A partir deste mês, o CAPSad Hortolândia (Centro de Atenção Psicossocial – álcool e drogas) Hortolândia funciona em novo endereço. O órgão, administrado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, oferece tratamento gratuito a moradores da cidade maiores de 18 anos, usuários e dependentes químicos de álcool, ou algum tipo de droga. Para receber atendimento, não é necessário ter encaminhamento de uma unidade de saúde.

 A nova sede do CAPSad está localizada na Rua João Fructuoso Miranda Filho, nº 460, no Parque Ortolândia, próximo ao colégio IASP. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Já a triagem dos pacientes (etapa na qual profissionais de saúde avaliam a necessidade do tratamento para cada pessoa) ocorre das 7h às 16h, nos mesmos dias. O atendimento é gratuito e disponível para todos os que procuram a unidade, ainda que não tenham sido encaminhados por unidades de saúde. O órgão também oferece apoio à família dos pacientes.

A nova sede é mais ampla, proporcionando melhorias no serviço.“Há mais espaço para os pacientes e para as atividades em grupo, o que contribui com a qualidade no atendimento”, destacam a respeito da mudança o diretor de Assistência em Saúde, Rodrigo Freire, e a articuladora de Saúde Mental, Arlete Damazia Paschoal.

No local, pessoas adictas a drogas lícitas ou ilícitas (como álcool, maconha, cocaína e crack), passam por uma avaliação com uma equipe multidisciplinar, composta por terapeuta ocupacional, psicólogo, psiquiatra, assistente social, clínico geral e enfermeiros. A partir da análise, caso seja constatada a real necessidade de tratamento no CAPSad, é feito um Plano Terapêutico para cada paciente. Com base nas necessidades do dependente, o atendimento no órgão pode ser feito de forma intensiva (diariamente), semi-intensiva ou não intensiva.

Novas perspectivas

Assim como outros aspectos do tratamento no CAPSad, a permanência no espaço varia, de acordo com as necessidades individuais dos pacientes. À medida que o paciente apresenta melhora ao longo do tratamento, novas análises de seu estado são realizadas. A partir destas avaliações, caso melhore, pode ser encaminhado para Unidades Básicas de Saúde do município, para atendimento com mini equipes de saúde mental, compostas por multiprofissionais.

Para o enfermeiro e coordenador do CAPSad, Jeferson Andretta, o serviço oferecido no local possibilita mudanças na vida das pessoas. “Alguns pacientes já chegaram aqui muito debilitados e tiveram boa recuperação. É uma oportunidade de inserção social, melhorias no relacionamento familiar e participação na comunidade e no mercado de trabalho”, explica Jeferson.

Segundo o último levantamento da Secretaria de Saúde, cerca de 120 pacientes são atendidos no CAPSad semanalmente.

CAPSad (Centro de Atenção Psicossocial – álcool e drogas): Atendimento gratuito para pessoas com dependência química

Endereço: Rua João Fructuoso Miranda Filho, nº 460, Parque Ortolândia (próximo ao IASP)

Telefone: 3897 5920/ 3819 8564

Artigo anteriorAção contra Dengue ocorre em três bairros neste domingo (19)
Próximo artigoInscrições abertas para cursos culturais gratuitos no CAC