O ex-prefeito de Hortolândia e ex-presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas), Angelo Perugini, foi homenageado na 221ª reunião ordinária do CR-RMC, realizada na Prefeitura de Campinas, na manhã desta terça-feira (27/04). Perugini faleceu, no início deste mês, vitimado pela COVID-19. O atual prefeito do município, José Nazareno Zezé Gomes, compareceu ao evento, durante o qual o prefeito de Jaguariúna, Gustavo Reis, assumiu a presidência do colegiado, e o de Sumaré, Luiz Dalben, foi eleito vice-presidente.

“É uma honra, mais uma vez, assumir esse cargo dentro do Conselho de Desenvolvimento. Tenho a convicção de que posso ajudar ainda mais o nosso colegiado e toda a Região Metropolitana. Já me coloco à disposição de todos os amigos prefeitos para trabalhar junto com o presidente Gustavo Reis pelo melhor da RMC”, afirmou Dalben, que já havia ocupado o posto em 2017, quando o Conselho havia sido presidido pelo ex-prefeito de Santa Bárbara, Denis Andia.

“Agradeço, em nome do povo de Hortolândia, a homenagem ao nosso eterno líder, meu amigo Angelo Perugini, e reitero que, neste momento, é fundamental a união de todos os esforços para a preservação da vida e superação da pandemia, para que nossa região retome o crescimento econômico, com desenvolvimento para a nossa população”, ressaltou Zezé.

Durante a reunião, o conselho também aprovou a aplicação de recursos em ações de combate à pandemia do novo Coronavírus, tema em discussão desde a semana anterior. Serão investidos na área cerca de R$ 18 milhões do Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano), órgão atrelado à Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas).

Dados fornecidos pela Agemcamp mostram que, atualmente, o Fundocamp dispõe de aproximadamente R$ 18 milhões. A verba é fruto do superávit registrado desde a criação da agência, que recebe contribuição dos municípios e do Estado.

“Houve essa solicitação por parte dos prefeitos, nós discutimos o melhor objeto dentro da Câmara Temática da Saúde e agora a utilização deste montante foi aprovada pelos chefes do Poder Executivo. Hoje, sacramentamos o assunto com a aprovação perante ao Conselho de Desenvolvimento”, afirmou o diretor-executivo da Agemcamp, Benjamim Bill Vieira de Souza.

Amparo fará parte da RMC 

Outra decisão tomada pelo colegiado, durante o evento, foi a inclusão do município de Amparo na RMC (Região Metropolitana de Campinas). O próximo passo será encaminhar ofício à Secretaria de Desenvolvimento Regional, solicitando que sejam feitos os estudos necessários com vistas a subsidiar a decisão. Um parecer técnico precisa ser elaborado para embasar o projeto de lei complementar a ser encaminhado para a Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). É necessário também consultar a população, como prevê a Constituição Política do Estado de São Paulo.

Além dos representantes de Hortolândia, Jaguariúna e Sumaré, também participaram da reunião os prefeitos Dário Saad (Campinas); Nilson Gaspar (Indaiatuba); Edivaldo Brischi (Monte Mor); Chico Sardelli (Americana); Dario Pacheco (Vinhedo); Claudio Schooder (Nova Odessa); Zeedivaldo Miranda (Engenheiro Coelho); Lucas Sia (Artur Nogueira); Capitã Lucimara (Valinhos), Rafael Piovezan (Santa Bárbara) e Thomaz Capeletto (Itatiba), bem como os vice-prefeitos Maurício Gonçalves (Cosmópolis); Luis Fernando Miguel (Morungaba), Fábio Polidoro (Pedreira) e Ana Cristina Brandão (Santo Antonio de Posse). 

Reinaldo Pavan, diretor de Desenvolvimento, representou o prefeito de Holambra, Fernando Capato. A Agemcamp foi representada pelo diretor-executivo, Benjamim Bill Vieira de Souza, e pelas diretoras técnicas-adjuntas Juliana Villalba e Carmen Elias. Representantes de diversos órgãos do Estado participaram da reunião por meio de videoconferência.

Sobre o Conselho de Desenvolvimento da RMC

O Conselho de Desenvolvimento da RMC é um órgão deliberativo, que trata de reivindicações e projetos conjuntos dos municípios, além de convênios e da utilização de recursos do Fundocamp. O fundo é formado pelas anualidades pagas pelas próprias prefeituras e tem na Agemcamp o braço executivo para implementar políticas e ações. 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia