Nossa Cidade

Combate ao Aedes prevê entrada forçada em imóvel fechado

Orientação nacional será adotada em Hortolândia, em caso de perigo à saúde pública

A Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Saúde, adotará a nova determinação nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus. Na segunda-feira (01/02) foi publicada, no Diário Oficial da União, a Medida Provisória 712, que prevê o ingresso forçado em imóveis, em determinadas situações que caracterizam perigo à saúde pública.

De acordo com a diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Cilene Aparecida de Oliveira Mantuan, imóveis fechados, com suspeita de criadouro do mosquito, são uma das possibilidades de fiscalização forçada. “Vamos seguir alguns critérios, pois esta determinação não será cumprida aleatoriamente. Primeiro, o imóvel deve ter recebido duas notificações anteriores, o que significa que os agentes de saúde já foram no local mas não havia ninguém para abrir a casa. Após estas duas notificações é que a Prefeitura poderá forçar a entrada neste imóvel”, explicou.

Além destes critérios, o imóvel deve estar localizado em área com elevado índice de transmissão de doenças. Outra possibilidade é que a casa seja alvo de denúncia de vizinhos e apresente características que indiquem a existência de criadouros do Aedes aegypti. “A entrada no imóvel não pode causar danos ao proprietário”, enfatizou Cilene. Atualmente, em Hortolândia, não há nenhum imóvel nesta condição. “Nas ações preventivas, sempre conseguimos contatar o proprietário, seja por intermédio de vizinhos ou de imobiliárias. Mas, caso seja necessário, vamos adotar a nova recomendação nacional”, afirmou a diretora.

Cuidados no Carnaval

Neste período de Carnaval, muitas famílias aproveitam a folga no trabalho para viajar. Mas além de arrumar as malas é preciso deixar a casa em ordem, evitando que o mosquito Aedes aegypti encontre condições favoráveis para a procriação. Com dicas simples e prevenção é possível conter o avanço do mosquito.

Ralos no chão, seja no quintal, cozinha, banheiro ou área de serviço, podem ser vedados com plástico, evitando o contato do mosquito com a água parado no cano;
Ralos das pias devem ficar protegidos com tampa;
O vaso sanitário pode receber um plástico maior sobre o assento, sempre com a tampa fechada por cima da proteção;
Não deixe louças na pia da cozinha, nem baldes no quintal;
Observe se o lixo foi recolhido e se a área externa está livre de objetos que possam acumular água.

2016

Dengue: Notificações – 442 / Positivos: 3
Chikungunya: Notificações – 2 / Positivos: 2 (casos importados)
Zika: Notificações: 0 / Positivos: 0

Fonte: Prefeitura de Hortolândia

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98