Nossa Cidade

Hortolândia ultrapassa meta de vacinação contra gripe

Município garantiu imunização de, pelo menos, 80% do público alvo da campanha

vacinação contra h1n1 hortolandia

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde Atenção Básica e Especializada, atingiu a meta de imunização de, pelo menos, 80% da população de cada grupo prioritário durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Idosos, gestantes, mães no pós-parto e crianças menores de dois anos somam mais de 24 mil doses aplicadas. Vale lembrar que no caso das crianças é necessário levá-las à unidade de saúde para a aplicação da segunda dose da vacina, recomendada 30 dias após a primeira dose.

No grupo das crianças, a cobertura vacinal é de 102,37% da meta. Entre as gestantes, o percentual é de 85,63%. A vacinação das mães no pós parto atingiu 156,2% e a de idosos 84,98%.

A vacina é preparada para imunizar contra três tipos de vírus causadores da gripe: o H1N1, o H3N4 e o B. Como ela é feita com o vírus inativo, não há perigo de ficar doente após o recebimento da dose. Menos de 4% das pessoas que foram vacinadas relataram alguma reação adversa, como dor de cabeça ou dores no corpo.

Já os benefícios de estar protegido contra a gripe são muitos: desde 2011, quando a campanha começou a ser realizada no Brasil, foi possível diminuir em 70% os casos de pneumonia e internação hospitalar; já a redução de mortes em casos de gripe foi de 50%.

Neste ano, Hortolândia registra sete casos positivos da doença, sendo que houve uma vítima fatal: uma mulher, de 56 anos, portadora de doença crônica cardiovascular, que não havia sido imunizada. Ela faleceu no dia 30 de maio, no Hospital Municipal Mário Covas. Antes, Hortolândia nunca havia registrado morte pela doença.

Fonte: Assessoria Comunicação/Prefeitura de Hortolândia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98