Connect with us

Nossa Cidade

Para aprimorar conhecimentos, bolsistas do Programa Acerte aprendem novas técnicas de costura

Prefeitura

Publicado

em

Após concluírem a confecção dos uniformes escolares e das máscaras de proteção individual, distribuídas a quem mais precisa para evitar a disseminação do Coronavírus, os 53 bolsistas do Programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação Trabalho e Educação) estão aprendendo novas modalidades de costura para se manterem ativos e se qualificarem para o mercado de trabalho. O projeto social da Prefeitura de Hortolândia envolve moradores da cidade, em vulnerabilidade social, com idades entre 18 e 60 anos.

Atualmente, os 53 bolsistas confeccionam artesanato e praticam exercícios para aprender a mexer em diversas máquinas de costura. Eles estão alocados em dois turnos. Uma equipe realiza as atividades das 8h às 12h e a outra das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira. A formação é ministrada no CQP II (Centro de Qualificação Profissional) Costura & Moda, localizado na Rua Eleusina Batista Silva, 14, no Jardim Terras de Santo Antonio.

O projeto é voltado a pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A seleção é feita por meio dos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) e do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), existentes na cidade. O objetivo é proporcionar aos aprendizes a possibilidade de reinserção no mercado profissional ou de se tornarem empreendedores.

“Nossos bolsistas concluíram a etapa de confecção de máscaras e uniformes escolares, mas a Prefeitura os mantêm atuando, desenvolvendo novas atividades como o aperfeiçoamento no manuseio das máquinas e das costuras, criando artesanatos, como bolsas e ‘nécessaires’, por exemplo. Os beneficiários do programa também aprendem técnicas que ajudam no ‘domínio’ de diferentes tipos de máquinas de costura”, explica o coordenador dos bolsistas, Aniceto Rodrigues.

Geração de renda

De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, graças à iniciativa, os participantes têm a oportunidade de aprender uma profissão. Como contrapartida, os bolsistas recebem cesta básica, vale transporte e bolsa de R$ 710/mês. “Acreditamos que esse programa, com o viés de transferência de renda, propicia ao bolsista a reinserção no mercado de trabalho com uma profissão cuja mão de obra é sempre necessária, além da possibilidade de serem empreendedores e atuarem de forma autônoma”, afirma o diretor Gérson Ferreira.

“As aprendizes saem deste curso bem preparadas para buscar uma vaga no mercado de trabalho. Mesmo com a pandemia do Coronavírus, os contratos foram mantidos e elas estão aprendendo novos recursos para se aprimorarem. Todos estão realizando as atividades de acordo com o Código Sanitário do Estado de São Paulo, mantendo a distância necessária e usando proteção contra a disseminação da doença”, destacou o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Prefeitura lança projeto de capacitação profissional voltado a bolsistas do Acerte

Prefeitura

Publicado

em

A Prefeitura de Hortolândia lançará em breve o projeto “Capacita Hortolândia”, que disponibilizará formações profissionalizantes a bolsistas do programa Acerte (Ação Cidadã de Requalificação, Trabalho e Educação). A nova iniciativa da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social tem início previsto para a próxima segunda-feira (17/05) e faz parte da programação de aniversário dos 30 anos de Hortolândia, celebrada no dia 19 deste mês. Atualmente, o Acerte beneficia 66 moradores de Hortolândia em vulnerabilidade social, a maioria mulheres, com idades entre 20 a 65 anos.

Por meio do projeto, serão disponibilizados cursos técnicos, que serão ministrados por profissionais do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Cada formação terá entre 16 e 18 bolsistas, disponibilizando aulas remotas, em razão da pandemia do Coronavírus.

Inicialmente, serão quatro os cursos disponibilizados para os bolsistas do Acerte: “Fabrique e venda saneantes”; “Técnicas para reduzir perdas e desperdícios de alimentos”; “Técnicas para fotografias comercial com celular” e “Aprenda a realizar manutenção em instalações elétricas” (veja abaixo). Depois, estão previstas formações profissionalizantes com vagas abertas também para a comunidade.

“Estamos trabalhando com um olhar emancipatório para a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. Queremos ampliar as oportunidades para o nosso povo hortolandense. Através do Programa Acerte, criamos condições para garantir aos aprendizes direitos universais básicos nas áreas de educação, saúde, alimentação e renda. Também asseguramos a preparação necessária para que estes aprendizes estejam prontos para disputar as vagas de emprego no mercado de trabalho”, afirma o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Parque Socioambiental Novo Ângulo sistema de modernização da iluminação

Prefeitura

Publicado

em

O Parque Socioambiental Novo Ângulo recebeu, nesta terça-feira (11/05), o material necessário para o início dos trabalhos de modernização do sistema de iluminação na área de lazer, ação que será realizada pela Prefeitura. As equipes da Administração Municipal começaram a escavação para a implantação dos 85 postes ornamentais com lâmpadas de LED, tecnologia que ilumina mais com economia aos cofres públicos. De acordo com a Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica, serão instalados 70 postes com quatro metros de altura e outros 15 postes com 10 metros de altura, todos com formato ornamental, contribuindo com o embelezamento da área.

Além do Parque Socioambiental Novo Ângulo, o CREAPE (Centro de Referência em Educação Ambiental Parque Escola), no Jardim Santa Clara do Lago também recebe os serviços para modernização do sistema de iluminação da área. Para que os novos postes sejam instalados, a Prefeitura iniciou a retirada dos antigos. Em breve, também serão instalados 85 estruturas ornamentais, de tamanhos variados, que acoplarão as lâmpadas com tecnologia LED. O serviço faz parte da PPP (Parceria Público Privada), que prevê diversas obras para melhoria e modernização da iluminação pública na cidade, como a troca das luzes de todas as ruas.

ILUMINAÇÃO DE LED EM RUAS E AVENIDAS

No caso da troca das lâmpadas das vias públicas, o serviço já atinge 20 mil dos 22 mil pontos de luz da cidade. A previsão da Prefeitura é que, ainda neste mês de maio, 100% das ruas tenham lâmpadas de LED, um presente à população em comemoração ao aniversário de 30 anos de Hortolândia. Já nas áreas públicas, a troca das lâmpadas e a modernização do sistema de iluminação começou pelo Parque Socioambiental Chico Mendes, localizado na região Central, onde o sistema de iluminação em LED foi ligado em abril. A meta da Prefeitura é concluir a substituição da iluminação nas praças e parques ainda neste ano.

ILUMINA HORTOLÂNDIA

Existe um canal na internet para facilitar a solicitação e o acompanhamento de serviços relacionados à iluminação pública. Por meio do site  https://iluminahortolandia.com.br/,  o munícipe consegue pedir serviços como, por exemplo, a troca de lâmpadas queimadas nos postes de ruas, avenidas, praças, parques e espaços públicos. O portal disponibiliza, ainda, informações à população sobre o projeto de modernização em andamento, ação que contempla a troca das lâmpadas antigas por luminárias de LED, nas ruas de toda a cidade, além de trazer o cronograma deste serviço, detalhes de projetos e as metas e objetivos da ação. Quem acessar o site, já encontra informações em tempo real de pontos modernizados na cidade e da economia que a ação já rendeu ao município.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura reforça orientação aos comerciantes da região central para cuidar dos pinheiros ornamentais

Prefeitura

Publicado

em

Quem caminha pela rua Luiz Camilo de Camargo, na região central de Hortolândia, tem a agradável surpresa de ver que a via ainda está com os 36 pinheiros ornamentais plantados nos canteiros no fim do ano passado pela Prefeitura. O mérito é dos comerciantes locais que têm ajudado a Administração Municipal na tarefa de cuidar das plantas. Nesta terça-feira (11/05), agentes da Prefeitura voltaram a fazer trabalho de orientação com os lojistas da via e vistoriaram os pinheiros.

O coordenador do Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ricardo Zanoni, destaca que foi surpreendente verificar que as plantas estão em bom estado de conservação. “Os pinheiros estão intactos. Os lojistas têm se empenhado em cuidar deles, e nós os agradecemos por isto”, ressalta Zanoni.

Ainda durante a vistoria, os agentes constataram que somente um pinheiro foi danificado por meio de anelamento, técnica para retirar uma porção do caule da planta para matá-la. De acordo com o coordenador Ricardo Zanoni, a planta danificada deverá ser substituída. A Prefeitura plantou os pinheiros em vasos que foram colocados nas calçadas da rua Luiz Camilo de Camargo, no fim do ano passado. A ação integrou a campanha “Hortolândia luz que acolhe” para estimular a população a consumir no comércio local. O objetivo da Prefeitura é manter os pinheiros para que possam ser reutilizados na decoração dos festejos natalinos deste ano.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares