No segundo dia da Semana do Serviço Social do CRAS Novo Ângulo (Centro de Referência de Assistência Social), que acontece nesta terça-feira (11/05), às 9h, o tema em pauta será “A Importância do Trabalho Social em Rede”. Quem abordará o assunto é o gerente da Proteção Social Básica da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social de Hortolândia, Jesus José Ribeiro da Costa. 

O evento é aberto ao público e acontece via plataforma Zoom. Para acompanhar o bate-papo é preciso digitar o código e a senha da reunião (ID: 89352544579; senha: 305873). Em razão da pandemia do Coronavírus, a palestra será realizada de maneira online e remota, para evitar a disseminação da COVID-19.

A programação da Semana do Serviço Social, promovida pela Prefeitura de Hortolândia, tem como tema geral “Desafios e Perspectivas do Serviço Social na Garantia de Direitos” e prevê palestras com profissionais do Poder Público e também com convidados da PUC-Campinas Campinas (Pontifícia Universidade Católica) e do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O objetivo é fomentar discussões, reflexões e análises críticas sobre a atual conjuntura, a fim de fortalecer as ações e processos interventivos firmados no compromisso ético-político do Serviço Social. Atualmente, há 57 profissionais da área atuando na Prefeitura, de acordo com dados da EGPH (Escola de Gestão Pública de Hortolândia). O Dia do Assistente Social é celebrado no próximo sábado (15/05).

Nesta segunda-feira (10/05), primeiro dia de bate-papo, a diretora da Faculdade de Serviço Social da PUC-Campinas, bacharel e mestre na área, doutora em Educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Maria Virgínia Righetti Fernandes Camilo, falou sobre “O Serviço Social como Trabalho Essencial”. O evento reuniu 37 pessoas, dentre elas o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, bem como a coordenadora do CRAS Novo Ângulo, Eliane da Silva.

“As assistentes sociais exercem ações de cunho socioeducativo, na prestação de serviços sociais, viabilizando direitos e formas para exercê-los, contribuindo para que necessidades e interesses dos sujeitos tenham visibilidade na cena pública, possam ser reconhecidos, possam ser aliados aos interesses das grandes maiorias, estimulando a organização de diferentes segmentos dos trabalhadores na defesa de seus direitos. Sua atuação requer que este profissional vá além das rotinas institucionais, buscando possibilidades para transformá-las em projetos, em propostas profissionais”, afirmou o secretário.

Confira abaixo a programação completa:

11/05, 9h –

Tema: A Importância do Trabalho Social em Rede

Facilitadores: Jesus José Ribeiro da Costa, gerente da Proteção Social Básica da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social de Hortolândia, graduado em Serviço Social; MBA em Controladoria e Finanças; Pós-graduado em Gestão do SUAS e Interação com Assistentes Sociais de outros Setores

12/05, 9h – 

Tema: O Serviço Social no Campo Sócio Jurídico

Facilitadores: Josiane Dacome, assistente social no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, especializada em Saúde da Família, Gestão da Qualidade de Vida na Empresa pela Unicamp e em Políticas Públicas no Contexto do Sistema Único de Assistência Social – SUAS pela Faculdades Integradas Espírita, cursou Tanatologia pela Faculdade de Medicina da USP

13/05, 9h –

Tema: Professores Extensionistas da PUC Campinas em Parceria com o CRAS Novo Ângulo

Facilitador: Apresentação dos trabalhos realizados em parceria com a ProExt  (Programa de Extensão) e o CRAS Novo Ângulo

14/05, 9h – 

Encerramento: Equipe Gestora da Secretaria de Inclusão

Confraternização da Equipe

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia