21 de junho de 2024
Policial

Polícia Civil prende acusado de estupro em Hortolândia

A Polícia Civil de Hortolândia prendeu na manhã de quarta-feira, o encarregado S.L. Ribeiro, de 28 anos, acusado de estuprar uma adolescente, tentar estuprar outra mulher e assaltar uma terceira em Hortolândia. “Estamos investigando outros estupros com o mesmo modus operandis do indiciado. Estamos chamando as vítimas para reconhecimento”, informou um investigador do SIG (Setor de Investigações Gerais).

estupro

Um mandado de prisão preventiva foi decretado ainda na tarde de quarta-feira. Durante o depoimento, Ribeiro passou mal e precisou ser atendido no Hospital Municipal Mário Covas, onde foi medicado e liberado.

Ele assumiu aos investigadores a autoria de um roubo na madrugada do dia 18 de maio, contra duas mulheres, sendo uma dela A. R. S., de 23 anos. As vítimas haviam saído do Rodeio de Hortolândia e foram abordadas na Rua Haiti, no jardim Santa Clara. Ele estava em uma motocicleta Honda CG 150 Titan KS e roubou os celulares e as máquinas digitais.

A mesma motocicleta foi usada para cometer os estupros e foi crucial na identificação do indiciado. Ainda de acordo com a Polícia Civil, as outras vítimas, que ainda passarão por reconhecimento, descrevem o estuprador com uma motocicleta com as mesmas características da apreendida.

ESTUPRO

Ribeiro também foi reconhecido pelo estupro de uma adolescente de apenas 15 anos. O crime aconteceu em plena luz do dia, próximo a uma ponte, no Jardim Santana, em Hortolândia. O crime aconteceu no dia 28 de maio.

A estudante T. A. S. estava indo até o dentista quando foi abordada pelo acusado, que estava na motocicleta e, simulando estar armado, obrigou a vítima a subir no veículo, levando-a até um matagal próximo a respectiva ponte.

No local, o suspeito praticou o ato sexual, roubando em seguida o celular da vítima e fugindo. A menor reconheceu o indiciado como autor do estupro.

O segundo reconhecimento partiu J. S. S., que havia sofrido uma tentativa de estupro no dia 21 de abril, no bairro Remanso Campineiro, região Central de Hortolândia. O criminoso não conseguiu concluir o ato. No entanto, na tarde de quarta-feira, a vítima o reconheceu como autor do abuso sexual.

Ribeiro recebeu voz de prisão por estupro e roubo e foi levado para a Penitenciária II de Sorocaba, destinado a criminosos sexuais, onde aguardará a disposição da Justiça. O caso continua sendo investigado pela SIG de Hortolândia.

Lei Proibida a reprodução total ou parcial, sem autorização previa do Portal Hortolandia . Lei nº 9610/98