Em homenagem aos 247 anos de Campinas, comemorados nesta quarta-feira, dia 14 de julho, o prédio onde está localizada a Câmara Municipal estará iluminado até domingo com as cores predominantes da bandeira da cidade: o azul e o branco. De acordo com simbolismo, o fundo branco representa a pureza, o escudo e as letras em azul representam a lealdade. O amarelo representa a riqueza. A imagem da Fênix e sua pira é símbolo da imortalidade do povo campineiro.

“Campinas completa quase dois séculos e meio de uma história repleta de conquistas que só foram possíveis graças à generosidade com a qual a cidade recebe todos que aqui chegam e formam a população que é, sem dúvida, o que nosso município tem de melhor. Há muitos desafios pela frente, ainda mais no momento de pandemia que vivemos, mas tenho certeza que os venceremos como sempre: unidos à cidade que tanto amamos”, salientou o vereador Zé Carlos (PSB), presidente do Poder Legislativo Municipal.

Fundada em 1774, Campinas, entre o final do século 18 e o começo do século 20, teve o café e a cana-de-açúcar como importantes atividades econômicas. Porém, desde a década de 1930, a indústria e o comércio são as principais fontes de renda, sendo considerada um polo industrial regional e com forte vocação para a área de tecnologia.

Décima cidade mais rica do Brasil, hoje é responsável por pelo menos 15% de toda a produção científica nacional, sendo o terceiro maior polo de pesquisa e desenvolvimento brasileiro. Tem também diversos atrativos turísticos, com valor histórico, cultural ou científico, como museus, parques e teatros. Atualmente, é formada por seis distritos, além da sede, sendo, ainda, subdividida em 14 administrações regionais. Em 2020, sua população foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 1 213 792 habitantes, sendo o décimo quarto de todo o país.

Artigo anteriorÁrea verde na Vila São Pedro recebe mutirão de limpeza
Próximo artigoAniversário de Campinas: Parque D. Pedro Shopping homenageia a cidade com arte e flash sale