Em reunião virtual realizada na manhã desta sexta-feira (25/06) para avaliar a situação da pandemia de Covid-19, os prefeitos da RMC (Região Metropolitana de Campinas) fizeram um apelo para que a população cumpra as medidas de isolamento social com intuito de brecar o avanço da doença. No encontro, embora os chefes do Poder Executivo tenham ressaltado uma diminuição na pressão em cima das redes municipais de saúde e o avanço na vacinação, a avaliação é que as próximas semanas ainda serão difíceis do ponto de vista clínico-epidemiológico e que a diminuição no número de casos, internações e óbitos só será possível com o apoio dos moradores das 20 cidades que integram a região metropolitana. De acordo com o último boletim divulgado pelas prefeituras – na noite desta quinta-feira (24/06), a Região Metropolitana de Campinas contabiliza 279.088 casos do novo Coronavírus, com 8.219 mortes desde o início da pandemia, o que representa uma taxa de letalidade regional de 2,9%. A reunião desta sexta-feira foi organizada pela Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), a pedido do prefeito de Jaguariúna e presidente do Conselho de Desenvolvimento, Gustavo Reis. “Eu tenho feito diversos apelos à população de Jaguariúna através das minhas redes sociais e reforço mais uma vez que o momento é de sacrifício e de colaboração por parte de todos. Nós, prefeitos, temos usado de todas as armas possíveis no enfrentamento da doença, mas precisamos, mais do que nunca, da colaboração da população, não apenas de Jaguariúna, mas de toda a Região Metropolitana de Campinas”, disse o presidente.Na Região Metropolitana de Campinas, 1.138.848 pessoas já receberam ao menos uma dose da vacina contra o Coronavírus. Somadas as 396.697 segundas doses, a RMC totaliza 1.535.815 doses aplicadas do imunizante. O prefeito de Hortolândia, Zezé Gomes, disse, por sua vez, que, embora a vacinação esteja avançando na Região Metropolitana, a situação da rede pública de saúde ainda é delicada. “Amanhã, faremos aqui em Hortolândia mais um “Dia D” da vacinação contra a Covid-19, quando esperamos vacinar mais de 6 mil pessoas e, assim, nos aproximar da marca de 100 mil doses aplicadas. Ao mesmo tempo, precisamos do apoio da população”, disse.

Este artigo foi enviado pela Prefeitura de Hortolandia

Artigo anteriorSaiba como identificar complicações no Pé Diabético
Próximo artigoMoradores podem enviar sugestões para melhorar a cidade até a próxima quarta-feira (30/06)