Connect with us

Nossa Cidade

No Dia do Idoso, prefeito anuncia ar-condicionado no Centro de Convivência da Melhor Idade

Publicado

em

No Dia Internacional do Idoso, celebrado hoje (01/10), a alegria deu o tom na cerimônia de abertura da 6a. Gincana da Melhor Idade, promovida pela Prefeitura de Hortolândia, no CCMI (Centro de Convivência da Melhor Idade) Remanso Campineiro, órgão da Secretaria de Governo. Durante o evento, o prefeito Angelo Perugini, anunciou mais uma importante etapa da reforma no espaço, desta vez no salão do centro de convivência, que será ampliado, terá troca de piso e ganhará ar-condicionado. Desde o meio do ano, os prédios que compõem o espaço têm passado por reforma, recebendo diversas benfeitorias, como pintura, novo paisagismo, bancos e mesas para jogos e convivência, troca e pintura das portas dos vestiários, instalação de duchas, manutenção de torneiras, registros e dos refletores de Led na área da piscina. 

“Vocês da Melhor Idade estão na melhor fase. São as pessoas mais preparadas da cidade. São as pedras preciosas. Cabeça boa é a otimista, sempre levantando quem está caído de lado. A força não está na capacidade física, mas na vontade indomável da pessoa, no querer firme. Tenham personalidade e definam o que querem. Não deixem que ninguém ponha vocês de lado. A Prefeitura conta com vocês para definir o que precisa ser feito na cidade”, ressaltou Perugini.

Para marcar o Dia do Idoso, a Prefeitura, por meio do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres, da Secretaria de Governo, disponibilizou panfleto informativo, contendo a relação de todos os serviços municipais disponíveis ao segmento, em Hortolândia. O material foi distribuído no Paço Municipal, no HORTOFÁCIL e em órgãos de atendimento ao idoso, como CCMIs, CCSs, CRASs e CREAS.

“Cuidar do idoso em Hortolândia é prioridade do governo Angelo Perugini. Existem diversos órgãos que fazem isso, seja na Secretaria de Governo ou na de Inclusão e Desenvolvimento Social. A meta é integrar o idoso, qualquer que seja a região onde more e o grupo onde seja atendido. Queremos que, nesta gincana, sejam amigos e façam amizades novas. Queremos que vocês pensem que intenção sem ação é mera ilusão. Queremos que se tornem cada vez mais ativos e participativos e contem com a Prefeitura para isso. Que a gente possa todo dia fazer a diferença na vida de pelo menos uma pessoa. Esta é a proposta”, afirmou a coordenadora do CCMI Remanso Campineiro, Fernanda Fadiga.

Durante a gincana, o gerente do Setor de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, José Piveta Benedito, presidente do CMIH (Conselho Municipal do Idoso de Hortolândia), destacou os serviços da Prefeitura voltados a este segmento. “Hoje é um dia de reflexão. O idoso é a enciclopédia da vida, que reúne os conhecimentos acumulados ao longo dos anos. Merecem amor, respeito, proteção e carinho. Reforçamos a luta contra o isolamento, garantindo um envelhecimento digno e feliz a todos”, afirmou Piveta. 

Gincana

Segundo os organizadores, neste ano, cerca de 250 idosos participam da competição. Além dos membros dos CCMIs Remanso Campineiro e Jd. Amanda, a disputa envolve também os atendidos nos CRAS Jd. Novo Ângulo e nos CCSs Jd. Rosolen e Jd. Primavera.

No primeiro dia de provas, os participantes desfilaram animadamente pelo salão, com apitos, pompons, chapéus, tiaras, laços e outros objetos na cor da equipe: Verde, Amarela, Azul e Vermelha. Os competidores receberam os convidados com apresentações culturais: música com o Coral Encanto, sob a regência da professora Míriam Cela, e poesia “Essas Mãos”, de Cora Coralina, declamada na forma de jogral por integrantes do CCS (Centro de Convivência Social) do Jd. Rosolen, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social. 

A aposentada Antonia Polli, de 60 anos, moradora do Remanso Campineiro, estava animada em participar da gincana pela primeira vez. “Vai ser emocionante. Para a Prova de Solidariedade, já coletamos vasos de flores, alimentos e rede de descanso. Aqui, encontramos alegria. Aprendemos a trabalhar em equipe, a compartilhar tanto a alegria, quanto a tristeza. A convivência com o outro traz isso”, comenta ela, ressaltando os benefícios de estar em grupo.

Eufórica, a dona de casa Magali Della Barba, de 61 anos, encontrou no espaço um meio de superar a depressão, surgida com a perda de quatro parentes próximos em 2016. “A gincana está uma delícia. Quero que cresça ainda mais o nosso espaço. Os idosos merecem. Nesta gincana, minha cabeça virou de menina, de adolescente. A gente fica contagiada com esta alegria. Aqui melhorei 100%. Era nervosa, depressiva. Adoro as oficinas. Aprendi a  bordar chinelo e a fazer flores em EVA. Adoro”, comenta ela.

Provas e desafios

Durante a gincana, as brincadeiras e provas acontecerão sempre pela manhã, das 9h às 11h30, no CCMI Remanso Campineiro, e se encerrarão na sexta-feira, quando será conhecida e premiada a equipe vencedora. A Gincana da Melhor Idade 2019 visa celebrar o Dia Internacional do Idoso e integrar os participantes, pessoas com 60 anos ou mais, que utilizam serviços disponibilizados pelas Secretarias Municipais de Governo e de Inclusão e Desenvolvimento Social. 

Neste período, os grupos têm pela frente cinco tipos de provas: esportivas, culturais, relâmpago, extras e de solidariedade. Nas esportivas, há diversas brincadeiras com o corpo, envolvendo dentre outros aspectos, velocidade e coordenação motora. Nas culturais, a comissão julgadora avaliará shows de talentos e disputas com perguntas e respostas. Haverá também tarefas para auxiliar as equipes a aumentar a pontuação, como as provas extras e relâmpago. 

As provas de solidariedade começaram no dia 26/09, após a primeira formação de equipes, e se encerram nesta quinta-feira (03/10), às 17h, para que haja tempo de contabilizar todo o material arrecadado – alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal, livros infantis e brinquedos, mudas de árvores frutíferas, de flores e de ervas medicinais. A ideia é criar um jardim medicinal no próprio CCMI Remanso, bem como nos demais locais públicos de convivência dos idosos em Hortolândia.  

Brinquedos e livros serão, posteriormente, distribuídos entre entidades atendidas pela Secretaria de Inclusão Social e as casas do Paica (Programa de Acolhimento Institucional de Crianças e Adolescentes). Como na edição anterior, os participantes receberão troféus e medalhas. 

Atualmente, há cerca de 950 idosos inscritos no CCMI do Remanso Campineiro e 340 no do Jardim Amanda.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

UBS Amanda I amplia horário de vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses contra COVID-19, nesta quinta-feira (27/01)

Publicado

em

A ampliação do horário será realizada somente nesta quinta-feira

Para quem ainda não completou a imunização contra a COVID-19, nesta quinta-feira (27/01) a Prefeitura de Hortolândia ampliará o horário de vacinação das 16h às 20h30 na UBS (Unidade Básica de Saúde) Amanda I, localizada na rua Almada Negreiros, 1.299. A unidade fará a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses para crianças a partir de 12 anos, adolescentes, jovens e adultos. A ampliação do horário será somente nesta quinta-feira.

A ação é para imunizar as pessoas faltantes que, em razão do horário de saída dos seus trabalhos, não têm conseguido completar a imunização durante a semana. A vacinação contra a COVID-19 nas demais UBSs da cidade continua no horário normal das 8h às 15h30 (confira quadro abaixo).

A Secretaria de Saúde reforça para a população a importância de completar o esquema vacinal com a 2ª dose e o reforço com a 3ª dose. Ao fazer isso, a população fica imunizada contra a COVID-19 e as novas variantes do Coronavírus que estão surgindo, e diminui o risco de transmitir a doença para pessoas de seu convívio.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, o intervalo da 1ª para a 2ª dose para quem recebeu a Coronavac é de 28 dias. Quem recebeu a AstraZeneca, o intervalo é de 8 semanas. Já para quem foi imunizado com a Pfizer, o intervalo da 1ª para a 2ª dose é de 21 dias para adultos e de 8 semanas para adolescentes. Para quem recebeu a 1ª dose da Janssen, o intervalo para a 2ª dose é de 2 meses. Já o intervalo da 2ª para 3ª dose é de 4 meses. Quem é imunossuprimido, o intervalo da 2ª para a 3ª dose é de 28 dias.

Quem for receber a 1ª dose tem que apresentar Carteira de Identidade (RG) ou algum documento com foto, CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de endereço.

Já para quem for receber a 2ª ou a 3ª doses, é necessário levar o comprovante de vacinação, Carteira de Identidade (RG) ou algum outro documento com foto e CPF. Os adolescentes podem receber a 2ª dose desacompanhados de pai, mãe ou responsável.

Confira abaixo os dias da semana e as UBSs onde é feita a vacinação de 1ª, 2ª e 3ª doses contra a COVID-19:

– Segunda-feira: UBSs Figueiras e Orestes Ôngaro

– Terça-feira: UBSs Amanda I e Nova Europa

– Quarta-feira: UBSs São Jorge e Santiago

– Quinta-feira: UBSs Santa Esmeralda e Taquara Branca

– Sexta-feira: UBSs Adelaide, Santa Clara e São Bento

Continue Lendo

Nossa Cidade

Em breve, Corredor Metropolitano receberá novos radares controladores de velocidade

Publicado

em

Ação da Prefeitura de Hortolândia tem o objetivo de salvar vidas no trânsito 

As ações para aumentar a segurança viária seguem intensificadas pela Prefeitura de Hortolândia em todas as regiões. O Corredor Metropolitano é uma das áreas que recebe atenção das equipes da Administração Municipal com o objetivo de evitar que veículos circulem pelo local acima da velocidade permitida, além da ultrapassagem em semáforos com o sinal vermelho. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, para evitar estas infrações, serão instalados dois radares controladores de velocidade na avenida Antonio da Costa Santos, que corta os bairros Jardim Novo Ângulo, Jardim Nova América e Parque Perón.

“Um destes dispositivos, próximo da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Novo Ângulo será para controlar a velocidade. Já o outro aparelho, que será instalado no cruzamento da via com a rua Viçosa, além da velocidade, fiscalizará o avanço sobre o semáforo vermelho e a parada de veículos sobre a faixa de pedestres, atrapalhando o fluxo das pessoas. Com estas ações, queremos a colaboração dos motoristas para respeitar as leis de trânsito evitando acidentes e salvando vidas”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos.

Os dispositivos começam a ser instalados nos próximos dias e, antes de serem ligados, eles passam por aferições para comprovar o  correto funcionamento dos radares. Para salvar vidas no trânsito, a Prefeitura realiza, desde 2017, uma série de ações, que vão desde a implantação dos radares controladores de velocidade, principal ação para diminuir acidentes, até atividades educativas com motoristas e pedestres, além do reforço na sinalização. A cidade também recebe, periodicamente, um mutirão de Tapa-Buraco em todas as regiões. Outra medida importante é a instalação dos painéis eletrônicos informativos nos portais de entrada e saída da cidade e investimentos na malha cicloviária.

MAIS SEGURANÇA

Hortolândia segue diminuindo os índices de acidentes de trânsito com vítimas fatais nas ruas e avenidas da cidade. Dados divulgados mensalmente pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo) apontam que as ações realizadas pela Prefeitura têm aumentado a segurança viária no município. De acordo com o órgão estadual, de janeiro a novembro de 2021, foram 16 vítimas de acidentes de trânsito na cidade, uma vítima a menos que no mesmo período de 2020. Este é um dos números mais baixos já registrados desde 2015, quando o Infosiga passou a divulgar os dados de acidentes de trânsito com morte. No mesmo período daquele ano, Hortolândia registrou 22 vítimas fatais no trânsito.

Segundo o Infosiga, de janeiro a novembro de 2016, 23 pessoas perderam a vida no trânsito da cidade; em 2017 foram 24; em 2018, o triste recorde de 26 mortes no trânsito; já em 2019, ano em que as ações de segurança viária foram intensificadas no município com a implantação dos radares controladores de velocidade, desativados desde 2013, a cidade registrou 14 óbitos em acidentes viários – o menor número.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Construção de parque linear da região Central foi iniciada pela Prefeitura nesta quarta-feira (26/01)

Publicado

em

Área de lazer fará parte do “Superviário” de Hortolândia  

A Prefeitura de Hortolândia iniciou, nesta quarta-feira (26/01), as obras de construção do novo  parque linear na região central, área de lazer que margeará a rua Luiz Camilo de Camargo, paralelo à linha férrea. A obra faz parte do “Superviário”, maior complexo viário da cidade, em implantação pela Administração Municipal. No local, máquinas realizam a abertura do pavimento da via para a instalação das tubulações de drenagem da rede de águas pluviais. De acordo com a Secretaria de Obras, esta ação compreende a primeira etapa de construção do parque. O próximo passo é a realização de serviços para fazer a ciclovia e novas calçadas na área.

O parque estará será localizado  do lado direito  da rua Luiz Camilo de Camargo para quem segue sentido Centro. Nesta etapa do trabalho, as intervenções acontecem desde o Parque dos Pinheiros, próximo da Delegacia de Polícia, onde também acontece a abertura do terreno para iniciar a construção da base da ponte que  fará a ligação para a rua Pacaembu (Jd. Carmem Cristina) até o Supermercado Assaí. A construção do  parque linear prosseguirá no trecho do Jardim Carmen Cristina até a duplicação da avenida Sabina Baptista de Camargo. A obra manterá o padrão das áreas de lazer do município,  que têm além da ciclovia, iluminação em LED, pista de caminhada, espaço para implementação de academia ao ar livre e espaços de convívio em todo o trecho.

“Para que a obra no local seja concluída mais rapidamente, não está permitido o estacionamento de veículos no lado esquerdo da rua Luiz Camilo de Camargo para garantir a fluidez do tráfego na região. A proibição temporária acontece entre os cruzamentos com as ruas Eliza Laurinda da Silva e Júlio Silva Batista”, explica o diretor de operações da Secretaria de Mobilidade Urbana, José Eduardo Vasconcellos. 

SUPERVIÁRIO

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. As intervenções são realizadas com recursos do Banco CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina), proveniente de financiamento internacional contratado pela Prefeitura em 2018 para realização de diversas obras de infraestrutura e mobilidade urbana, ações que garantirão a retomada do desenvolvimento econômico da cidade.

Paralelo as intervenções na rua Luiz Camilo de Camargo para a construção do parque linear, as obras também avançam em outros trechos do “Superviário” e, segundo a Secretaria de Obras, aproximadamente 50% do trabalho já foi concluído. A colocação da base para a pavimentação da futura via continua em andamento no trecho próximo ao Assaí Atacadista, do outro lado da linha férrea. Trabalho que também é realizado em parte do caminho sob a Ponte da Esperança (estaiada), onde, inclusive, o asfalto já foi aplicado em mais da metade do trecho. 

O maior complexo viário da cidade terá 5 km de extensão desde a Vila Real até a avenida Panaíno. Haverá, ainda, a duplicação do trecho da avenida Sabina Baptista de Camargo, desde a rua Nossa Senhora do Carmo (Jardim Minda) até o cruzamento com a avenida Carlos Roberto Prataviera (que dá acesso ao cemitério), na rotatória atrás da empresa Magneti Marelli e ao lado do Parque Socioambiental Remanso das Águas. Uma ponte será construída neste trecho, sobre o córrego que corta a via, elevando a altura da pista e evitando inundações em dias de chuva forte.

A área lateral ao reservatório de contenção de enchentes que fica embaixo da Ponte Estaiada ponte será transformada em um novo espaço de convivência para desfrute da população, com equipamentos públicos de lazer e duas travessias para pedestres sobre afluentes do Ribeirão Jacuba. Haverá pista de caminhada, ciclovia, academia ao ar livre, playground, espaços de convívio com lixeiras e bancos, além de estacionamento. Ao lado desta nova área de lazer, a nova avenida prosseguirá até a avenida Panaíno, atrás do Condomínio Green Park. A obra contempla, ainda, a ligação do viário que será construído até a avenida Panaíno, com sobreposição da linha férrea.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares