Connect with us

Saúde & Beleza

Saiba como identificar complicações no Pé Diabético

Avatar de Redação Portal Hortolândia

Published

on

PeDiabetico

O dia 26 de junho é o Dia Nacional do Diabetes e a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) adverte sobre os riscos que a doença representa. Entre eles está o Pé Diabético que, se não tratado corretamente, pode trazer sérias consequências ao portador. Denomina-se Pé Diabético a presença de infecção, ulceração e/ou destruição de tecidos profundos associados às anormalidades neurológicas e a vários graus de doença vascular periférica em pessoas com Diabetes Mellitus (DM).

A cirurgiã vascular e membro da SBACV, Dra. Rina Maria Pereira Porta, alerta que os pacientes com diabetes que têm maior risco de lesão e complicações mais graves nos pés são os que apresentam as seguintes alterações:

  • Neurológica: dormência ou sensação de queimação nos membros inferiores, formigamento, picadas, choques, dores que podem evoluir para dor profunda, diminuição ou perda da sensibilidade tátil, térmica ou dolorosa.
  • Pele: Há locais ásperos, ressecados, com calosidades/calos, mudança de cor (avermelhado), inchaço e rachaduras ou com aumento da temperatura, e a presença de micose, especialmente entre os dedos. Sempre que possível é preciso solicitar ajuda de um familiar ou responsável para identificar esses sintomas.
  • Ortopédicas: alterações no formato dos pés, como dedos em formato de garra, aumento na curvatura do pé ou ausência dessa curva (pé plano), se os dedos estão um em cima do outro (sobrepostos) ou se tem joanete.
  • Vascular: o paciente queixa-se de dor nas coxas ou panturrilha para caminhar e que passa quando descansa (claudicação), ou dor em repouso. Pode haver diminuição da temperatura dos pés e os dedos ficam mais pálidos ou arroxeados e escuros. Ao exame, não se palpa pulsos nos pés.

Anuncio


A Dra. Rina também ressalta que toda pessoa com diabetes deve ter o exame clínico realizado ao menos uma vez por ano por profissionais habilitados. “A ausência de sintomas em pessoas com diabetes não exclui a doença, elas podem apresentar neuropatia assintomática, doença arterial periférica, sinais pré-ulcerativos ou mesmo uma úlcera”, diz a cirurgiã.  Ainda, segundo ela, pessoas com diabetes têm menor imunidade e apresentam maior risco de infecção. “Muitas vezes, a infecção se torna generalizada e ocasiona febre, taquicardia e a piora do estado geral, principalmente se o diabetes estiver descontrolado”, afirma.

Os cuidados mais importantes para evitar complicações são: o controle dos níveis de glicemia e do peso; realização de atividade física; cuidados de higiene; hidratação da pele e cutícula; corte adequado das unhas; examinar os pés diariamente com atenção ao aparecimento de qualquer ferimento e procurar ajuda de um profissional de saúde rapidamente ao identificar um problema. A doutora explica que a unhas não podem ser feitas por conta própria ou por qualquer pessoa, mas por um profissional especializado. Outro ponto importante que a especialista sinaliza é que a pessoa com diabetes não deve andar descalço mesmo dentro de casa ou na praia, e nunca usar sapatos “moles”, de pano, borracha ou de solado flexível e fino. Os sapatos devem ter o solado antiderrapante, proteger e acomodar bem os pés e serem usados com meias de algodão, sem costura, cano alto e cor clara.

O pé que não está com lesão também precisa de atenção especial porque acaba sendo sobrecarregado, servindo de apoio e frequentemente ferido em pouco tempo. Quando uma pessoa está com um ferimento no pé, ela deve utilizar uma muleta, andador ou bengala para auxiliar a locomoção, e não pular sobre um pé só, porque isso aumenta o risco de quedas, sobrecarga, atrito ou entorse e lesão.

Advertisement

O acompanhamento médico de um especialista vascular é extremamente importante. Para mais informações sobre outras doenças vasculares, acesse www.sbacv.org.br.

A SBACV 

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) é uma associação sem fins lucrativos, que visa a defender os direitos de seus profissionais, médicos e residentes, especialistas em saúde vascular. Além disso, tem como objetivo incentivá-los à produção científica, aprofundando as pesquisas nas áreas de Angiologia, Cirurgia Vascular e Endovascular, Angiorradiologia e outras modalidades. 

A entidade trabalha com uma política alinhada aos valores da AMB (Associação Médica Brasileira) e do CFM (Conselho Federal de Medicina) a fim de conduzir a instituição de maneira ética, sempre valorizando as especialidades médicas em questão. Atualmente, conta com 23 associações regionais espalhadas por todo o Brasil. 

Advertisement

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98

Saúde & Beleza

Conheça a febre oropouche: doença viral com aumento significativo de casos no Brasil

Avatar de Eder Oliveira

Published

on

febre oropouche

Você conhece a febre oropouche? Pois saiba que há um aumento expressivo de casos desta doença viral no Brasil. Ela é transmitida, principalmente, pela picada de um mosquito conhecido como maruim ou mosquito-pólvora (Culicoides paraensis é seu nome científico).

Os dados revelam, segundo o Ministério da Saúde, que em 2023 foram 832 casos, contra 3.354 registros nas quinze primeiras semanas de 2024.

Números da febre oropouche

Anuncio


O número de casos da febre oropouche pode ser visto abaixo:

  • Amazonas (2.538 casos),
  • Rondônia (574 casos),
  • Acre (108 casos),
  • Bahia (31 casos),
  • Pará (29 casos),
  • Roraima (18 casos),
  • Mato Grosso (11),
  • São Paulo (7) e,
  • Rio de Janeiro (6).

Uma das razões apontadas pelo Ministério da Saúde para esse aumento é a descentralização do diagnóstico laboratorial para detecção do vírus nos estados da região amazônica, onde a febre oropouche é considerada endêmica.

No entanto, a situação é mais complexa, uma vez que muitas regiões do Brasil não têm disponibilidade de exames, sugerindo que o número real de casos pode ser ainda maior do que os registros oficiais.

Advertisement

O que é a a doença?

Detectado no Brasil na década de 1960 a partir de amostras de sangue de um bicho-preguiça capturado durante a construção da rodovia Belém-Brasília. A partir disso, ela tem se tornado um preocupante vilão da saúde pública, exigindo medidas de controle e prevenção, como o combate ao vetor transmissor e a conscientização da população sobre os sintomas e medidas de proteção.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
Compartilhar no Facebook

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
Continue Reading

Saúde & Beleza

10 dicas para proteger crianças contra infecções + dica bônus

Avatar de Eder Oliveira

Published

on

dicas para proteger crianças contra infecções

Aqui, mostraremos 10 dicas para proteger crianças contra infecções. Isso tem se tornado uma preocupação constante para pais e cuidadores, especialmente durante os períodos de maior incidência de doenças respiratórias, como gripes e resfriados. Contudo, tome os cuidados listados abaixo e, se verificar sintomas mais constantes, procure ajuda médica.

10 dicas para proteger crianças contra infecções

Vacinação:

A vacinação é fundamental para crianças, jovens e adultos, independentemente do que muitos digam por aí. Certifique-se de que as crianças recebam todas as vacinas recomendadas, incluindo as vacinas contra gripe e outras doenças respiratórias, de acordo com o calendário de vacinação.

Higiene das mãos:

Anuncio


Ensine as crianças a lavar as mãos regularmente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, especialmente antes de comer, depois de usar o banheiro e ao chegar em casa.

Cobrir a boca e o nariz:

Instrua as crianças a cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel ao tossir ou espirrar e a jogar o lenço no lixo imediatamente após o uso. Se não houver lenço disponível, ensine-as a tossir ou espirrar no cotovelo, em vez das mãos.

Advertisement

Evitar contato próximo com pessoas doentes:

Oriente as crianças a evitar o contato próximo com pessoas que estão doentes, incluindo evitar compartilhar objetos pessoais, como talheres e copos.

Limpeza e desinfecção:

Mantenha superfícies e objetos frequentemente tocados limpos e desinfetados regularmente, especialmente em áreas de uso compartilhado, como banheiros e cozinhas.

Evitar multidões:

Evite levar as crianças a locais lotados ou eventos onde haja muitas pessoas, especialmente durante surtos de doenças respiratórias. Tudo isso para que o sistema imunológico mantenha-se equilibrado.

Promover um estilo de vida saudável:

Incentive as crianças a manterem um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta equilibrada, exercícios regulares, sono adequado e redução do estresse.

Advertisement

Mantenha as crianças em casa quando estiverem doentes:

Se uma criança estiver doente, é importante mantê-la em casa para evitar a propagação da doença para outras pessoas.

Ventilação adequada:

Mantenha os ambientes internos bem ventilados, abrindo janelas e portas sempre que possível para permitir a circulação de ar fresco. Essa ‘troca de ar’ ao longo do dia, é fundamental não só para crianças, mas também para adultos.

Consulta médica:

Em caso de sintomas de infecções respiratórias, como febre, tosse, coriza ou dificuldade para respirar, consulte um médico imediatamente para avaliação e tratamento adequados.

Dica Bônus:

Oferecer exclusivamente leite materno nos primeiros 6 meses de vida e complementá-lo com alimentos saudáveis até os 2 anos é altamente recomendado, pois o leite materno contém anticorpos fornecidos pela mãe. Esses anticorpos ajudam a aumentar a proteção contra infecções comuns no outono/inverno e outras doenças.

Advertisement

    COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
    Compartilhar no Facebook

    Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
    Continue Reading

    Saúde & Beleza

    Entenda o que é Mounjaro: remédio que tem sido usado por ricaços brasileiros

    Avatar de Eder Oliveira

    Published

    on

    Entenda o que é Mounjaro

    Você sabe Entenda o que é Mounjaro: remédio que tem sido usado por ricaços brasileiros? Esta é uma nova substância apelidada de “Ozempic dos ricaços” e que foi produzida pelo laboratório Eli Lilly. Semelhante ao Ozempic, tornou-se favorito dos ricaços quando o assunto é rápido emagrecimento e o valor dele? Pode chegar a R$ 3.782,17.

    Além disso, sua indisponibilidade no mercado brasileiro aumenta seu status de exclusividade. Aprovado pela Anvisa no ano passado, tem como principal objetivo tratar diabetes.

    O que é Mounjaro?

    Anuncio


    Segundo a bula seu principal ativo é a tirzepatida, que ajuda a controlar a taxa de açúcar no sangue. Na prática, o remédio foi aprovado para tratar a diabetes, desta vez do tipo 2 e nos Estados Unidos, o Mounjaro foi aprovado para tratamentos da obesidade.

    Simulando a ação dos hormônios GLP-1 e GIP, a medicação afeta a sensação de saciedade no cérebro e a redução da velocidade da digestão da comida. Com essa ação, a pessoa que usa o medicamento sente menos fome, consome menos calorias e perde peso. Já no pâncreas, o Mounjaro estimula a produção de insulina, motivo pelo qual os remédios são utilizados no tratamento da diabetes tipo 2.

    Advertisement

    COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS
    Compartilhar no Facebook

    Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98
    Continue Reading

    Noticias

    mega-sena mega-sena
    Brasil16 horas ago

    Mega-Sena: Aposta do Rio fatura R$ 100 milhões sozinha

    No Rio de Janeiro, uma única aposta ganhou R$ 100 milhões ao acertar todos os números da Mega-Sena neste sábado...

    cometa cometa
    Brasil1 dia ago

    O Cometa do Diabo ilumina o céu brasileiro: como observá-lo neste abril celeste

    Preparando-se para uma exibição celestial espetacular, o cometa 12P/Pons-Brooks, conhecido como o “Cometa do Diabo”, está prestes a fazer sua...

    Mega-Sena Mega-Sena
    Brasil1 dia ago

    Mega-Sena 2715 com prêmio de R$ 100 Milhões: confira os números sorteados

    Na noite deste sábado (20), foram revelados os números do concurso 2715 da Mega-Sena, diretamente do Espaço da Sorte. Os...

    Idoso Idoso
    Brasil1 dia ago

    Corpo de idoso levado morto a uma agência é enterrado no Rio de Janeiro

    Foi enterrado hoje (20/04) no Rio de Janeiro o corpo do idoso Paulo Roberto Braga, do caso que repercutiu mundialmente,...

    lambuzada Campinas lambuzada Campinas
    Nossa Região1 dia ago

    Rafa Zimbaldi aciona MP contra prefeito por evento polêmico em Campinas

    De acordo com Rafa Zimbaldi, o deputado estadual por São Paulo do partido Cidadania, uma recente controvérsia envolve o prefeito...

    mega-sena mega-sena
    Brasil2 dias ago

    Sorteio de R$ 100 milhões da Mega-Sena acontece sábado

    A Caixa Econômica Federal sorteia neste sábado o prêmio estimado de R$ 100 milhões pela Mega-Sena. O concurso 2.715 promete...

    curso de jardinagem curso de jardinagem
    Cursos2 dias ago

    Inscrições gratuitas para curso de Jardinagem em Hortolândia

    As inscrições gratuitas para o curso de Jardinagem em Hortolândia já começaram. A iniciativa visa qualificar profissionais e promover o...

    Advertisement
    cinema

    Populares