Connect with us

Cursos

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

Publicado

em

MEC

O Ministério da Educação (MEC) vai ofertar mais 1,5 milhão de vagas em educação profissional e tecnológica até 2023. O aumento das vagas faz parte do programa Novos Caminhos, lançado hoje (8). Com o programa, as atuais 1,9 milhão de vagas passarão para 3,4 milhões em todo o país, representando um aumento de 80%. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou quatro portarias para dar andamento ao programa.

Segundo o ministro, o objetivo é acabar com preconceitos em relação a cursos técnicos e melhorar a qualificação dos profissionais. “Um curso técnico bom permite ao jovem ter renda superior a alguém formado em curso superior, que não tem foco na realidade.”

Essas vagas deverão ser ofertadas tanto no ensino médio quanto para jovens e adultos que já estão fora da escola. A pasta pretende também articular a oferta dos cursos com a demanda do mercado de trabalho. “A educação tem que estar voltada para o mercado de trabalho, não pode dar as costas e ignorar as demandas do setor produtivo”, disse o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes Culau. 

O programa prevê uma série de ações, que incluem mudanças na regulação da oferta de cursos técnicos, formação de professores e ampliação de cursos profissionais e técnicos. O novo programa se baseia em três eixos: Gestão e Resultados; Articulação e Fortalecimento, e Inovação e Empreendedorismo.

Formação de professores

A meta da pasta, além da abertura de novas vagas para estudantes é preparar 40 mil professores da rede pública até 2022 com aulas sobre atualização tecnológica, técnicas pedagógicas voltadas para a educação profissional, empreendedorismo e orientação vocacional e profissional. Serão abertas também 21 mil vagas para formação de professores de ciências e de matemática.

Deverão ainda ser reconhecidos mais de 11 mil diplomas de pessoas que concluíram a formação técnica na rede privada de ensino superior desde 2016, mas não tinham chancela da pasta por conta da ausência de ordenamento jurídico.

Pesquisa aplicada

O MEC pretende criar um escritório, que atuará na articulação entre os setores público e privado. Esse escritório deverá estimular a pesquisa aplicada, a inovação e a iniciação tecnológica. Serão lançados editais para estudantes, professores e pesquisadores com investimento total de R$ 60 milhões até 2022.

Além disso, a pasta anunciou a criação de cinco polos de inovação nos institutos federais voltados para empreendedorismo e pesquisas aplicadas.

Catálogo de cursos

A pasta vai atualizar o catálogo nacional de cursos técnicos, que orienta a oferta em todo o país. O catálogo vigente, segundo o MEC, foi atualizado em 2014, com base no cenário do Brasil em 2013. “[Vamos fazer a] identificação dos conhecimentos e habilidades, das novas profissões, que devem ser incorporadas ao catálogo”, disse o secretário Culau. Para a atualização, o setor produtivo deverá ser procurado para expor a atual demanda.

A pasta pretende também consolidar um novo marco regulatório para a oferta de cursos técnicos por instituições privadas de ensino superior.

Parceria com estados

Em parceria com os estados, a intenção é ofertar, até 2022, 2 mil vagas de mestrado profissional em redes estaduais.

Mais de 100 mil vagas voltadas para a qualificação profissional deverão ser ofertadas com recursos do Bolsa Formação, que estão, de acordo com o MEC, nas contas dos estados e do Distrito Federal. Para isso, serão repactuados R$ 550 milhões. Os entes federados poderão buscar parcerias com o Sistema S e com a rede federal.

Cenário internacional

De acordo com dados apresentados pelo MEC, o Brasil está distante da oferta de educação profissional e técnica de outros países. Enquanto no Brasil a oferta de ensino técnico chega a 8% das matrículas de ensino médio, no Reino Unido esse percentual é de 63%; na União Europeia, 48%; e, no Chile, 31%.

fonte: EBC

Cursos

QualiFacti Verão abre 13 cursos de capacitação tecnológica gratuita para o mês de fevereiro/2022

Publicado

em

São 390 vagas disponíveis no total, distribuídas em 13 cursos com os temas mais demandados pelo setor de TIC- Tecnologia da Informação e Comunicação.

O QualiFacti, edição especial de verão, traz novamente uma programação intensa de cursos gratuitos nos temas mais demandados pelo setor de TIC em Big Data, Cloud Computing, Inteligência Artificial, IoT e Segurança da Informação, com o objetivo de proporcionar uma capacitação tecnológica diferenciada, ágil e de qualidade!

Os cursos possuem uma jornada de aprendizado de 20 horas, distribuídas em 4 horas offline e 16 horas de aula online, ao vivo, ministradas por instrutores qualificados e com experiência de mercado.

Programação dos cursos para fevereiro/22:

Big Data: “Análise de Dados com Apache Hive e Apache Spark”

  • 31/01 a 03/02 (aulas ao vivo das 8h30 às 12h30)- processo seletivo até 26/01

Inteligência Artificial: “Data Science: Uso de ferramentas open source no processo de tomada de decisão”

  • 31/01 a 03/02 (aulas ao vivo das 13h30 às 17h30)- processo seletivo até 26/01
  • 14/02 a 17/02 (aulas ao vivo das 8h30 às 12h30)- processo seletivo até 09/02

Segurança da Informação: “Técnicas e anonimização de bases dados conforme a LGPD”

  • 31/01 a 03/02 (aulas ao vivo das 18h00 às 22h00)- processo seletivo até 26/01
  • 19 e 20/02 (FDS- aulas ao vivo das 8h30 às 17h30)- processo seletivo até 15/02

Inteligência Artificial: “Desenvolvimento de Chatbots com IA”

  • 05 e 06/02 ( FDS- aulas ao vivo das 8h30 às 17h30)- processo seletivo até 01/02
  • 14 a 17/02 (aulas ao vivo das 18h00 às 22h00) – processo seletivo até 09/02

Cloud Computing: “Desenvolvimento e implantação de uma aplicação em nuvem AWS”

  • 07 a 10/02 (aulas ao vivo das 18h00 às 22h00)- processo seletivo até 02/02
  • 21 a 24/02 (aulas ao vivo das 8h30 às 12h30)- processo seletivo até 16/02

Inteligência Artificial: “Visão computacional aplicada ao reconhecimento de imagens”

  • 07 a 10/02 (aulas ao vivo das 8h30 às 12h30)- processo seletivo até 02/02
  • 21 a 24/02 (aulas ao vivo das 13h30 às 17h30)- processo seletivo até 16/02

IoT: “Automatização do monitoramento de dados com Arduíno”

  • 07 a 10/02 (aulas ao vivo das 13h30 às 17h30)- processo seletivo até 02/02
  • 21 a 24/02 (aulas ao vivo das 18h00 às 22h00)- processo seletivo até 16/02

O QualiFacti é realizado pela Facti e faz parte do MCTI Futuro, programa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, executado com recursos do PPI da Lei de Informática coordenado pela Softex.

Para participar, os interessados deverão realizar o cadastro na plataforma https://qualifacti.com.br e se candidatar para o processo seletivo dos cursos disponíveis (pois as vagas são limitadas). Ao concluir a jornada, o aluno receberá um certificado.

#qualifactiverao #qualifacti #facti #factieducacao #cursosgratuitos #cursosonline #cursosaovivo #tecnologia #TIC #capacitacaotecnologica #MCTI #MCTIFuturo #Softex #desenvolvimentocarreira

Sobre o projeto QualiFacti

O “QualiFacti – Capacitação para a sua Necessidade” visa contribuir com a capacitação de mão de obra qualificada e atualizada em tecnologias demandadas pelo mercado de trabalho, com o objetivo de minimizar a lacuna entre as vagas disponíveis e os profissionais preparados para preenchê-las.

O projeto é realizado pela Facti, uma Instituição Científica e Tecnológica privada, especializada em desenvolver soluções tecnológicas e de capacitação em TIC. Esta iniciativa faz parte do “MCTI Futuro”, programa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, que tem por objetivo apoiar ações de capacitação tecnológica nacional em larga escala. A sua execução é financiada com recursos de aportes nos Programas e Projetos de Interesse Nacional nas Áreas de Tecnologias da Informação e Comunicação – PPI da Lei de Informática sob a coordenação da Softex.

Sobre a Facti

A Facti é uma fundação de direito privado criada em 1998 e sediada em Campinas – SP. A sua atuação é pautada na missão organizacional de prover Tecnologia com Credibilidade através do desenvolvimento de soluções tecnológicas e capacitação em Serviços 4.0, entregando de maneira personalizada a melhor experiência deste conceito para os seus clientes e parceiros, especialmente nos segmentos de Análise e Monitoramento de Dados, Internet das Coisas e Segurança da Informação.

Continue Lendo

Cursos

SENAI oferece cursos online gratuitos para pessoas físicas, confira:

Publicado

em

O SENAI-SP oferece gratuitamente para pessoas físicas 18 cursos totalmente online, que podem ser acessados por computador ou celular. 

Os cursos contemplam temas como finanças pessoais, consumo consciente de energia, LGPD, economia circular, empreendedorismo, blockchain, indústria 4.0 e muito mais.

Além da gratuidade, todos os cursos são totalmente a distância e não há limite para serem realizados. Ao final de cada um, há um certificado de conclusão, que pode ser impresso pelo aluno.

O conteúdo das aulas varia entre 14h e 20h e tem como requisitos de acesso o mínimo de 14 anos de idade, 5ª série do Nível Fundamental completa, conhecimento em Windows, acesso a microcomputador conectado à internet e e-mail pessoal. Fácil, prático e com conteúdo relevante: confira as matérias que cada um oferece!

As empresas interessadas em projetos educacionais on-line (layoff ou grandes demandas) devem procurar o Coordenador de Relacionamento com a Indústria do SENAI mais próximo.

Para saber mais detalhes clique aqui

Continue Lendo

Cursos

Fatecs divulgam lista de classificação geral do Vestibular

Publicado

em

fatec-campinas

A partir das 15 horas desta quarta-feira (12), os candidatos que se inscreveram no processo seletivo das Faculdades de Tecnologia (Fatecs) do Estado podem conferir pela internet a lista de classificação geral para o primeiro semestre de 2022. A mesma plataforma traz a primeira relação dos convocados para matrícula, que será exclusivamente online.

A matrícula da primeira chamada será nos dias 13 e 14. Os candidatos vão receber a confirmação da convocação por e-mail (é indispensável verificar a caixa de lixeira e spam). O requerimento de matrícula deve ser feito pela interface do Sistema Acadêmico das Fatecs. O envio dos documentos não garante a efetivação da matrícula, que dependerá da conferência, pela Secretaria Acadêmica da Faculdade de Tecnologia, dos documentos obrigatórios anexados pelo próprio candidato.

As Fatecs disponibilizam computadores e acesso à internet a quem tiver dificuldade para fazer a matrícula. Os interessados precisam confirmar com as unidades a data e horário para esse atendimento. Será obrigatório o uso de máscara de proteção facial e também respeitar as demais medidas de proteção do Protocolo Sanitário Institucional do Centro Paula Souza (CPS), para utilizar os equipamentos.

É importante ressaltar que o acompanhamento das etapas do processo seletivo, a verificação das listas de convocação e leitura atenta do Manual do Candidato e da Portariado Vestibular são de inteira responsabilidade do candidato.

Confira as próximas datas importantes do calendário:

13 e 14 de janeiro – Envio de documentos para requerimento de matrícula da primeira chamada;

18 janeiro a partir das 15 horas – Divulgação da lista de deferimento e indeferimento das matrículas da primeira chamada;

19 e 20 – prazo para acerto da documentação de matrícula da primeira chamada;

24 de janeiro, a partir das 15 horas – Divulgação das matrículas deferidas e indeferidas;

31 de janeiro, a partir das 15 horas – Divulgação da segunda lista de convocados pelo site www.vestibulafatec.com.br;

1º de fevereiro– Matrícula dos convocados na segunda chamada e envio de documentos por meio digital;

3 de fevereiro, a partir das 15 horas – Divulgação da lista de deferimento e indeferimento da segunda chamada;

4 de fevereiro – Prazo para acerto da documentação de matrícula da segunda chamada;

8 de fevereiro, a partir das 15 horas – Divulgação das matrículas deferidas e indeferidas da segunda chamada após acerto de documentação.

Documentos para matrícula

Para requerer a matrícula, os convocados para os cursos superiores de tecnologia devem fazer o upload legível dos seguintes documentos:

  • documento de identidade – RG, carteira de identidade de militar pelas Forças Armadas ou pela Polícia Militar, cédula de Registro Nacional Migratória (RNM) dentro da validade;
  • cadastro de pessoa física (CPF) ou documento contendo o número do CPF;
  • foto 3X4 de rosto recente, com fundo neutro;
  • documento de quitação com o serviço militar para brasileiros maiores de 18 anos do sexo masculino;
  • histórico escolar completo do Ensino Médio (frente e verso);
  • certificado de conclusão do Ensino Médio (frente e verso);
  • candidato transgênero que optar pelo nome social deverá preencher, durante a matrícula, uma autodeclaração sore a utilização do nome social

Para os aprovados que concluíram o Ensino Médio por estudos equivalentes no exterior, no todo ou em parte, também é necessário o upload do parecer de equivalência de estudos realizados no exterior, emitido pela Secretaria da Educação ou Conselho Estadual de Educação (frente e verso).

Documentos em língua estrangeira deverão estar vistados pela autoridade consular brasileira no país de origem e acompanhados da respectiva tradução oficial.

Os beneficiados pelo item escolaridade pública do Sistema de Pontuação Acrescidadevem fazer upload do histórico escolar ou declaração comprovando que cursaram integralmente o Ensino Médio ou EJA na redepública municipal, estadual ou federal, com detalhamento das escolas onde estudaram.

Quem pretende obter aproveitamento de estudos em disciplinas já concluídas em outro curso superior deve apresentar a documentação referente à carga horária, ementa e programa da disciplina cursada e histórico escolar da instituição de origem – mais detalhes no Manual do Candidato.

Outras informações pelos telefones (11) 3471-4103 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-596 9696 (demais localidades) ou em vestibularfatec.com.br.

Continue Lendo

Populares