Connect with us

Nossa Cidade

Novo Centro de Exames por Imagem ampliará oferta de ultrassom

Publicado

em

 

A Prefeitura de Hortolândia investe na reestruturação da saúde, com o objetivo de oferecer um serviço cada vez mais qualificado aos usuários. Um das ações em andamento é a otimização do espaço interno do Centro de Especialidades Médicas, medida que garantirá a ampliação da oferta de exames de ultrassom, com mais conforto e qualidade. Com a reorganização de salas no Centro de Especialidades, trabalho que será concluído no próximo mês, a Secretaria de Saúde vai criar um Centro de Exames por Imagem, com quatro salas para ultrassom geral e ginecológico, vestiários masculino e feminino, além de sala de espera específica para quem vai realizar estes exames, dando mais conforto e privacidade aos pacientes. Para marcar o início do funcionamento do Centro de Exames por Imagem, a Prefeitura realizará, em setembro, um mutirão de ultrassom, convocando 800 pacientes que já têm solicitação médica para agilizarem o exame, num único final de semana.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, há um ano, o município realizava 2 mil exames de diagnóstico por imagem a cada mês; hoje, são feitos 3 mil exames. “Com a criação deste Centro de Exames por Imagem e a reorganização do fluxo de pacientes que esperam por ultrassom, vamos conseguir ampliar a oferta para 3,5 mil exames por mês, até o final deste ano”, informou a secretária de Saúde, Odete Carmem Gialdi.

A adequação da área interna do Centro de Especialidades Médicas será possível por causa da transferência da Central de Regulação, área administrativa que funcionava no Centro de Especialidades e agora fica em novo endereço, no terceiro andar do prédio da UBS (Unidade Básica de Saúde) Santa Clara, inaugurada neste sábado (10/08). O espaço desocupado, localizado ao lado da recepção do Centro de Especialidades é adequado para abrigar as instalações do Centro de Exames por Imagem. “O paciente terá um acesso exclusivo para realizar exames, num ambiente com vestiário, armário para guardar os pertences e recepção. Vamos oferecer mais conforto e privacidade”, destacou a secretária.

Publicidade

“Além de oferecer o exame, precisamos garantir que o paciente que faz o ultrassom tenha a consulta de retorno para que o médico veja o resultado do exame. Isso é reorganizar o fluxo e pensar na organização do sistema de saúde, como um todo”, exemplificou Odete. A oferta dos exames de ultrassom também segue prioridades. O ultrassom obstétrico, por exemplo não tem demanda reprimida: é só o tempo de solicitar, agendar e realizar.   “A paciente grávida têm  épocas certas para fazer o ultrassom. Ela não pode esperar”, reforçou. Odete. “No caso de ultrassom ginecológico e geral, trabalhamos para que até o final deste ano, o tempo de espera esteja normalizado, sempre com a garantia da continuidade do atendimento com retorno médico”, afirmou a secretária.

Ampliação de ofertas de exames

Dentro do processo de ampliação do atendimento com mais resolutividade, em breve, a Prefeitura de Hortolândia começará a realizar dois novos procedimentos. Um deles é o ultrassom morfológico, exame que deve ser feito até a 20ª semana de gestação e tem a função de identificar problemas como má formação fetal. Até então, o município não tinha condições de realizar este exame.

Um outro exame que passa a ser feito no município é a biópsia de tireóide. O procedimento é realizado durante o ultrassom de tireóide, através de punção para coleta de material que será encaminhado para biópsia, para o diagnóstico de câncer. De acordo com a secretária de Saúde, os profissionais do Centro de Especialidades Médicas estão aptos a realizar este tipo de procedimento e, para isso, o município faz a aquisição dos itens especiais. “O desafio da saúde é qualificar os serviços. Nós temos bons profissionais, capacitados para atender a população com a qualidade e o respeito que merecem. Mas precisamos ainda investir em mais equipamentos e materiais especiais, além da  adequação de espaços para oferecer atendimento com mais qualidade e resolutividade”, finalizou Odete.

Publicidade

Transformação na saúde

A Prefeitura de Hortolândia desenvolve uma série de obras e ações para a reestruturação do sistema de saúde na cidade, que incluem a reforma e ampliação do Hospital Municipal, a reforma de UBSs, a abertura de farmácias em todas as unidades de saúde, entre outras melhorias que resultam em mais qualidade no atendimento prestado aos munícipes. Estas intervenções fazem parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços, com objetivo de promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As obras são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

A principal intervenção na área da saúde é a reforma do Hospital Municipal, que começará em outubro. Serão investidos R$ 12,5 milhões na obra, que incluirá reforma desde a fachada até as instalações internas, garantindo a ampliação de 62 para 100 leitos, com 10 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) adulto. Entre os novos serviços que serão oferecidos no local está o exame de tomografia, medida que colaborará para agilizar o diagnóstico dos pacientes.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Publicidade

Nossa Cidade

Criança de 7 anos é atropelada por motociclista no Jardim São Bento

Publicado

em

Por

Um menino de 7 anos ficou gravemente ferido após ser atropelado por um motociclista enquanto andava de bicicleta  na rua onde a tia mora, no Jardim São Bento, em Hortolândia.

A criança estava andando de bicicleta no meio da rua Zequinha de Abreu, quando foi atingida pelo motociclista. O condutor ficou no local e acionou o resgate.

Com o impacto, o menino foi arremessado ao solo. Ela teve escoriações no peito e joelho esquerdo.

O SAMU foi acionado e prestou os primeiros atendimentos, e socorreu a vítima à Unidade de Pronto Atendimento Jardim Amanda.

Publicidade

Vale ressaltar aos pais, cuidarem das crianças, não os deixando brincar na rua, principalmente nesta época de férias escolares.

Continue Lendo

Nossa Cidade

Prefeitura implanta sinalização de solo na região Central de Hortolândia

Publicado

em

Por segurança viária, trabalho foi realizado em via onde há diversos comércios 

As equipes da Prefeitura de Hortolândia retomaram, na manhã desta segunda-feira (04/07), o mutirão de sinalização de solo realizado em diferentes regiões da cidade. A ação foi na região Central, próximo da Academia Municipal “Jaime Pereira” e atrás do Open Shopping. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, diversos comércios estão localizados próximos ao local onde a pintura foi realizada. No local foi reforçada a pintura em quatro vagas para Idosos e PCD (Pessoa com Deficiência), vagas rápidas, linhas zebradas e seccionadas brancas e amarelas, 10 vagas para motos e demarcações de carga e descarga.

“Com diversos comércios na região, a implantação de vagas contribui para motoristas e lojistas, ajudando na movimentação dos estabelecimentos comerciais. O objetivo desta ação é organizar o trânsito no local, evitando o estacionamento onde não há permissão e aumentando o fluxo com maior segurança viária também aos pedestres. Pedimos a colaboração dos motoristas para respeitar a nova adequação realizada na via e trafegar dentro do limite de velocidade permitido na área”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Aumento da segurança viária ano a ano

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, entre os anos de 2017,  criação da secretaria até 2021, nas vias municipais houve a redução em 70% dos acidentes registrados na cidade. Neste mesmo período, o número de vítimas causadas por colisões no trânsito em ruas e avenidas dentro dos limites do município foi reduzido em 79%. Com isso, a cidade cumpriu a meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas) na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, regulamentada pela instituição  apontando que até 2030, governos de todo o planeta devem tomar novas medidas para prevenir os acidentes com vítimas.

“Além da redução de 1.265 para 404 acidentes no período que compreende entre estes anos, vale ressaltar que, paralelo ao trabalho para redução de acidentes, Hortolândia desenvolve a malha cicloviária, investe na melhoria do transporte público, nas ações educativas com a população e em diversos temas que abrangem o desenvolvimento da mobilidade urbana”, comenta o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Pacientes do Hospital Municipal Mario Covas recebem orientação sobre uso de máscara

Publicado

em

Ação é realizada em parceria alunos estagiários de escolas técnicas de enfermagem da cidade e região

Mesmo com o avanço da vacinação contra a COVID-19 em Hortolândia, a população precisa manter o uso de máscara. Para reforçar essa orientação, o Hospital Municipal Mario Covas realiza uma ação para conscientizar os pacientes atendidos pela unidade sobre a importância do uso da proteção facial para evitar a doença. A ação é realizada com a participação de alunos de escolas técnicas de enfermagem da cidade e da região que fazem estágio no hospital.

Na ação, realizada com pacientes na espera do Pronto Socorro Adulto e do Pronto Atendimento Obstetrício e Ginecológico, os estagiários distribuem máscaras e dão orientações sobre a importância de manter a higienização das mãos e o uso de máscara dentro do hospital e demais unidades de saúde do município e do transporte coletivo, conforme decreto municipal de março deste ano, publicado no Diário Oficial Eletrônico. Os alunos ainda lembram os pacientes que estão atrasados com a vacinação contra a COVID-19 para que completem a imunização.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Noticias

Publicidade

Populares