Você sabe o que é “empreendedorismo social”? Interessados no tema podem participar, nesta sexta-feira (07/06), da segunda oficina gratuita sobre o assunto, promovida pela Prefeitura de Hortolândia e pelo IFSP (Instituto Federal de São Paulo), dentro do projeto de extensão “Afroif”. O projeto é uma parceria entre o Câmpus Hortolândia e o Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres da Secretaria de Governo. 

O tema será abordado, das 14h às 18h, pelo Prof. Dr. Rovilson Dias da Silva. As vagas são limitadas. Para se inscrever, os interessados devem procurar a Casa Quilombola, no próprio dia do curso ou de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A Casa Quilombola está localizada na Rua Benedito Francisco de Faria, 467, no Remanso Campineiro.

Durante todo o mês de junho, haverá cinco oficinas gratuitas dentro do projeto “Afroif”, coordenado pela pedagoga Caroline Jango, do IFSP. A primeira delas, de Leitura obrigatória para o Vestibular 2020 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), aconteceu na última segunda-feira (03/06) e abordou a obra do grupo Racionais Mc’s “Sobrevivendo no Inferno”. Voltada a estudantes do Cursinho Popular da Prefeitura, a aula foi ministrada pela Profa. Dra Carina Zanelato, no auditório da Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Marleciene Priscila Presta Bonfim. Todas as demais acontecerão na Casa Quilombola, no Remanso Campineiro. A segunda, sobre Empreendedorismo Social, foi nesta quarta-feira (05/06).

As duas últimas oficinas serão ministradas pela Profa. Dra. Caroline Jango. Uma abordará o Racismo Institucional, no dia 12/06, das 10h às 12h; a outra, Compreendendo e enfrentando o racismo nos dias atuais, no dia 25/06, das 18h30 às 20h. Esta última tem como público-alvo moradores da cidade, atendidos em órgãos e projetos sociais da Prefeitura, como CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e Bolsa Família.

De acordo com o Instituto Federal, a “ação objetiva promover a valorização da cultura africana e afro-brasileira, bem como desenvolver ações formativas para inclusão de pessoas em situação de vulnerabilidade social da cidade na qual o Câmpus está localizado. As oficinas foram elaboradas em parceria com a Prefeitura de forma a atender a demanda local e serão desenvolvidas a partir das seguintes temáticas: arte, literatura, lazer e empreendedorismo social, tendo como eixo a cultura africana e afro-brasileira”.

“Os cursos e palestras são frutos de uma parceria entre o Instituto Federal e a Casa Quilombola.

Com estas capacitações pretendemos alcançar o público que de alguma forma se relaciona com a Casa Quilombola e aproximar os serviços públicos e as instituições do município, da politica afirmativa e de empreendedorismo afro que norteiam nossos trabalhos”, esclarece o diretor do Departamento de de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres, Amarantino Jesus de Oliveira, o Tino Sampaio.

Confira o calendário:

07/06 – Empreendedorismo Social – Prof. Dr. Rovilson Dias da Silva

Horário: 14h às 18h

Público: livre

12/06 – Racismo Institucional – Pedagoga Dra. Caroline Jango

Horário: 10h às 12h

Público: servidores públicos da PMH

25/06 – Compreendendo e enfrentando o racismo nos dias atuais – Pedagoga Dra. Caroline Jango

Horário: 18h30 às 20h30

Publico Alvo: População atendida nos projetos sociais da rede municipal

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia