A Prefeitura de Hortolândia selou nesta semana um compromisso que deve garantir ao município a construção de uma pista de skate com padrão internacional de qualidade. A iniciativa foi celebrada em reunião entre o prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o atleta e jogador de futebol da Sociedade Esportiva Palmeiras, Gustavo Scarpa, que é hortolandense e reside na região do Jardim Rosolém.

De acordo com o prefeito Zezé, o jogador o procurou para apresentar uma proposta de projeto que prevê a construção de um complexo voltado para a prática do skate e que colocará o município no mapa paulista e brasileiro dos esportes radicais. “O Gustavo é um amigo de longa data e que, mesmo diante da fama conquistada por meio do futebol, ele jamais deixa de lado as suas raízes hortolandenses. Por ser um apaixonado pela cidade e pelo skate, ele deseja colocar em prática a construção de uma pista profissional no município, o que elevará a nossa cidade a um novo patamar nesse esporte, que a partir desse ano se torna olímpico”, destacou Zezé.

No gabinete da Prefeitura, Scarpa apresentou um primeiro projeto do futuro complexo de skate. Criado pela empresa PUG Skateparks, uma das mais renomadas do Brasil e especializada na elaboração de projetos e na construção de pistas de skate, o jogador do Palmeiras explicou os detalhes do espaço planejado para Hortolândia. “Pensamos numa pista que possa comportar diferentes públicos do skate, que vai desde o ‘Street’, pista marcada pela presença de obstáculos, como palcos, escadaria, corrimãos, imitando uma situação de rua, ao ‘Bowl’, tipo de pista que o skatista não precisa tirar os pés do skate para obter velocidade por conta das ondulações, passando pela pista ‘Pool’, que lembram uma piscina com piso oval, chegando a ‘Mini ramp’, um verdadeiro parque que possa comportar vários circuitos”, explicou Scarpa.

Para transformar o completo de skate em realidade, a ideia é realizar um trabalho em parceria: a Prefeitura indicaria uma área pública para a sua construção e o atleta ficaria responsável pelo projeto e pela captação de recursos junto a iniciativa privada por meio das leis de incentivos fiscais. “Amo o skate e quero muito desenvolver esse projeto na cidade onde cresci, onde sempre será a minha casa e fico muito feliz com a receptividade do prefeito Zezé e de toda a equipe da Prefeitura. Tenho certeza que, a partir dessa semente plantada, colheremos, em breve, um lindo fruto que vai marcar o nome da cidade no mundo do skate”, afirmou o jogador.

A reunião no gabinete foi acompanhada pelos secretários Carlos Augusto César, o Cafú (Governo), Carlos Roberto Pratavieira Júnior (Planejamento Urbano e Gestão Estratégica), pelo secretário adjunto Wilson José Amaral (Esporte) e pelo vereador Reginaldo Roberto Rodrigues da Costa, o Regis da Serralheria. Algumas áreas foram sugeridas pela Prefeitura, onde serão avaliadas pelo jogador e pelo corpo técnico da empresa responsável pelo projeto. “O primeiro encontro foi muito produtivo e sem dúvida começamos com o pé direito. Hoje, o Gustavo, menino que vi crescer, é um ícone da nossa cidade e é atleta de um dos principais clubes do Brasil. Por conta dessa notoriedade e relevância, tenho a mais absoluta certeza que a nossa parceria garantirá esse importante complexo de skate. Quem ganha, sem dúvida nenhuma, é a nossa gente”, finalizou o prefeito.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura de Hortolândia volta a realizar atendimento presencial a partir de segunda-feira (19/07)
Próximo artigoHortolândia avança imunização contra a COVID-19 para pessoas nascidas até 1991