A obra da Avenida do Futuro, que será o novo caminho entre o Jd. São Bento e o Jd. São Sebastião, recebe trabalhos para nivelamento do solo e implantação de asfalto. A via, que faz ligação com a Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), na altura do acesso ao Jd. Amanda, já teve parte do trajeto asfaltado, às margens da rodovia. Agora, máquinas atuam na parte central do terreno. A construção deste sistema viário é de responsabilidade de um empreendimento particular. O Plano Diretor do município determina que loteadoras implantem sistema viário de acesso aos seus empreendimentos. Com isso, a empreiteira Sena Construções realiza a obra da avenida.

A avenida será uma alternativa ao atual acesso entre os bairros. A estrada usada atualmente é de terra, passa por baixo da Rodovia dos Bandeirantes e corta propriedades particulares. O traçado do novo sistema viário é diferente daquele da estrada de terra, porém, com a mesma finalidade: encurtar caminhos.

“Todos os empreendimentos residenciais, comerciais, empresariais e industriais que chegam ao município têm, como contrapartida, a obrigação de construir ruas e avenidas que facilitem o acesso da população, colaborando para o crescimento ordenado da cidade”, destaca o secretário de Planejamento e Gestão Estratégica, Carlos Roberto Prataviera Junior.

Além de permitir a interligação facilitada entre o Jd. São Sebastião e o Jd. São Bento, a obra em andamento prevê a criação de uma rua marginal à SP-101, ligando a nova estrada diretamente à Rodovia SP-101, ampliando os acessos à cidade. Conforme o projeto de implantação do condomínio empresarial, a via marginal sairá da altura da rua Nara Leão, no Jd. São Bento, até o Caminho Cinco do bairro Chácaras Acaray. Neste ponto, será implantada uma rotatória, onde inicia a Avenida do Futuro, sentido Jd. São Sebastião.

De acordo com informações da Secretaria de Obras, o projeto de aprovação do empreendimento empresarial prevê a avenida de 740 metros de extensão, com 25 metros de largura. Haverá duas faixas de rolagem em cada um dos sentidos da avenida e canteiro central com paisagismo.

PIC

A implantação da Avenida do Futuro faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), implantado pelo prefeito Angelo Perugini para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. O programa prevê mais de 100 obras e serviços, em diversas áreas. Para a realização destas intervenções, a Prefeitura conta com apoio da iniciativa privada, dos governos estadual e federal.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia