A vacinação contra a COVID-19 avança no município. De acordo com a Secretaria de Saúde, 30% da população dos públicos-alvos já foi imunizada contra a doença. Conforme dados da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), órgão vinculado ao governo estadual, a população que é público-alvo da vacinação em Hortolândia é de 173.614 pessoas.

Com base nesses dados do órgão estadual, a Secretaria de Saúde salienta que a cobertura vacinal até esta terça-feira (15/06) registrada no munícipio é a seguinte: 

– De 60 a 64 anos: A população do município desta faixa etária é de 9.769 pessoas. Destas, 9.004 já receberam a 1ª dose do imunizante, o que representa uma cobertura vacinal de 92,2%.

– De 65 a 69 anos: A população do município desta faixa etária é de 7.008 pessoas. Destas, 7.442 já receberam a 1ª dose do imunizante, o que representa uma cobertura vacinal de 106,2%.

– De 70 a 74 anos: A população do município desta faixa etária é de 4.396 pessoas, destas 4.717 já receberam a 1ª dose do imunizante, o que representa uma cobertura vacinal de 107,3%.

– Acima de 75 anos: A população do município desta faixa etária é de 4.956 pessoas. Destas, 6.048 já receberam a 1ª dose do imunizante, o que representa uma cobertura vacinal de 123%.

Esses percentuais, ainda segundo a Secretaria de Saúde, também se repetem nos demais grupos prioritários. Considerando a cobertura vacinal e as doses aplicadas, o município já vacinou 30% da população com idade acima de 18 anos.

A Secretaria de Saúde destaca, ainda, que o comparativo da vacinação entre municípios precisa ser feito sob o ponto de vista de cobertura vacinal e da população-alvo de cada município.

Com base nesses dados, a Secretaria de Saúde reforça que o munícipio tem se empenhado em fazer a gestão estratégica dos quantitativos de doses de vacinas que recebe. Embora não disponha de dados mais atualizados sobre sua realidade populacional, uma vez que estes são resultados de estatísticas, o município zela pelo máximo critério no bom uso do imunizante contra a COVID-19. 

Com isso, Hortolândia é um dos municípios da região que tem apresentado poucos problemas com a campanha vacinal contra a COVID-19, levando em conta critérios de velocidade, constância e confiabilidade na capacidade da aplicação do imunizante. A Secretaria de Saúde lembra ainda que a velocidade da vacinação depende do envio de quantitativos de doses por parte do governo estadual.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorPrefeitura intensifica modernização do sistema de iluminação nos espaços públicos da cidade
Próximo artigoAuxiliar de Escritório para trabalhar em Hortolândia