todo o processo e assegurar que todos serão remunerados pelo trabalho comprometido, eficiente que nos orgulha e é fundamental principalmente neste período de combate à pandemia do Coronavírus. 

Sobre o caso

Os médicos do sistema público da cidade, relatam não receber o salário desde março, o problema seria no repasse, de responsabilidade de uma empresa terceirizada, que faz a gestão da área da saúde.

Uma médica que não quer se identificar, disse que não é a primeira vez que os salários atrasam, e que na última vez os médicos que reclamaram foram demitidos. 

Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98