Apesar de o foco atual ser o enfretamento ao Coronavírus, a Prefeitura de Hortolândia continua com o trabalho de prevenção às arboviroses: Dengue, Chikungunya e Zika. Nesta semana, a Administração em parceria com a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), órgão do governo estadual, realizou nebulização veicular para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, em várias ruas do Jardim Amanda. A ação contou ainda com apoio de agentes da UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses), órgão da Secretaria de Saúde.

Por meio de um veículo equipado com um aparelho nebulizador, a ação consiste em espalhar inseticida em forma de vapor para eliminar o Aedes aegypti. Para que o inseticida tenha maior eficácia, a nebulização é feita três dias seguidos. Durante a ação, o veículo nebulizador circulou pelo Jardim Amanda, acompanhado por uma viatura da Secretaria de Mobilidade Urbana.

10 MINUTOS

A Prefeitura salienta que a população também deve fazer sua parte e colaborar na prevenção e no combate ao mosquito Aedes aegypti. Para isso, a Secretaria de Saúde está com a campanha “10 minutos contra o mosquito”, em que explica como é possível, em apenas 10 minutos por semana, acabar com o ciclo de procriação do Aedes. No material informativo, há orientações para checar alguns itens dentro de casa e nos quintais. O material está disponível no site da Prefeitura, neste LINK.

Além disso, a Prefeitura tem realizado nebulização com auxílio de bomba de aspersão manual em diferentes regiões da cidade. Nesta ação, agentes da UVZ equipados com a bomba de aspersão presa nas costas visitam casas e espallham o inseticida para eliminar focos de criadouro de larvas do Aedes.

Neste ano, até o momento, o município tem 808 casos notificados de Dengue, dos quais 175 positivos, 245 negativos e 388 aguardam o resultado do exame. A cidade não tem ainda neste ano nenhum caso notificado de Chikungunya e Zika.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia