16 de julho de 2024
Nossa Cidade

Prefeitura economizará R$ 1 milhão por ano com criação de software para gestão da saúde

Departamento de TI assumiu sistema informatizado das unidades de saúde no início deste semestre

Departamento de TI assumiu sistema informatizado das unidades de saúde no início deste semestre

Desde o início deste semestre, a Prefeitura de Hortolândia assumiu a gestão do sistema de informática das unidades de saúde do município. O trabalho de agendamento e encaminhamento para consultas entre as unidades de saúde básica, que antes era realizado por uma empresa terceirizada, passou a ser executado pela equipe do departamento de TI (Tecnologia da Informação), órgão da Secretaria de Governo. Com isso, a Prefeitura oferece um trabalho mais eficiente ao cidadão e traz economia aos cofres públicos.

De acordo com a secretária de Governo e vice-prefeita, Renata Belufe, com a atuação do pessoal de TI será possível economizar R$ 1 milhão ao ano. “Este era o valor pago à empresa que gerenciava o sistema de informática nas unidades de saúde. Nosso pessoal desenvolveu o software para substituir o usado anteriormente e tudo já está funcionando”, explicou Renata.

A diretora do Departamento de TI, Rúbia Mara Rossi Ferreira, cita que a preparação para que o departamento assumisse o trabalho incluiu treinamento em Brasília. “Usamos um sistema que também existe em outras cidades, por isso foi importante este momento de conhecer o funcionamento do programa. Desenvolvemos um sistema específico para Hortolândia, o H-SUS, que permite a marcação de consultas online, a anotação dos atendimentos e o faturamento das unidades de saúde”, descreve Rúbia.

O Departamento de TI também já se prepara para que, até o final do ano, entre em operação o E-SUS, software do Ministério da Saúde que vincula os dados do município ao banco de dados nacional. A medida garantirá mais agilidade na liberação de vagas de regulação. “O software antigo não fazia a regulação, ele só mantinha um histórico das vagas, onde elas estavam disponíveis. Com o uso deste sistema, será possível fazer a regulagem e oferecer um serviço mais ágil, tanto para os usuários da saúde básica quanto das unidades de urgência e emergência”, ressaltou a diretora de TI.



Para mais notícias, eventos e empregos, siga-nos no Google News (clique aqui) e fique informado

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98