Connect with us

Policial

Vítima de assalto fica até sem as calças em Sumaré

Publicado

em

Homem chegou a entregar a calça que vestia aos assaltantes durante roubo que teve início em Campinas e término em Sumaré

Vítima de assalto fica até sem as calças em Sumaré

O operador de máquina E. A. M., de 26 anos, chegou a entregar a calça que vestia aos assaltantes durante roubo realizado na madrugada desta quinta-feira (12), com início em Campinas e término em Sumaré.

Em boletim de ocorrência, ele afirmou que havia realizado um serviço de dedetização numa pizzaria localizada no Centro de Campinas e retornava a Sumaré, onde reside no Portal Bordon, quando foi abordado por volta da 1h30.

Na região da Avenida Orozimbo Maia, um veículo Astra, de cor branca, parou à sua frente. Um homem desceu do carro e anunciou o assalto.

O bandido se dirigiu até E. e mandou que a vítima ficasse quieta e obedecesse suas ordens. O indivíduo entrou na perua que o operador de máquina conduzia e indicou o caminho que deveria ser seguido. Ele determinou que o rapaz parasse o veículo nas proximidades da empresa Ouro Verde, já em Sumaré.

O criminoso tomou uma bolsa que estava na perua, um aparelho de GPS, um aparelho celular, R$ 200 em dinheiro cartões bancários e documentos pessoais da vítima. Além disso, mandou que o rapaz entregasse ainda a calça e o par de tênis que estava usando.

Terminada a ação, o assaltante entregou as chaves do veículo à vítima e disse “vaza daqui, você tem dois minutos para sair”, segundo relatado por E. no boletim de ocorrência. Com medo de acionar a Polícia Militar e ter que aguardar no local, a vítima foi pessoalmente à delegacia.

O bandido que entrou na perua era negro, magro, com aproximadamente 1,70m de altura e usava camiseta preta e calça jeans. As pessoas que estavam no Astra não foram observadas. O caso será encaminhado à delegacia titular do município.

Fonte: O Liberal


// ]]>

Policial

Pediatra é preso em Monte Mor por suspeita de abusar de adolescente de Hortolândia 

Publicado

em

Por

Um médico pediatra de 65 anos foi preso na última sexta-feira (5) em Monte Mor por suspeita de abuso sexual a um adolescente de 14 anos durante o atendimento em Hortolândia. Ele foi conduzido à delegacia e após ser ouvido foi levado para uma penitenciária em Sorocaba. 

O médico foi alvo de um mandado de prisão preventiva expedido no último dia (3) pela 1ª Vara Criminal de Hortolândia, e foi localizado atendendo em uma clínica em Monte Mor. O advogado do pediatra informou que a prisão foi infundada e arbitrária, e destacou que irá se manifestar sobre o conteúdo das investigações somente no processo.

Foi instaurado um inquérito em 3 de janeiro pelo 1º Distrito Policial de Hortolândia. A Segunda Promotoria de Justiça da cidade acompanha o caso, que está em segredo de Justiça. 

O médico atuava em clínicas particulares nas cidades de Monte Mor e Hortolândia. A Justiça que fez o pedido de prisão preventiva, investiga o crime de estupro contra vulnerável. 

A Secretaria de Saúde em Hortolândia informou através de nota que o médico foi servidor da cidade, em junho e está aposentado desde então. “A administração municipal está à disposição das demais autoridades para colaborar com a investigação”, diz o texto.

Em Monte Mor o médico atendia na cidade, mas não atuava na rede pública.

Continue Lendo

Policial

LSD com mortadela: mercadoria foi enviada para o CDP de Hortolândia 

Publicado

em

LSD-mortadela

Mercadoria (LSD com mortadela) foi enviada por mãe de custodiado 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que policiais penais do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia encontraram 275 micropontos de LSD dentro de uma mortadela.

O flagrante ocorreu neste quarta (03/08), durante o procedimento de revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos.  

No caso desta ocorrência, a remetente está cadastrada no rol de visitas como mãe de um custodiado. O material apreendido foi encaminhado para a delegacia, onde foi feito o boletim de ocorrência.

O preso que receberia o alimento foi isolado preventivamente para procedimento disciplinar. A SAP informa que as pessoas flagradas tentando introduzir ilícitos no sistema prisional são suspensas do rol de visitas temporariamente. 

Continue Lendo

Policial

Maconha é encontrada em mercadoria enviada para o CDP de Hortolândia

Publicado

em

Mãe de custodiado enviou a droga dentro de um pacote de fumo 

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que agentes de segurança do CDP de Hortolândia encontraram 24 gramas de maconha escondidos dentro de uma embalagem de fumo que a mãe de um custodiado havia enviado para o CDP.

O flagrante ocorreu ontem à tarde, quando foi feito a revista das mercadorias enviadas por familiares de detentos para a unidade prisional.

O material apreendido foi encaminhado para a Delegacia, onde foi instaurado o boletim de ocorrência. O preso que receberia os itens pessoais foi isolado preventivamente para apuração dos fatos.

A SAP informa que as pessoas que tentam inserir ilícitos nas unidades prisionais são suspensas do rol de visitas temporariamente.  

Continue Lendo

Noticias

Populares