Dentro da programação do “Maio Amarelo”, equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana da Prefeitura de Hortolândia e da concessionária Rodovias do Tietê realizaram, na manhã desta sexta-feira (21/05), mais uma ação de conscientização para prevenir acidentes de trânsito, em Hortolândia. O “Café na Passarela” aconteceu no km 11 Oeste, na altura do Jardim São Bento, em frente ao Autoposto Companheiro. Durante a ação, foram distribuídos kits contendo material educativo e também de higienização relativo à pandemia do Coronavírus.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, mais um “Café na Passarela” está previsto para o dia 28 deste mês, a partir das 7h40, no mesmo trecho da SP-101. Para garantir a segurança dos participantes, são seguidos os protocolos da vigilância sanitária, com a utilização de álcool em gel e uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Além destas, a Prefeitura realiza outras ações do “Maio Amarelo”, tais como a iluminação especial da Ponte da Esperança, ao longo do mês, e a adesivação dos ônibus urbanos com laços amarelos, que simbolizam a campanha. Na última sexta-feira, na Avenida da Emancipação, próximo à indústria farmacêutica EMS, aconteceu a “Operação Cavalo de Aço”, voltada a motociclistas.

“Maio Amarelo”

O “Maio Amarelo” é uma campanha internacional realizada anualmente para conscientizar as pessoas e, deste modo, evitar acidentes de trânsito. Idealizada e coordenada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, a iniciativa é abraçada pelo Poder Público e parceiros da iniciativa privada, contando com o apoio da Prefeitura de Hortolândia, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana. Neste ano, o tema é “Respeito e Responsabilidade: Pratique no trânsito”.

Dados da Liga do Trauma, equipe vinculada à Puc-Campinas (Pontifícia Universidade Católica), mostram que os acidentes de trânsito causam 1,3 milhão de mortes e 50 milhões de lesões incapacitantes ao ano, no Brasil, sendo que crianças e jovens estão entre as principais vítimas. Entre os principais causadores destes acidentes estão: veículos inseguros, violação das leis, excesso de velocidade, uso de celular, ingestão de bebidas alcoólicas, falta de habilidade, infraestrutura insegura e direção distraída.

 

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia