Participantes aprenderão receitas de pratos típicos como acarajé, vatapá, cuscuz, entre outros

É possível conhecer as particularidades da cultura afro por meio das receitas de pratos típicos como acarajé e vatapá. Esta é a proposta do curso de culinária afro “Sabores da Terra” que a Prefeitura de Hortolândia realizará neste mês. As inscrições podem ser feitas na Casa Quilombola, localizada na rua Benedito Francisco de Faria, 467, Remanso Campineiro, ou pelo e-mail

\n

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


. Os interessados devem levar cópia e original da Carteira de Identidade (RG), CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de residência. A atividade é voltada para pessoas a partir de 16 anos de idade. São 80 vagas disponíveis. As inscrições vão até o dia 26 deste mês. O curso integra convênio da Prefeitura com o Ministério da Justiça.

O curso começará no dia 27 deste mês e vai até o dia 1º de fevereiro de 2019. As aulas serão duas vezes por semana (terças e quintas-feiras, quartas e sextas-feiras), nos horários vespertino (13h às 17h) e noturno (18h às 22h). 

No curso, os participantes aprenderão a fazer pratos como acarajé, munguzá (tipo de doce feito com grãos de milho branco ou amarelo), vatapá, quibebe (purê de abóbora), abará (bolinho de feijão-fradinho), cuscuz, entre outros. 

O diretor do Departamento de Direitos Humanos e Políticas Públicas para Mulheres, Amarantino Jesus de Oliveira, explica que o objetivo é fortalecer as políticas afirmativas de igualdade racial implementadas pela Prefeitura. “Com isso, valorizamos a identidade afro na cidade. Quando as pessoas conhecem a cultura afro, elas passam a respeitá-la, diminuindo assim atos de racismo e preconceito”, salienta. 

O diretor ressalta, também, que com os conhecimentos adquiridos no curso, os participantes poderão se tornar empreendedores e, consequentemente, ter geração de renda. Ao final do curso, os aprendizes receberão um livro com as receitas aprendidas.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia