Em reunião com o prefeito Angelo Perugini, secretário Estadual de Habitação formaliza parceria proposta pelo governador

Hortolândia conquistou, junto ao governo do Estado, a implantação de novas moradias de interesse social, por meio do Programa Nossa Casa. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, durante reunião com o prefeito Angelo Perugini, na manhã desta quarta-feira (12/06), na sede da pasta, em São Paulo. A medida havia sido proposta pelo governador João Doria, no último dia 30 de maio, durante visita à Hortolândia para a inauguração da Ponte da Esperança.

De acordo com a Secretaria Estadual da Habitação, o conjunto habitacional será implantando em uma área da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), com aproximadamente 100 mil metros quadrados. “Estamos felizes com essa parceria com o governo do Estado, que garantirá moradia digna às pessoas que mais precisam”, afirmou  o prefeito Angelo Perugini.

Nas próximas semanas, o corpo técnico da CDHU deverá promover levantamentos em Hortolândia para verificar o número de unidades habitacionais que poderão ser construídas no local. Durante o encontro com o prefeito, Amary reforçou compromisso do Governo para finalizar rapidamente os trâmites burocráticos com a prefeitura e agilizar o início das obras. 

“Vejo várias reivindicações sobre moradia. Muito justas, por sinal. Vamos, junto com a prefeitura de Hortolândia, construir um programa de parceria pública para a implantação de moradias populares, atendendo à reivindicação de vocês. É possível fazer isso em regime de parceria com o setor privado também. Aqui é uma região próspera e importante. Nós vamos fazer, é nosso compromisso. Com todo mundo ajudando um pouquinho, o resultado é viável”, declarou Doria, no evento de inauguração da Ponte da Esperança.   

Segundo a Secretaria Estadual da Habitação, o Programa Nossa Casa está em vias de conclusão e tem como base parcerias entre o Governo do Estado, os municípios e a iniciativa privada. A meta da gestão estadual é entregar 60 mil novas moradias até o final de 2022, com investimento de R$ 1 bilhão.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia