Enviada por internauta na manhã desta sexta(28)

Não há sinais de que os ônibus de Hortolândia estão paralisados

Uma liminar emitida pelo desembargador Henrique Damiano, do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, determinou na noite de ontem(27/05) o mínimo de 50% da frota do transporte urbano da região de Campinas.

Na decisão, o desembargador estipulou que, caso haja descumprimento, os sindicatos dos funcionários receberão multa de R$ 100 por trabalhador que faltar para cumprimento do percentual estabelecido.

Em Hortolândia moradores relataram que viram os ônibus circulando normalmente.

Enviada por internauta na manhã desta sexta(28)