Dados são do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito (Infosiga-SP)

As ações de segurança viária desenvolvidas desde 2017 pela Prefeitura de Hortolândia já apresentam resultado com a redução do número de mortes no trânsito. Dados do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito (Infosiga-SP) apontam que Hortolândia registrou, no primeiro trimestre deste ano, o menor número de óbitos no trânsito comparado com o mesmo período dos últimos cinco anos.

De acordo com o Infosiga, a cidade inicia o primeiro trimestre de 2019 com o registro de 3 óbitos em acidentes de trânsito. No mesmo período em 2015, foram registradas 5 mortes. Em 2016, o sistema apontou 7 mortes no primeiro trimestre daquele ano. Já em 2017 e 2018, nos primeiros três meses destes anos, Hortolândia registrou 4 mortes no trânsito.  

“Os números vem diminuindo gradativamente, desde 2017, e a nossa proposta de preservar cada vez mais a vida das pessoas no trânsito está sendo cumprida”, observa o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira.

O início do funcionamento dos radares de fiscalização foi a principal medida de segurança viária adotada pela Prefeitura de Hortolândia. Desligados desde o final de 2013, os dispositivos voltaram a funcionar no início deste ano e contribuem para um trânsito mais seguro. 

 “A queda no número de óbitos em acidentes nas vias municipais mostra que as ações de segurança viária, principalmente a retomada do uso dos radares para fiscalizar o trânsito, foram importantes para o município. Continuaremos implantando novas medidas de segurança viária para salvar mais vidas”, explica Pereira.

AÇÕES QUE SALVAM VIDAS

A Prefeitura desenvolve ações para ampliação da segurança viária. Além da implantação dos radares, em funcionamento desde o dia 21 de janeiro deste ano, é realizado o reforço na sinalização de trânsito em ruas próximas a escolas e nas vias mais movimentadas, trabalho realizado em parceria com o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). 

A Administração também instalou painéis eletrônicos móveis, um na avenida da Emancipação e outro na avenida Santana que exibem, por meio de luzes de LED na cor laranja, mensagens de orientação para motoristas. 

De acordo com a secretaria de Mobilidade Urbana, são 38 pontos de fiscalização eletrônica, instalados em 12 vias, entre elas, as três avenidas com o maior número de acidentes (Santana, Emancipação e Olívio Franceschini), registrados durante estudo realizado para implantação dos dispositivos. Além da velocidade, em alguns pontos de fiscalização, os radares flagram o avanço do sinal vermelho e a parada dos veículos sobre a faixa de pedestres.

PIC

As ações de segurança viária em Hortolândia integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), conjunto de mais de 100 obras e serviços que a Administração Municipal realizará para reestruturar o sistema viário, modernizar a cidade, gerar emprego e renda, com sustentabilidade e planejamento.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia