Os estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental Público de Campinas e região que pretendem se apresentar aos vestibulinhos das escolas técnicas podem receber um suporte especial da Unicamp nos próximos meses. 

O Cursinho Popular Malunga Thereza Santos (Cescom) oferece gratuitamente, aulas de português, matemática, química, física, biologia, história, geografia e redação, com turmas nos períodos da manhã e da tarde. As disciplinas são ministradas por estudantes dos cursos de graduação da Unicamp. As inscrições podem ser realizadas até dia 7 de maio pelo link. Confira o edital completo

“Queremos mostrar aos alunos, principalmente aos que estão cansados das aulas virtuais, que temos aqui um trabalho diferente do que eles têm na escola. Eles terão aulas, mas com uma dinâmica diferente. Não tão pesada e engessada como às vezes pode parecer a escola”, ressaltou Gislaine Elias Alipio Silveira, diretora de projetos da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (DProj/Proec), mostrando o novo  perfil do Cursinho no Tik-tok.  Gislaine coordena o Cursinho ao lado da professora Debora Mazza, da Faculdade Educação (FE), que também presta assessoria acadêmica aos estudantes.

De acordo com ela, a proposta do cursinho é suprir algumas debilidades do ensino público. “Muitos alunos, quando chegam lá, nunca tiveram aula de física ou química, por exemplo. Procuramos preencher essas lacunas e ajudar as crianças a terem as mesmas chances de acesso aos colégios técnicos, que os alunos do ensino particular”, explica.

O ensino à distância, imposto pela crise sanitária, agravou ainda mais as desigualdades sentidas entre o ensino público e o privado. “Nós recebemos muitos relatos de pais e mães preocupados com essa lacuna crescente”, relatou Gislaine. Segundo a coordenadora, essa demanda levou o Cursinho a retomar, no segundo semestre de forma remota, as atividades interrompidas pela pandemia. A suspensão dos vestibulinhos dos colégios técnicos em 2020, contudo, desfavoreceu os alunos do cursinho, avaliados apenas com as notas do ano anterior. “Este ano de 2021, nós já sabemos, que o Cotuca vai realizar as provas” ressaltou.

Vaga com bolsa para estudantes da Unicamp

Gislaine destacou ainda a importância do Cursinho na formação dos estudantes de graduação da Unicamp. “Além do retorno para sociedade, é um espaço para os alunos da Unicamp descobrirem por exemplo, se querem lecionar, se gostam. Nós abrimos a porta do cursinho para que tenham essa experiência prática” apontou.

O cursinho conta atualmente com 22 estudantes dos diversos cursos da Unicamp atuando como professores. Segundo a coordenadora, ainda há uma vaga para professor de portugues com Bolsa de Auxílio Social disponível. Os interessados devem enviar seu currículo para [email protected]