Connect with us

Nossa Cidade

Interartes terá atrações de dança e música

Publicado

em

Evento vai até sexta-feira (27/07), às 20h, no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia, no Jardim Santa Cândida

O Interartes entra na reta final, nesta semana, com apresentações dos aprendizes dos cursos livres, promovidos pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer. O evento acontece, a partir desta quarta-feira (25/07), às 20h, no Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia, localizado na rua Vicente Palhão, s/n, Jardim Santa Cândida. Há 120 lugares disponíveis para quem quiser assistir os espetáculos. O público deve comparecer com uma hora de antecedência para retirar o ingresso. A entrada é gratuita.

Os integrantes do canto coral serão os primeiros a se apresentar no espaço de cultura, nesta quarta-feira (25/07). No repertório, estão músicas muito conhecidos, como Amizade, Tuiú, Mãe, um anjo e Suíte do pescador “Minha Jangada”. Os aprendizes de violeiros também tocarão sucessos, dentre eles O trenzinho caipira, Que país é esse, Sinônimos, Ainda é cedo, Nothing Else Matters e Halo.

Na programação de quinta-feira (26/07), será a vez dos aprendizes de capoeira e violão demonstrarem seus talentos. O evento se encerra na sexta-feira (27/07), com as apresentações dos aprendizes de balé, dança de salão, dança do ventre e dança de rua.

As atividades desenvolvidas pelos aprendizes têm duração de 15 minutos cada. As performances são elaboradas durante o semestre pelos aprendizes e professores. Nesta edição, os aprendizes do curso profissionalizante de dança se apresentarão pela primeira vez no Interartes. 

De acordo com a Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer, o Interartes foi criado com o objetivo de promover os trabalhos dos aprendizes dos cursos livres oferecidos pela Prefeitura, despertar o interesse pela cultura e arte e revelar novos talentos.

SERVIÇO

O que – Interartes

Onde – Centro de Educação Musical Municipal de Hortolândia, localizado na rua Vicente Palhão, s/n, Jardim Santa Cândida

Quando – quarta, quinta e sexta-feira (25, 26 e 27/07), a partir das 20h

 

Confira a programação completa abaixo:

25/7, às 20h

Música

Canto Coral

Nome do grupo: Coral Cultura: Amanda/ Rosolen

Repertório: Amizade (Flávio Santos) / Tuiú (Autor Desconhecido) / Mãe, um anjo (Élida Santos) / Travalíngua (Wen) / Suíte do pescador “Minha Jangada” (Dorival Caymmi)

Duração: 15 min

Arte-educadora: Élida Pereira Santos

 

Violão

Turma participante: 5 turmas

Repertório: O Trenzinho do Caipira (Heitor Villa-Lobos), Que País é Esse? (Legião Urbana) e Sinônimos (Zé Ramalho)

Duração: 10 min

Arte-educador: Gileard Sartori

 

Violão

Turma participante: 2 turmas

Repertório: Ainda é cedo (Legião Urbana), Nothing Else Matters (Metallica), Halo (Beyoncé),

Vai valer a pena (Livres para Adorar)

Duração: 20 min

Arte-educador: Douglas Randi

 

26/7, às 20h

Capoeira

Turma participante: Única

Sinopse: Demonstração de toques, cânticos e movimentos da capoeira “jogados” em dupla e coletivamente.

Duração: 40 min

Arte-educador: Amauci Leite (Mestre Trava)

 

Violão

Turma participante: 5 turmas

Repertório: Missão Impossível (Danny Elfman) / Piratas do Caribe (Geoff Zanelli) / Asa Branca (Humberto Teixeira / Luiz Gonzaga) / A casa (Toquinho e Vinicius de Moraes), Garota de Ipanema (Vinicius de Moraes / Tom Jobim) 

Duração: 20 min 

Arte-educador: Luiz Antonio Ferreira da Silva (Spiga)

 

27/7, às 20h

Dança

Balé

Turma participante: Turma 1

Coreografia: Floresça

Sinopse: Coreografia desenvolvida de acordo com os conhecimentos obtidos durante o curso. 

Duração: 3 min

Arte-educadora: Raissa Ferreira

 

Dança de Salão

Turma participante: Turma 1 

Coreografia: Forró

Sinopse: Se achegue, porque o nosso trem já vai partir! E nossa viagem rumo ao Nordeste vai começar. Puxa o fole sanfoneiro, que nossos passageiros querem dançar.

Duração: 5 min

Arte-educador: Sérgio Queiróz

 

Balé

Turma participante: Turma 2

Coreografia: Resplandeça

Duração: 3 min

Arte-educadora: Raissa Ferreira

 

Dança do Ventre

Turma participante: Turma 1  

Sinopse: Véu: A dança traz a leveza, a alegria e a felicidade de ser mulher!

Duração: 5 min

Arte-educadora: Cyda Santos

 

Balé

Turma participante: 7 a 11 anos 

Sinopse: Coreografia que expressa a leveza do Ballet e ao mesmo tempo a alegria em dançar. 

Duração: 5 min

Arte-educadora: Mayara Barreto

 

Dança de Rua

Turmas participantes: Turma 1 (Instituto Federal); Turma 2 (Escola de Artes Augusto Boal) e 3 (Setor Cultural Arlindo Zadi)

Coreografia: Treasure

Sinopse: Dança de rua vai além de um título, é arte, é vida, é cultura que nasce nas ruas. Envolve a história de muitas vidas que se transformam. Conheça a cultura e apaixone-se…dance!

Duração: 10 min

Arte-Educador: Sérgio Queiróz

 

Balé

Turma participante: 5 a 7 anos

Sinopse: Expressa a fé em um futuro melhor 

Duração: 3 min

Arte-educadora: Mayara Barreto

 

Dança do Ventre

Turma participante: Turma 2

Sinopse: Khalige: Uma dança folclórica que por meio dos movimentos é expressa a alegria e gratidão a vida!

Duração: 5 min

Arte-educadora: Cyda Santos

 

Dança de Salão

Turma participante: Turma 2 (Nível intermediário)

Coreografia: “Luz dos olhos meus”

Sinopse: “Coreografia desenvolvida no ritmo de valsa com movimentos mais cadenciados e coreografados de acordo com a temática musical”.

Duração: 5 min

Arte-educador: Sérgio Queiróz

 

Balé

Turma participante: 5 a 7 anos

Sinopse:Porque Ele me ama, sem me pedir nada em troca. 

Duração: 4 min

Arte-educadora: Mayara Barreto

 

Dança do ventre

Turma participante: Turma 3

Coreografia: Liberdade! Dançando deixo minha alma livre e liberta para a vida!

Sinopse: 

Duração: 5 min

Arte-educadora: Cyda Santos

 

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Nossa Cidade

Nova ação “Café na Passarela” chama atenção sobre segurança em travessias

Publicado

em

Ação faz parte do “Maio Amarelo” em Hortolândia

Mais uma etapa das ações do “Maio Amarelo” de conscientização por um trânsito seguro foi concluída em Hortolândia. Na manhã desta terça-feira (17/05), equipes da concessionária Rodovias do Tietê e a Polícia Militar realizaram, com apoio de agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana, a segunda edição do “Café na Passarela” neste ano. O trabalho aconteceu no quilômetro 7 da Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), em frente a loja de material de construção Santa Izabel. A abordagem foi com caráter orientativo aos motoristas e apontou os cuidados necessários para evitar acidentes fatais. Aos pedestres, foi informada a importância do uso da passarela como travessia da rodovia.

Além do “Café na Passarela”, a Prefeitura já realizou neste mês a “Ação Bar”, para conscientização sobre os perigos de beber e dirigir; a “Operação Cavalo de Aço”; a ligação de novos semáforos; distribuição de folhetos informativos para motoristas nas principais vias da cidade; o passeio ciclístico “Vem de Bike”; e na sexta-feira (27/05), encerra o ciclo de ações do “Maio Amarelo” com  4º Seminário de Segurança Viária. 

A meta continua em salvar vidas no trânsito de Hortolândia

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, além dos acidentes, Hortolândia diminui o número de vítimas causadas por colisões no trânsito. Na comparação entre 2017 e 2021, houve uma redução de 79% nos acidentes com vítimas nas ruas e avenidas dentro dos limites do município. Com isso, a cidade cumpre a meta estipulada pela ONU (Organizações das Nações Unidas) na “Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, regulamentada pela instituição  apontando que até 2030, governos de todo o planeta devem tomar novas medidas para prevenir os acidentes com vítimas.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Arrastapé reúne 150 idosos de Hortolândia na Melhor Idade

Publicado

em

Festa contou com a presença dos idosos das unidades do Remanso Campineiro e do Jardim AmandaAo som de muita moda caipira, com os acordes da Orquestra de Violeiros de Hortolândia, cerca de 150 idosos participaram na tarde de segunda-feira (16/05) do Arrastapé da Melhor Idade. O evento, que contou com a presença do prefeito José Nazareno Zezé Gomes e da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Maria dos Anjos, foi realizado no salão social do Centro de Convivência da Melhor Idade do Remanso Campineiro.

De acordo com a diretora de Direitos Humanos, Marlene Baptista, depois de quase dois anos de inatividade, esse foi o primeiro baile promovido pela Melhor Idade após a flexibilização. “Esse era um momento muito aguardado pela nossa Melhor Idade. Eles ficaram praticamente dois anos em casa, sem sair, por conta dos riscos que a pandemia da Covid-19 impunha contra os idosos. Com o avanço da vacinação e recuo dos casos graves da doença, pudemos flexibilizar e retornar aos poucos as atividades. O Arrastapé, sem dúvida, é um grande divisor de águas e uma vitória para todos que conseguiram vencer esse período triste em nossa história. Hoje comemoramos com muita dança sertaneja”, destacou Marlene.

O prefeito José Nazareno Zezé Gomes comemorou o retorno das tardes dançantes e disse que, com a pandemia controlada, os arrastapés prometem virar rotina no dia a dia da Melhor Idade. “Como é bom ver o Centro de Convivência em festa. Os bailes são um momento muito aguardado por todos os membros da Melhor Idade e esse, sem dúvida, é muito especial. Todos que estão aqui presentes são sobreviventes e celebrar é mais que preciso. A pandemia foi um momento muito duro em nossas vidas. Perdemos parentes, amigos e até o nosso querido prefeito Angelo Perugini se foi lutando pelo seu povo e garantindo vacinas. Vamos celebrar a vida, minha gente. E parabéns aos grupos da Melhor Idade do Remanso e do Jardim Amanda, que estão sempre presentes em nossas atividades”, destacou Zezé Gomes.

O Arrastapé contou ainda com a participação do Mestre Chiquinho, do maestro Tim Mendes e do diretor artístico e cantor Chico Amado.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Nossa Cidade

Hortolândia apresenta planos para o futuro em encontro com empresários

Publicado

em

Evento na manhã desta terça-feira (17/05) no Druds Hotel também homenageou três moradores centenários da cidade

Hortolândia realiza obras importantes para trazer mais desenvolvimento. Ao mesmo tempo, planeja o futuro para garantir uma vida melhor para a população. A partir dessa perspectiva, a Prefeitura promoveu uma reunião com empresários da cidade, na manhã desta terça-feira (17/05), no Druds Hotel. O evento integra a programação comemorativa ao 31º aniversário de emancipação política de Hortolândia.

No encontro, a Prefeitura fez uma apresentação das obras de infraestrutura viária em execução na cidade e dos próximos investimentos previstos para os próximos anos. 

“Vamos falar sobre o avanço da cidade. E mostrar o que a Prefeitura está planejando para o futuro, com o objetivo de conseguir trazer mais grandes empresas para o muncípio. Desta forma, estamos dando prosseguimento ao legado do falecido ex-prefeito Angelo Perugini”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, João Pereira da Silva.

A diretora da Comarca de Hortolândia, Renata Brandão Lazzarini, enalteceu o convite da Prefeitura. “Agradeço a Prefeitura por convidar o Ministério Público para participar desse evento com pessoas que ajudam na construção e no desenvolvimento da cidade. Neste encontro, queremos falar sobre as consequências do desenvolvimento e pedir para que os empresários tenham uma atenção e um olhar diferenciado sobre algumas áreas e temas”, destacou a promotora pública.

Em virtude de outros compromissos de agenda, o prefeito José Nazareno Zezé Gomes não pôde participar do encontro, mas deixou uma mensagem em vídeo para os empresários presentes. “O município está crescendo e com desenvolvimento sustentável. Não é mais uma cidade-dormitório. Hortolândia tem vocação empreendedora, investe muito em saneamento básico”, destacou Zezé Gomes. 

Homenagem aos centenários que ajudaram a construir a cidade

O secretário João Pereira da Silva ressaltou ainda que a cidade não é feita apenas de prédios e construções. “A cidade são as pessoas que nela vivem. O povo de Hortolândia tem vocação para o empreendedorismo. É um povo afestuoso, carinhoso, que recebe bem as pessoas”, destacou. 

No encontro com os empresários, a cidade deu uma demonstração de seu afeto com a homenagem para três idosos com 100 anos ou mais: Elmira Gomes Pereira, de 106 anos, moradora do Jardim Nossa Senhora Auxiliadora; Honorina Laudelina dos Anjos, de 101 anos, moradora do Jardim Residencial Firenze; e Auto Miranda Dias, morador do Remanso Campineiro. A homenagem aos três centenários também integra a programação comemorativa ao aniversário de Hortolândia e ao Dia Municipal da Pessoa Centenária, data instituída pela Prefeitura para valorizar a contribuição que os centenários deram à cidade. 

Os três idosos foram localizados pela Diretoria Municipal de Direitos Humanos, órgão da Secretaria de Governo. O órgão percorreu a cidade em busca de moradores centenários, no mês passado, além de ter contado com a ajuda da população para localizá-los. 

Os idosos receberam um trófeu, contendo um QR Code que dá acesso a um vídeo feito com cada um deles. “Estou feliz com a vida que Deus me deu. Estou com alguns problemas, mas a gente tem que aguentar”, agradeceu emocionada, dona Elmira.

Dona Honorina também fez uma fala cheia de emoção. “Agradeço a todos vocês que têm me dado muita força e por tudo que fazem por mim. Estou aqui hoje nas mãos de Deus”, disse a centenária. Apesar da dificuldade de locomoção, seu Auto também fez questão de agradecer a homenagem. “Muito obrigado a vocês!”, resumiu emocionado.   

A diretora de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres, Marlene Batista do Nascimento, destacou que a ideia para o Dia Municipal da Pessoa Centenária foi do falecido ex-prefeito Angelo Perugini. “Ele nos pediu para que trabalhassémos para criar essa data para homenagear os centenários. Eles são pessoas que construíram a cidade. O segredo da vida é respeitar o próximo e valorizar a família”, salientou a diretora. 

“Além de homenagearmos os idosos centenários da cidade, este encontro com os empresários é uma ocasião importante para discurtirmos a questão do Fundo Municipal do Idoso”, ressaltou o presidente do Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos de Hortolândia, José Piveta.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Continue Lendo

Populares